Abrir menu principal
Jean Negulesco
Jean Negulesco em 1986.
Nascimento 29 de fevereiro de 1900
Craiova, Dolj, Roménia
Nacionalidade norte-americano
Morte 18 de julho de 1993 (93 anos)
Marbella, Andaluzia, Espanha
Ocupação Realizador, argumentista
Cônjuge Dusty Anderson (c. 1946–93)

Jean Negulesco, nascido como Ioan Negulescu (Craiova, 29 de fevereiro de 1900Marbella, 18 de julho de 1993) foi um argumentista e realizador de cinema romeno, nacionalizado estado-unidense.[1]

Índice

BiografiaEditar

Nascido no ano de 1900, Negulesco frequentou o Colégio Nacional Carol I de Craiova. Em 1915, mudou-se para Viena, e depois para Bucareste em 1919, onde trabalhou como pintor, antes de tornar-se um decorador de palco em Paris. Em 1927, viajou para Nova Iorque para uma exposição artística de suas pinturas, onde estabeleceu-se. Mudou-se para Califórnia, onde trabalhou como retratista.[2]

Em 1934 entra para a indústria cinematográfica, onde começou por trabalhar como artista de sketches, e, em seguida, como produtor e realizador da segunda unidade. É no final da década de 1930 que Negulesco torna-se realizador e argumentista. Fez sua reputação na Warner Brothers realizando curtas-metragens.

A primeira longa-metragem de Negulesco como realizador foi Singapore Woman (1941). Em 1948 ele foi nomeado ao Óscar de melhor realizador pelo filme Johnny Belinda. Em 1955, ganhou o BAFTA de melhor filme pela obra How to Marry a Millionaire. Seu filme de 1959, The Best of Everything, esteve na lista dos 50 Melhores Filmes Cult de Todos os Tempos da Entertainment Weekly.

No final da década de 1960, Negulesco viveu em Marbella, em Espanha, onde faleceu aos 93 anos por insuficiência cardíaca.

Durante a sua carreira em Hollywood e sua autobiografia de 1984, Things I Did and Things I Think I Did, Negulesco afirma ter nascido no dia 29 de fevereiro de 1900.

Negulesco tem uma estrela no Passeio da Fama, em Hollywood Boulevard, n.º 6200.

FilmografiaEditar

Referências

  1. Shipman, David (21 de julho de 1993). «Obituary: Jean Negulesco». Londres: The Independent (em inglês) 
  2. «Jean and Dusty Negulesco papers». Margaret Herrick Library (em inglês). Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 12 de dezembro de 2015 

Ligações externasEditar