Jamil Joanes
Informação geral
Nome completo Jamil Joanes dos Santos
País  Brasil
Instrumento(s) baixo
Período em atividade 1977 - atualmente

Jamil Joanes dos Santos[1] ou simplesmente Jamil Joanes ([onde?],[quando?]) é um baixista brasileiro. Fez parte do Som Imaginário e da Banda Black Rio, grupo de soul music formado na década de 1970, a partir da junção de integrantes dos conjuntos “Dom Salvador e Grupo Abolição” e “Impacto 8”.[2]

No ano de 1979 Jamil Joanes foi convidado por George Duke, pianista norte-americano, para participar de seu 15º álbum “A Brazilian Love Affair” lançado pela gravadora Columbia.[3]

No ano de 1980, participou do “Festival MPB Shell”, da Rede Globo, no qual defendeu a música “Beatlemania”. Em meados da década de 1980 formou um grupo de jazz-rock com Ricardo Silveira (guitarra), Zé Lourenço (teclados), Paul Lieberman (sax), Don Harris (trompete), Sérgio Souza (trombone) e André Tandetta (bateria)[3]. Jamil Joanes atuou em shows e estúdio com vários artistas, entre eles: Edu Lobo, Maria Bethânia e fez parte da banda de Gonzaguinha até a morte prematura do compositor em 1991. Ainda nos anos 90 gravou e realizou turnês ao lado de João Bosco.

Desde meados dos anos 2000, Jamil Joanes passou a acompanhar Leny Andrade e incorporou-se ao grupo Baião de Cinco.

Joanes também gravou e excursionou com nomes como, Elba Ramalho, Gal Costa, Luiz Melodia, João Bosco, Tim Maia e Toots Thielemans.[4]


DiscografiaEditar

  • Maria Fumaça (1977)
  • Beatlemania (1980)
  • Bicho Baile Show (Banda Black Rio e Caetano Veloso) (2003)

Referências

  1. «Consulta Web - União Brasileira de Compositores». Consultado em 3 de janeiro de 2019 
  2. Rocha, Alex (18 de maio de 2019). «Jamil Joanes, o mestre do samba-funk brasileiro». MUSICOSMOS. Consultado em 23 de outubro de 2019 
  3. a b Rocha, Alex (18 de maio de 2019). «Jamil Joanes, o mestre do samba-funk brasileiro». MUSICOSMOS. Consultado em 27 de outubro de 2019 
  4. Revista BassPlayer - BAIXO BRASILEIRO: JAMIL JOANES

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.