Jean-Baptiste Say

político francês
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o entomologista norte-americano, veja Thomas Say.

Jean Baptiste Say (Lyon, 5 de janeiro de 1767Paris, 15 de novembro de 1832) foi um economista francês, formulador da chamada a Lei de Say. Nasceu em uma família de mercadores de tecidos, fortemente influenciada pelas ideias iluministas.

Jean-Baptiste Say
Jean-Baptiste Say.jpg
Nascimento 5 de janeiro de 1767
Lyon
Morte 15 de novembro de 1832 (65 anos)
Paris
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Cidadania França
Progenitores Mãe:Françoise Castanet
Filho(s) Horace Émile Say
Irmão(s) Louis Say
Ocupação economista, escritor, industrial, jornalista, tradutor
Empregador Collège de France, Conservatoire national des arts et métiers
Magnum opus Lei de Say

Após a Revolução Francesa chegou a exercer a ocupação de jornalista em periódicos liberais franceses, onde aproximou-se das ideias de Adam Smith e do estudo da ciência econômica, à qual passou a se dedicar, ao mesmo tempo em que administrava uma indústria têxtil.

BiografiaEditar

Jean-Baptiste Say nasceu em Lyon. Pressupostamente destinado a seguir a carreira de comerciante, Say foi mandado, com seu irmão Horace, para Inglaterra, onde viveu em Croydon e, depois, em Londres. Após alguns anos trabalhando como comerciante, Say voltou à França para trabalhar em uma seguradora dirigida por Étienne Clavière.

Em 1793, casou-se com Mlle Deloche, filha de um ex-advogado. De 1794 a 1800 Say editou um periódico chamado La Decade philosophique, litteraire et politique, cujos textos expunham as doutrinas de Adam Smith. Foi então estabelecendo sua reputação como escritor, e quando o governo consular foi estabelecido, em 1799, ele foi selecionado como um dos membros do tribunate, e deixou a direção do 'Decade'.

ObrasEditar

 
Lettres a M. Malthus, 1820

Referências

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.