Jenílson Ângelo de Souza

futebolista brasileiro

Jenílson Ângelo de Souza, mais conhecido como Júnior ou Nagata[1] (Santo Antonio de Jesus, 20 de junho de 1973), é um ex-futebolista brasileiro que atuou como lateral-esquerdo.

Júnior
Informações pessoais
Nome completo Jenílson Ângelo de Souza
Data de nasc. 20 de junho de 1973 (47 anos)
Local de nasc. Santo Antonio de Jesus, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,70 m
canhoto
Apelido Júnior, Nagata, Leci Brandão
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1993–1994 Vitória
Clubes profissionais
Anos Clubes
1994–1996
1996–2000
2000–2004
2003–2004
2004–2008
2009–2010
2010
Vitória
Palmeiras
Parma
Siena (emp.)
São Paulo
Atlético Mineiro
Goiás
Seleção nacional
1996–2004 Brasil

CarreiraEditar

VitóriaEditar

Foi revelado pelo Vitória, estreando como profissional em 1994 em um Vitória 4 a 0 Fluminense de Feira, participando da equipe que foi vice-campeã do Campeonato Baiano em 1994 .

PalmeirasEditar

Em 1996 foi contratado pelo Palmeiras com o status de promessa, para preencher a vaga deixada por Roberto Carlos[2]. Fez parte dos elencos que foram campeões do Campeonato Paulista de 1996, da Copa do Brasil e da Taça Mercosul de 1998, da Taça Libertadores da América de 1999, do Torneio Rio-São Paulo e Copa dos Campeões de 2000. Foi titular durante todo o período em que atuou pelo clube, tornando-se ídolo do clube.

ParmaEditar

Em 2000, com o final da parceria entre Palmeiras e Parmalat, Júnior foi para o Parma AC, clube que possuía os vínculos contratuais do atleta. No Parma, Júnior se destacou no vice-campeonato do Campeonato Italiano de 2000-01 e também se destacou no título da Copa Itália de 2001-02 Após duas temporadas no Parma, Júnior foi contratado pelo Siena por empréstimo[3][4]. Em 2005, rescinde com o Parma[5].

São PauloEditar

Retornou ao Brasil para realizar sua passagem mais vitoriosa na carreira em clubes. Entre 2004 e 2008, Júnior conquistou o Campeonato Paulista, a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2005, além dos Campeonatos Brasileiros de 2006, 2007 e 2008 com o Tricolor. Ao todo foram 197 jogos pelo clube do Morumbi, com 115 vitórias. [6]

Atlético MineiroEditar

Entre 2009 a 2010, defendeu o Atlético Mineiro, mas não teve uma passagem de expressão em um período conturbado na história do clube, tendo sido campeão apenas do Campeonato Mineiro de 2010.

GoiásEditar

Em agosto de 2010, Júnior assinou com o Goiás[7], onde permaneceu até o final do ano. Mesmo com contrato até maio de 2011, Júnior decidiu se aposentar após o fim da temporada de 2010.[8]

Seleção BrasileiraEditar

Antes da chegada de Luiz Felipe Scolari na Seleção Brasileira, Júnior não teve muitas oportunidades devido a forte concorrência na posição. Após Felipão assumir ao comando do time, volta a ser lembrado em algumas convocações da equipe, estando entre os convocados à disputar a Copa do Mundo de 2002[9]. Júnior foi titular em apenas uma partida na Copa, contra a Costa Rica, ainda na primeira fase, partida na qual marcou seu único gol pela Seleção após lançamento de Edmílson. Ao todo, fez 22 partidas pela Seleção.

EstatísticasEditar

Campeonato
Brasileiro
Copa
Libertadores
Copa
Sul-Americana
Campeonato
Paulista
Mundial
de Clubes
Recopa
Sul-Americana
Total
Ano Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
São Paulo
2004
13
1
0
0
3
0
0
0
0
0
0
0
16
1
2005
29
10
14
4
5
3
18
5
2
0
0
0
68
22
2006
25
2
13
0
0
0
17
1
0
0
1
1
56
4
2007
16
0
4
1
3
0
15
2
0
0
0
0
38
3
2008
7
0
3
0
1
0
12
0
0
0
0
0
23
0
Total 90 13 34 5 12 3 62 8 2 0 1 1 201 30

TítulosEditar

Palmeiras
Parma
São Paulo
Atlético Mineiro
Seleção Brasileira

Outras ConquistasEditar

Palmeiras
  • Copa Euro-América: 1996[10]
  • Taça Pequim: 1996[11]
  • Taça Governador de Goiás: 1997[12]
  • Torneio Maria Quitéria: 1997[13]
  • II Taça da Amizade: 1997[14]
  • Troféu Naranja: 1997[15]
  • Troféu Província de Lucca: 1999[16]
  • Taça Valle d'Aosta: 1999[17]
São Paulo
Atlético Mineiro
  • Troféu AMCE 70 anos: 2009

Prêmios IndividuaisEditar

Vitória
  • Revelação do Campeonato Baiano: 1994
Palmeiras
Parma
  • Melhor Jogador da Copa Itália: 2001-02

Referências

  1. admin (21 de dezembro de 2014). «Lateral esquerdo campeão do mundo Júnior Nagata entrega troféu que leva seu nome para a seleção campeã do intermunicipal 2014». Informa Bahia 
  2. «Ídolos - Júnior» 
  3. «Folha de S.Paulo - Júnior e Roque Júnior acertam com o Siena - 27/01/2004». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 9 de maio de 2017 
  4. «Júnior e Roque Júnior acertam com o Siena - Terra - Futebol Italiano». esportes.terra.com.br. Consultado em 9 de maio de 2017 
  5. «Júnior rescinde com o Parma e está livre para defender o São Paulo - 10/09/2004 - UOL Esporte - Futebol». esporte.uol.com.br. Consultado em 9 de maio de 2017 
  6. https://www.gazetaesportiva.com/times/sao-paulo/campeao-mundial-com-o-sao-paulo-junior-pede-novos-conceitos-no-tricolor/
  7. «Goiás acerta a contratação do lateral Júnior, ex-Atlético-MG». globoesporte.com 
  8. «Aposentado do futebol, ex-lateral Júnior vira dono de restaurante 'chic'». globoesporte.com 
  9. «Elenco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002». Seleção Brasileira Todos os Jogos. 1 de julho de 2002. Consultado em 9 de maio de 2017 
  10. Porcopédia. «Copa Euro-América 1996» 
  11. Porcopédia. «Taça Pequim» 
  12. Porcopédia. «Taça Governador de Goiás» 
  13. Porcopédia. «Torneio Maria Quitéria» 
  14. Porcopédia. «II Taça da Amizade» 
  15. Porcopédia. «Troféu Naranja» 
  16. Porcopédia. «Troféu Província de Lucca» 
  17. Porcopédia. «Taça Valle d'Aosta» 
  18. «Bola de Prata Placar 1998 | VEJA.com». VEJA.com. 7 de agosto de 2015 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.