Abrir menu principal

Jean-Paul Gaultier

Jean­Paul Gaultier
Nome nativo Jean Paul Gaultier
Nascimento 24 de abril de 1952 (67 anos)
Arcueil,  França
Nacionalidade França Francês
Cidadania Quarta República Francesa, França
Ocupação Estilista
Página oficial
http://www.jeanpaulgaultier.com/

Jean­Paul Gaultier (Arcueil, 24 de abril de 1952) é um estilista francês. É um Estilista da Chanel

CarreiraEditar

Gaultier não recebeu educação formal como desenhista. Começou enviando seus desenhos aos estilistas famosos de alta costura quando era muito jovem. Pierre Cardin se impressionou pelo seu talento e o contratou como assistente em 1970. Sua primeira colecção individual foi lançada em 1976 e seu característico estilo irreverente data de 1981, tornando­ conhecido como enfant terrible da moda francesa.

Jean­Paul Gaultier fez trajes para a cantora Madonna na década de 1990. Promoveu o uso de saias, especialmente kilts, para os homens. Causou grande impacto nos desfiles ao usar modelos pouco convencionais, como homens idosos e mulheres gordas, modelos tatuadas e com piercings, entre outras excentricidades. Isto lhe valeu muita crítica mas também trouxe muita popularidade.

Criou também o figurino de muitos filmes, como em O quinto elemento, de Luc Besson; Kika, de Pedro Almodóvar; e The Cook the Thief His Wife & Her Lover, de Peter Greenaway entre outros. A turnê Blond Ambition Tour de Madonna também mostrava suas criações, incluindo o famoso soutien em formato cônico.

Atualmente desenha para três coleções: a sua própria linha de alta costura igual a Giorgio Armani, a linha de roupas para lojas, assim como a linha de roupas da Hermès, luxuosa empresa francesa especializada em produtos de couro.Também,ficou responsável pela criação de boa parte dos figurinos da MDNA Tour da cantora Madonna. Gaultier também lançou uma linha de perfumes de muito êxito. Seu primeiro perfume, Classique, para mulheres, foi lançado em 1993, seguindo­se, dois anos depois, o perfume Le Mâle ao qual foi o seu grande sucesso de vendas, para homens. Em 2017, lançou o perfume Scandal e, em 2018, Scandal by Night. Os perfumes de Jean Paul Gaultier são comercializados pela companhia espanhola de moda e perfumes Puig.[1]

Desde o dia 17 de junho até 2 de outubro de 2011, Jean­Paul Gaultier expõe seu trabalho de 35 anos no Museu de Belas Artes de Montreal, com mais de 120 artigos de alta costura e alguns de prêt­à­porter. Desde então, a exposição tem percorrido o mundo e foi apresentada na Fundação Mapfre em Madrid, no Museu Kunsthal de Roterdão, no Brooklyn Museum, no Barbican Centre em Londres e finalmente no Grand Palais de Paris, de abril a agosto de 2015. A exposição no Grand Palais de Paris foi o assunto de um documentário chamado Jean Paul Gaultier no Grand Palais, apresentado pela exclusivamente pala Eurochannel.[2]

CuriosidadesEditar

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

Referências

  1. «Puig toma el control de la marca Jean­Paul Gaultier». La Vanguardia. Consultado em 26 de abril de 2012  soft hyphen character character in |título= at position 38 (ajuda); soft hyphen character character in |url= at position 60 (ajuda)
  2. Apresentação do documental Jean Paul Gaultier no Grand Palais em Eurochannel