Jens Christian Skou

Jens Christian Skou (Lemvig, 8 de outubro de 191829 de maio de 2018[1]) foi um químico dinamarquês. Foi laureado com o Nobel de Química de 1997, por seu trabalho junto com John Ernest Walker e Paul Delos Boyer sobre o adenosina tri-fosfato (ATP).

Jens Christian Skou
Conhecido(a) por Bomba de sódio
Nascimento 8 de outubro de 1918
Lemvig
Morte 29 de maio de 2018 (99 anos)
Nacionalidade Dinamarquês
Prêmios Nobel de Química (1997)
Campo(s) Medicina, biofísica, bioquímica

BiografiaEditar

Skou nasceu em 1918 em Lemvig, Dinamarca. Estudou medicina na Universidade de Copenhague, completando os estudos em 1944. Em 1954 obteve o doutorado na Universidade de Århus.

CarreiraEditar

Em 1997 ele recebeu o Prêmio Nobel de Química (junto com Paul D. Boyer e John E. Walker) por sua descoberta de Na+,K+-ATPase,[2]

Skou havia se afastado alguns anos de seu treinamento clínico no início dos anos 1950 para estudar a ação dos anestésicos locais. Ele havia descoberto que a ação anestésica de uma substância estava relacionada à sua capacidade de se dissolver em uma camada da parte lipídica da membrana plasmática, as moléculas anestésicas afetavam a abertura dos canais de sódio que ele presumia serem proteínas. Isso, argumentou ele, afetaria o movimento dos íons de sódio e tornaria as células nervosas inexcitáveis, causando anestesia.

Skou achava que outros tipos de proteína de membrana também poderiam ser afetados pela dissolução de anestésicos locais na parte lipídica da membrana. Ele então teve a ideia de olhar uma enzima que estava embutida na membrana e descobrir se suas propriedades eram afetadas pelos anestésicos locais. Ele olhou para ATPase em nervos de caranguejo.

A enzima estava lá, mas infelizmente sua atividade era muito variável e ele precisava de uma enzima altamente ativa para seus estudos. Eventualmente, ele conseguiu descobrir que a ATPase era mais ativa quando exposta à combinação certa de íons sódio, potássio e magnésio. Só então ele percebeu que essa enzima poderia ter algo a ver com o movimento ativo do sódio e do potássio através da membrana plasmática. Essa ideia havia sido postulada muitos anos antes, no entanto, o mecanismo era bastante desconhecido.

Skou publicou suas descobertas.[3] No entanto, em seu artigo ele estava receoso de identificar a enzima com o movimento de íons ativos, então ele omitiu o termo “bomba de sódio-potássio” do título de seu artigo. Na verdade, ele parece ter percebido a importância de sua descoberta apenas gradualmente e continuou seus estudos sobre anestésicos locais.

Em 1958, Skou foi a uma conferência em Viena para descrever seu trabalho com a colinesterase. Lá ele conheceu Robert Post (nascido em 1920[4]), que havia estudado o bombeamento de sódio e potássio nas células vermelhas do sangue. Post descobriu recentemente que três íons de sódio eram bombeados para fora da célula para cada dois íons de potássio bombeados, e em sua pesquisa ele usou uma substância chamada ouabaína (ou g-estrofantina), que recentemente demonstrou inibir a bomba[5]).

Post não tinha lido o artigo de Skou, mas ficou animado quando Skou contou a ele sobre seu trabalho com ATPase. Post perguntou se a enzima foi inibida pela ouabaína. Nesse estágio, Skou não sabia que a ouabaína inibia a bomba, mas imediatamente telefonou para o laboratório e providenciou a realização do experimento. A ouabaína de fato inibiu a enzima, estabelecendo assim uma ligação entre a enzima e a bomba de sódio-potássio.[6]

Após o Prêmio Nobel, Skou deu várias entrevistas contando a história de suas descobertas e, aos 94 anos, foi relatado que ainda se mantinha atualizado com as publicações em seu campo.[7][8] Ele morreu em 28 de maio de 2018 em Aarhus, Dinamarca, aos 99 anos, menos de cinco meses antes de seu 100º aniversário.[9][10][11]

Referências

  1. «In Denmark died Nobel prize in chemistry». www.24-my.info (em inglês). 29 de maio de 2018. Consultado em 3 de outubro de 2021 
  2. «The Nobel Prize in Chemistry 1997». nobelprize.org. Consultado em 29 de maio de 2018 
  3. Skou, JC (23 de fevereiro de 1957). «The influence of some cations on an adenosine triphosphatase from peripheral nerves». Biochimica et Biophysica Acta. 23 (2): 394–401. PMID 13412736. doi:10.1016/0006-3002(57)90343-8 
  4. Kresge, Nicole; Simoni, Robert D.; Hill, Robert L. (13 de janeiro de 2006). «Na,K-ATPase and the Post-Albers Cycle: the Work of Robert L. Post». Journal of Biological Chemistry. 281 (2): e2. doi:10.1016/S0021-9258(19)47575-3. Consultado em 29 de maio de 2018 – via www.jbc.org 
  5. Post, RL; Merritt, CR; Kinsolving, CR; Albright, CD (junho de 1960). «Membrane adenosine triphosphatase as a participant in the active transport of sodium and potassium in the human erythrocyte». Journal of Biological Chemistry. 235 (6): 1796–1802. PMID 14434402. doi:10.1016/S0021-9258(19)76884-7 
  6. Skou, JC (9 de abril de 1962). «Preparation from mammalian brain and kidney of the enzyme system involved in active transport of Na ions and K ions». Biochimica et Biophysica Acta. 58: 314–325. PMID 13913700. doi:10.1016/0006-3002(62)91015-6 
  7. «Held og tilfældighed førte Jens Christian Skou til Nobelprisen». videnskab.dk. 22 de março de 2017. Consultado em 29 de maio de 2018 
  8. «Professor livet ud». stiften.dk. 7 de julho de 2013. Consultado em 29 de maio de 2018 
  9. Stevnhøj, Henriette (29 de maio de 2018). «Nobel Laureate, medical doctor and physiologist Jens Christian Skou has died». newsroom.au.dk 
  10. Uriy (29 de maio de 2018). «In Denmark died Nobel prize in chemistry». 24-my.info (em inglês). Consultado em 3 de agosto de 2019 
  11. «Dansk nobelprismodtager i kemi er død - 99 år». www.fyens.dk (em dinamarquês). 29 de maio de 2018 

FontesEditar

  • Clausen, Torben (agosto de 2007). «[J.C. Skou identified Na+,K+-pump--a breakthrough and its significance]». Ugeskrift for Læger. 169 (35). 2897 páginas. PMID 17878005 
  • Boldyrev, A. A. (2000). «Na+,K+-ATPase: 40 years of investigations». Membrane & Cell Biology. 13 (6): 715–9. PMID 10963431 
  • Skou, J. C. (agosto de 1998). «Nobel Lecture. The identification of the sodium pump». Bioscience Reports. 18 (4): 155–69. PMID 9877230. doi:10.1023/A:1020196612909 
  • Klodos, I. (1998). «[Nobel Prize for Jens Christian Skou for the discovery of Na(+)-K+ ATPase]». Postepy Biochemii. 44 (1): 6–7. PMID 9738232 
  • Wojtczak, L. (1998). «[The Nobel Prize for chemistry in 1997--mitochondrial ATP synthase]». Postepy Biochemii. 44 (1): 2–5. PMID 9738231 
  • Clausen, T.; Persson, A. E. (maio de 1998). «Jens Christian Skou awarded the Nobel prize in chemistry for the identification of the Na+, K(+)-pump». Acta Physiologica Scandinavica. 163 (1): 1–2. PMID 9648616. doi:10.1046/j.1365-201x.1998.00367.x 
  • Service, R. F. (outubro de 1997). «Chemistry prize taps the energy of life». Science. 278 (5338). 579 páginas. Bibcode:1997Sci...278..579S. PMID 9381166. doi:10.1126/science.278.5338.579 
  • Sejersted, O. M. (dezembro de 1997). «[Nobel Prize in chemistry]». Tidsskrift for den Norske Laegeforening. 117 (30). 4359 páginas. PMID 9456574 
  • Skou, J. C. (1989). «The influence of some cations on an adenosine triphosphatase from peripheral nerves. 1957». Biochimica et Biophysica Acta. 1000: 439–46. PMID 2550074 
  • Skou, J. C. (1989). «The identification of the sodium-pump as the membrane-bound Na+/K+-ATPase: a commentary on 'The Influence of Some Cations on an Adenosine Triphosphatase from Peripheral Nerves'». Biochimica et Biophysica Acta. 1000: 435–8. PMID 2550073. doi:10.1016/s0006-3002(89)80038-1 
  • Nissen, P. (2018). «Jens Christian Skou (1918–2018)». Science. 361 (6398). 133 páginas. Bibcode:2018Sci...361..133N. PMID 30002243. doi:10.1126/science.aau5275 (inativo 31 de maio de 2021) 

Ligações externasEditar


Precedido por
Robert Curl, Harold Kroto e Richard Smalley
Nobel de Química
1997
com Paul Delos Boyer e John Ernest Walker
Sucedido por
Walter Kohn e John Pople


  Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.