Abrir menu principal

Jean-Louis-Marie Poiseuille

(Redirecionado de Jean Louis Marie Poiseuille)
Jean-Léonard-Marie Poiseuille
Conhecido(a) por Lei de Poiseuille
Nascimento 22 de abril de 1797
Paris
Morte 26 de dezembro de 1869 (72 anos)
Paris
Nacionalidade Francês
Alma mater École Polytechnique
Campo(s) Fisiologia, física

Jean-Léonard-Marie Poiseuille[1] (Paris, 22 de abril de 1797 — Paris, 26 de dezembro de 1869) filho de um carpinteiro Jean Baptiste Poiseuille, e Anne Victoire Poiseuille. Jean Louis Marie Poiseulle era físico formado pela faculdade Escola Politécnica de Paris onde estudou de 1815 a 1816 e mais tarde no ano de 1828 se formou em medicina. Em 1842, Poiseuille foi chamado para entrar na Academia Nacional de Medicina (França) em Paris. Poiseuille também foi contemplado com a Medalha Montyongraças suas descobertas na área da fisiologia.

Poiseuille está muito associado com a fisiologia da circulação sanguínea nas artérias, então em sua carreira ele publicou diversos artigos sobre o coração e a circulação sanguínea (a hemodinâmica) que lhe permitiram estabelecer em 1844 - na sua obra "Le mouvement des liquides dans les tubes de petits diamètres" - as leis de fluxo laminar de fluidos viscosos em tubos cilíndricos. A unidade de viscosidade dinâmica no sistema CGS de unidades recebeu o nome de poise em sua homenagem (símbolo P).

Contribuição para a física aplicada ao corpo humanoEditar

Poiseuille tinha interesse no comportamento do fluxo de sangue dentro das veias e artérias do corpo humano e utilizando o hemodinamómetro criado por ele mesmo suas experiências de medir a pressão arterial ficaram muito mais precisas, assim em 1828 Poiseuille descobriu que a pressão arterial sobe e desce tanto na Expiração quanto na Inspiração.

Suas publicações iniciaram-se (1828) discutindo sobre o bombeamento do coração, o escoamento do sangue nas veias e nos vasos capilares e a resistência a esse movimento. Porém seus conhecimentos em circulação sanguínea possibilitaram-no entender também a circulação de água em tubulações. Assim, pesquisou as leis de fluxo laminar de fluidos viscosos em tubos cilíndricos e publicou uma importante obra, "Le mouvement des liquides dans les tubes de petits diamètres" (1844). Antes disso em 1840 Poiseuille já mostrava a equação matemática que caracteriza o Caudal de um fluido, onde nesta equação se mostra que o caudal é determinado pela viscosidade de cada fluido, pela quarta potência do diâmetro do tubo e também pela variação de pressão que ocorre ao longo do tubo.

Integrou a equação que mostrou que em um regime laminar a velocidade média é proporcional a perda - Lei de Poiseuille. Formulou uma expressão matemática para a taxa de fluxo laminar de fluidos em tubos circulares, descoberta independentemente por Gotthilf Hagen (1797-1884), um engenheiro hidráulico alemão. Por isso, esta relação também se tornou conhecida como a equação de Hagen-Poiseuille.

A equação é uma lei da física que descreve um fluxo incompressível (significa não haver variação na densidade do fluido) de baixa viscosidade através de um tubo de seção transversal circular constante.

Poiseuille faleceu em Paris, e na física foi homenageado com a unidade de viscosidade absoluta, ou dinâmica, poise (= 0,1 N.s/m²).

Referências

  1. Brillouin, Marcel (1 de julho de 1930). «Jean Leonard Marie Poiseuille». Journal of Rheology. 1 (4): 345–348. ISSN 0097-0360. doi:10.1122/1.2116329 

Ver tambémEditar


  Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.