Jean-Pierre Bernard Ricard

(Redirecionado de Jean-Pierre Ricard)
Jean-Pierre Bernard Ricard
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo-emérito de Bordeaux
Jean-Pierre Bernard Cardeal Ricard
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Bordeaux
Nomeação 21 de dezembro de 2001
Predecessor Dom Pierre Étienne Louis Cardeal Eyt
Sucessor Jean-Paul André Denis Marcel James
Mandato 2001 - 2019
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 5 de outubro de 1968
Igreja de Saint Martin de Gémenos
por Dom Georges Jacquot
Nomeação episcopal 17 de abril de 1993
Ordenação episcopal 6 de junho de 1993
Catedral-Basílica Sainte-Marie-Majeure
por Dom Robert-Joseph Cardeal Coffy
Nomeado arcebispo 21 de dezembro de 2001
Cardinalato
Criação 24 de março de 2006
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santo Agostino
Brasão
Coat of arms of Jean-Pierre Ricard.svg
Lema Propter evangelium
Dados pessoais
Nascimento Marselha
25 de setembro de 1944 (76 anos)
Nacionalidade francês
Funções exercidas -Bispo-auxiliar de Grenoble-Vienne (1993-1996)
-Bispo-coadjutor de Montpellier (1996)
-Bispo de Montpellier (1996-2001)
Títulos anteriores -Bispo-titular de Pulcheriopolis
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Jean-Pierre Bernard Ricard (Marselha, 25 de setembro de 1944) é um cardeal da Igreja Católica francês, arcebispo emérito de Bordeaux.

BiografiaEditar

Filho de Georges e Jeanine Ricard, seu pai era secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria de Marselha.[1] Estudou nos Liceus de Saint-Charles e Périer, Marselha e Thiers (bacharel em letras) e no Seminário Maior de Marselha (filosofia), além de um ano no Serviço Nacional de Cooperação em Bamako. Também estudou no Seminário "des Carmes" de Paris, no Instituto Católico de Paris (licença em teologia e habilitação para o doutorado) e no Institut Supérieur de Pastoral Catéchistique.[1][2]

Foi ordenado padre em 5 de outubro de 1968 na Igreja Saint Martin de Gémenos, por Georges Jacquot, arcebispo de Marselha.[1][3] Realizou seu trabalho pastoral na Arquidiocese de Marselha, tornando-se o vigário-geral da Sé em 1988.[1]

Eleito bispo-auxiliar de Grenoble em 17 de abril de 1993 pelo Papa João Paulo II, foi consagrado bispo-titular de Pulcheriopolis em 6 de junho, na Catedral-Basílica Sainte-Marie-Majeure, em Marselha, por Robert-Joseph Coffy, cardeal-arcebispo de Marselha, coadjuvado por Louis Jean Dufaux, bispo de Grenoble, e de Jacques Louis Marie Joseph Fihey, bispo de Coutances e Abranches.[1][3] Nomeado bispo-coadjutor de Montpellier em 4 de julho de 1996, sucedeu à Sé em 6 de setembro do mesmo ano.[1][3] Foi promovido a arcebispo metropolitano de Bordeaux em 21 de dezembro de 2001.[1][2][3]

Em 22 de fevereiro de 2006, foi anunciada a sua criação como cardeal pelo Papa Bento XVI, no Consistório de 24 de março, em que recebeu o barrete vermelho e o título de cardeal-presbítero de Santo Agostino.[1][3] Foi nomeado membro do Conselho de Cardeais para o Estudo de Problemas Econômicos e Organizacionais da Santa Sé em 22 de outubro de 2011.[1][2] Foi membro do Conselho para a Economia de 8 de março de 2014 a 8 de março de 2019.[1][3] Em 1 de outubro de 2019, o Papa Francisco aceitou sua renúncia do governo pastoral da arquidiocese de Bordeaux.[1][2][3]

É membro dos seguintes dicastérios da Cúria Romana: Congregação para a Doutrina da Fé, Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, Congregação para a Educação Católica e Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos.[2]

ConclavesEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i j k The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d e Biografia no site do Vaticano
  3. a b c d e f g Catholic Hierarchy

Ligações externasEditar

Precedido por
Andrzej Wojciech Suski
 
Bispo-titular de Pulcheriopolis

19931996
Sucedido por
Michel Pollien
Precedido por
Louis Antoine Marie Boffet
 
Bispo de Montpellier

19962001
Sucedido por
Guy Marie Alexandre Thomazeau
Precedido por
Pierre Étienne Louis Eyt
 
Arcebispo de Bordeaux

20012019
Sucedido por
Jean-Paul André Denis Marcel James
Precedido por
Marcelo González Martín
 
Cardeal-padre de S. Agostino

2006
Sucedido por
incumbente