Jerry Orbach

ator, cantor e dublador norte-americano
Jerry Orbach
Jerry Orbach em 1965
Nome completo Jerome Bernard "Jerry" Orbach
Nascimento 20 de outubro de 1935
Nova Iorque, NY, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Morte 28 de dezembro de 2004 (69 anos)
Nova Iorque, NY, Estados Unidos
Ocupação Ator, cantor e dublador
Atividade 1955–2004
Cônjuge
  • Marta Curro (1958-1975 divórcio)
  • Elaine Cancilla Orbach (1979-2004 morte dele)
Outros prêmios
Tony Award de Melhor Ator em Musical (1969 e 1973)

Jerome Bernard "Jerry" Orbach (Nova Iorque, 20 de outubro de 1935Nova Iorque, 28 de dezembro de 2004) foi um premiado ator, cantor e dublador norte-americano. Considerado um dos últimos atores genuínos da Broadway, Jerry também ganhou notoriedade com ator de televisão, considerado versátil tanto nos palcos quando diante das câmeras.

Jerry começou a carreira profissional nos palcos de Nova Iorque, tanto na Broadway quanto em outros teatros. Tornou-se o primeiro cantor a interpretar a canção "Try to Remember", como o personagem El Gallo do espetáculo The Fantasticks (1960).[1] Interpretou Billy Flynn na produção original de Chicago (1975–1977) e Julian Marsh em 42nd Street.[2] Ganhou destaque por seu papel de destaque como a voz de Boris no série de televisão Caillou. Também se destacou como a voz de Lumière no desenho animado Beauty and the Beast (br: A Bela e a Fera / pt: A Bela e o Monstro), da Disney.[3]

Foi indicado para vários Tony Award, onde ganhou por sua performance de Chuck Baxter em Promises, Promises (1968–1972).[4] No cinema teve vários papéis coadjuvantes como em O Príncipe da Cidade (1991), Dirty Dancing (1987), Crimes and Misdemeanors (1989), Beauty and the Beast (1991) e Universal Soldier (1992).[1] Na televisão, fez personagens recorrentes em séries como Murder, She Wrote (1985–1991), como o detetive Harry McGraw. Seu papel de maior destaque foi como o detetive Lennie Briscoe na longeva série Law & Order.[5]

BiografiaEditar

Jerry nasceu em 1935, no bairro do Bronx, em Nova Iorque. Era filho único de Emily Olexy, que trabalhava como fabricante de cartões e cantora de rádio e Leon Orbach, gerente de restaurante e artista Vaudeville.[6] Seu pai era judeu, tendo migrado de Hamburgo, na Alemanha, mas Jerry chegou a dizer que seu pai emigrou da Espanha, onde vivia entre os judeus sefarditas.[6][7] Sua mãe era do condado de Luzerne, de uma família católica de origem lituano-polonesa e, mesmo com o pai judeu, Jerry foi criado no catolicismo, tal como seu personagem Lenny Driscoe.[8][9]

Na infância, Jerry e a família se mudaram com frequência, onde ele morou em Mount Vernon; Wilkes-Barre, Nanticoke; Scranton; Springfield e Waukegan. No ensino médio, formou-se dois anos antes, em 1952.[1][10][2] Jogou futebol americano no colégio e começou a atuar em aulas soletração e discurso.[11] No verão em que se formou no ensino médio, Jerry trabalhou no teatro no Chevy Chase Country Club, em Wheeling e no outono se matriculou na Universidade do Illinois. Em 1953, Jerry se transferiu para a Universidade do Noroeste, deixando o curso antes de concluir e se mudando para Nova Iorque, em 1955 na esperança de seguir carreira como ator no Actors Studio, onde um de seus professores era Lee Strasberg.[11]

CarreiraEditar

 
Jerry, à direita, como Billy Flynn na montagem original de 1975 na Broadway de Chicago

Jerry foi um talentoso ator de teatro musical, tanto na Broadway como off-Broadway. Seu primeiro papel de destaque foi o de El Gallo, no elenco original do sucesso The Fantasticks, que ficou décadas em cartaz. Também estrelou A Ópera dos Três Vinténs, Carnival!, a versão musical do filme Lili (sua estreia na Broadway), uma reencenação de Guys and Dolls (como Sky Masterson, papel que lhe rendeu uma indicação ao Tony), Promises, Promises (como Chuck, que lhe rendeu um Tony de melhor ator num musical), as produções originais de Chicago (como Billy Flynn, pelo qual também recebeu uma indicação ao Tony), 42nd Street, e uma reencenação de The Cradle Will Rock. Em 1955 interpretou um papel não-creditado na versão para o cinema de Guys and Dolls, na qual interpretava um cliente da barbearia durante o número musical "The Oldest Established," tendo até mesmo um solo durante um dos refrões da canção "Nathan, Nathan Detroit!!". Orbach também fez diversas aparições em filmes e programas de televisão durante a década de 1970.[6]

Na década de 1980 passou a trabalhar no cinema e na TV com maior intensidade. Entre os papéis de destaque que interpretou estão o detetive policial corrupto de Prince of the City, de Sidney Lumet, o pai de Jennifer Grey em Dirty Dancing, e um gangster que contrata um assassino de aluguel no drama Crimes and Misdemeanors (br: Crimes e Pecados), de Woody Allen. Teve o papel principal no drmama policial de 1987 The Law and Harry McGraw, interpretando um personagem que voltou a encarnar em Murder, She Wrote. Fez participações em programas como What's My Line? e Super Password, e também teve um papel de algum destaque na sitcom The Golden Girls (br: Supergatas). Orbach também fez a voz do personagem Zachery Foxx, do desenho animado Galaxy Rangers, produzido entre 1986 e 1989.[6]

Em 1991, Orbach participou do desenho animado musical Beauty and the Beast (br: A Bela e a Fera / pt: A Bela e o Monstro), vencedora do Óscar, onde dublou a voz do candelabro Lumière, papel que voltaria a interpretar nas sequências do filme feitas diretamente para VHS. No mesmo ano interpretou um capitão de polícia no filme Out for Justice, de Steven Seagal, e apareceu como um advogado de defesa no episódio "The Wages of Love", the Law & Order.[2]

No ano seguinte, Orbach receberia o convite para se juntar ao elenco principal da série como o detetive policial experiente e sarcástico Lennie Briscoe, um ex-alcoólatra. Permaneceu no programa até 2004, e tornou-se um de seus personagens mais populares. O TV Guide classificou Briscoe como um dos seus 50 principais detetives de todos os tempos. Também dublou o personagem para os videogames baseados na série. Após sair de Law & Order Orbach assinou um contrato para continuar com o papel no spin-off da série, Law & Order: Trial by Jury, porém apareceu apenas nos dois primeiros episódios da série, que foram ao ar em março de 2005, já depois de sua morte. O quinto episódio, "Baby Boom, " foi dedicado à sua memória.[6]

Vida pessoalEditar

Jerry casou-se em 1958 com Marta Curro, com quem teve dois filhos, Anthony Nicholas e Christopher Benjamin; divorciaram-se em 1975, e quatro anos mais tarde Orbach se casou com Elaine Cancilla, uma bailarina da Broadway que conhecera ao trabalhar em Chicago.[6]

Orbach morava em um arranha-céu na Rua 53, próximo à Oitava Avenida, em Hell's Kitchen e era uma presença constante nos restaurantes e lojas daquela vizinhança de Manhattan. The New York Times, 30 de dezembro de 2004 (visitado em 11-8-2009).</ref> Uma grande foto publicitária sua está pendurada na lavanderia Ms. Buffy's French Cleaners, e era freguês assíduo dos restaurantes italianos locais.[2] Em 2007 a esquina da 8ª Avenida e da Rua 53 recebeu o nome de Jerry Orbach, em sua homenagem; a ideia, que havia enfrentado alguma resistência dos comitês de construção locais, acabou sendo posta em prática devido à sua popularidade e "seu amor pela Grande Maçã".[6]

MorteEditar

Em janeiro de 1994, menos de dois anos depois de sua estreia em Law & Order, Jerry foi diagnosticado com câncer de próstata.[1] Fez radioterapia, mas em dezembro de 1994 o câncer voltou em metástase. Começou terapia hormonal, na qual permaneceu pelos próximos dez anos, enquanto ainda era um atores principais da série. Com a sua saída da série na temporada de 2003 e 2004, Jerry começou sessões de quimioterapia, mas acabou sendo vencido pelo câncer e morreu em 28 de dezembro de 2004, no Memorial Sloan Kettering Cancer Center, aos 69 anos.[3]

Mesmo tendo lutado contra o câncer por mais de dez anos, a doença foi revelada ao público algumas semanas antes de sua morte.[12] Antes de sua morte, Jerry tinha contrato assinado para continuar seu papel de Lenny Driscoe em dois episódio de Law & Order: Trial by Jury, que teve suas datas de gravação e lançamento ajustadas para dar ao ator tempo de se tratar. Eles foram ao ar depois de sua morte.[1]

Um dia depois de sua morte, a fachada da Broadway teve suas luzes diminuídas em sinal de luto, uma das maiores honras do teatro norte-americano.[1] O episódio de Criminal Intent, "View from Up Here", e de Trial by Jury, "Baby Boom", foram em sua homenagem.[6][1] Jerry deixou a ex-esposa, a esposa, os filhos, além da mãe e seus netos. Sua mãe faleceu em 28 de julho de 2012, aos 101 anos.[13] Sua segunda esposa, Elaine, morreu em 2009, aos 69 anos, e sua primeira esposa, Marta, morreu em 2012, aos 79. Jerry foi sepultado no Cemitério da Igreja da Trindade, em Manhattan.[1]

FilmografiaEditar

TeatroEditar

Ano Título Papel Notas
1955–1961 The Threepenny Opera Streetsinger, Smith e Macheath
1960 The Fantasticks El Gallo
1961–1963 Carnival! Paul
1964 The Cradle Will Rock Larry Foreman
1965 Guys and Dolls Sky Masterson Indicado ao Tony Award
1965 Carousel Jigger Craigin
1966 Annie Get Your Gun Charlie Davenport
1967 The Natural Look Malcolm
1967 Scuba Duba Harold Wonder
1968–1972 Promises, Promises Chuck Baxter Drama Desk Award de Melhor Ator em Musical
Tony Award de Melhor Ator em Musical
1972–1973 6 Rms Riv Vu Paul Friedman
1975–1977 Chicago Billy Flynn Indicado — Drama Desk Award de melhor ator em musical
Indicado — Tony Award de Melhor Ator em Musical
1980–1985 42nd Street Julian Marsh

FilmesEditar

Ano Título Papel Notas
1955 Guys and Dolls figurante sem créditos
1955 Marty Ballroom extra sem créditos
1958 Cop Hater "Mumzer"
1961 Mad Dog Coll Joe Clegg
1963 Bye Bye Birdie Bob - Ed Sullivan sem créditos
1964 Ensign Pulver Unknown
1965 John Goldfarb, Please Come Home Pinkerton
1971 The Gang That Couldn't Shoot Straight Kid Sally
1972 A Fan's Notes Frederick Earl Exley
1975 Fore Play Jerry Lorsey
1977 The Sentinel Michael Dayton
1981 Underground Aces Herbert Penlittle
1981 O Príncipe da Cidade Det. Gus Levy Indicado — Prêmio da Sociedade Nacional de Críticos de Cinema (2nd place)
Indicado — Prêmio da Associação de Críticos de Nova Iorque
1985 Brewster's Millions Charlie Pegler
1986 The Imagemaker Byron Caine
1986 F/X Nicolas DeFranco
1987 I Love N.Y. Leo
1987 Dirty Dancing Dr. Jake Houseman
1987 Someone to Watch Over Me Lt. Garber
1989 Last Exit to Brooklyn Boyce
1989 Crimes and Misdemeanors Jack Rosenthal
1991 A Gnome Named Gnorm Stan Walton
1991 Out for Justice Capt. Ronnie Dozinger
1991 Toy Soldiers Albert Trotta sem créditos
1991 Delusion Larry
1991 Delirious Lou Sherwood
1991 California Casanova Constantin Rominoffski
1991 Beauty and the Beast Lumière Voz
1991 Dead Women in Lingerie Bartoli
1992 Straight Talk Milo Jacoby
1992 Universal Soldier Dr. Christopher Gregor
1992 Mr. Saturday Night Phil Gussman
1993 The Cemetery Club Unknown sem créditos
1996 Aladdin and the King of Thieves Sa'luk Voz
1997 Beauty and the Beast: The Enchanted Christmas Lumière Voz
1998 Beauty and the Beast: Belle's Magical World Voz
1999 Temps Announcer
2000 The Acting Class desconhecido
2000 Chinese Coffee Jake Manheim
2000 Prince of Central Park Businessmes
2002 Manna from Heaven Waltz Contest Announcer
2003 Broadway: The Golden Age, by the Legends Who Were There ele mesmo
2003 Try to Remember: The Fantasticks ele mesmo
2004 Protesters investigador de polícia último papel

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
1961 Twenty-Four Hours in a Woman's Life Cristoff filme para TV
1967 Annie Get Your Gun Charles Davenport filme para TV
1973 Love, American Style Homer episódio: "Love and the Hoodwinked Honey"
1975 Medical Center Josh episódio: "The Captives"
1975 Kojak Brubaker episódio: "A Question of Answers"
1980 Buck Rogers in the 25th Century Lars Mangros episódio: "Space Rockers"
1983 The Magic of Herself the Elf Rei Thorn Voz, filme para TV
1983 An Invasion of Privacy Sam Bianchi filme para TV
1985 Our Family Honor Brian Merrick 2 episódios
1985–1991 Murder, She Wrote Harry McGraw 6 episódios
1986 Dream West Capt. John Stutter minissérie para televisão
1986 The Adventures of the Galaxy Rangers Zachary Foxx Voice, 7 episódios
1987 Tales from the Darkside Robert Episode: "Everybody Needs a Little Love"
1987 Out on a Limb Mort Viner filme para TV
1987 Love Among Thieves Spicer filme para TV
1987–1988 The Law & Harry McGraw Harry McGraw 16 episódios
1988 Simon & Simon Harrison / Malcolm Stanley III episódio: "Ain't Gonna Get It From Me, Jack"
1989 Perry Mason: The Case of the Musical Murder Blaine Counter filme para TV
1989 The Flamingo Kid Phil Brody
1990 Hunter Sal Scarlatti episódio: "Son and Heir"
1990 The Golden Girls Glen O'Brien episódio: "Cheaters"
Indicado — Emmy do Primetime de melhor ator numa série de comédia
1990 Who's the Boss? Nick episódio: "Starlight Memories"
1990 Kojak: None So Blind Tony Salducci filme para TV
1990 In Defense of a Married Man Alan Michaelson filme para TV
1991 Perry Mason: The Case of the Ruthless Reporter Vic St. John filme para TV
1991 Law & Order Frank Lehrmann episódio: "The Wages of Love"
1992 Empty Nest Arthur 2 episódios
1992 Neil Simon's Broadway Bound Jack Jerome filme para TV
Indicado — Emmy do Primetime de melhor atriz coadjuvante em minissérie ou telefilme
1992 Mastergate Clifton Byers filme para TV
1992–2004 Law & Order Detetive Lennie Briscoe 273 episódios
Prémio Screen Actors Guild de melhor ator em série dramática (póstumo)
Indicado — Emmy do Primetime de melhor ator em série dramática
Indicado — Screen Actors Guild Award for Outstanding Performance by an Ensemble in a Drama Series (1995–2004)
Indicado — Viewers for Quality Television (1998–2000)
1996 Frasier Mitch episódio: "High Crane Drifter"
1996–1999 Homicide: Life on the Street Det. Lennie Briscoe 3 episódios
1998 Exiled: A Law & Order Movie filme para TV
1999–2000 Law & Order: Special Victims Unit 3 episódios
2000-2002 Encounters with the Unexplained ele mesmo documentário
2001 Law & Order: Criminal Intent Detetive Lennie Briscoe episódio: "Poison"
2001–2002 Disney's House of Mouse Lumière Voz
2005 Law & Order: Trial by Jury Detetive Lennie Briscoe 2 episódios

VideogamesEditar

Ano Título Papel Notas
2000 Disney's Beauty and the Beast Magical Ballroom Lumière Voz
2002 Law & Order: Dead on the Money Detetive Lennie Briscoe Voz
2003 Law & Order: Double or Nothing Voz
2004 Law & Order: Justice Is Served Detetive Lennie Briscoe Voz

Referências

  1. a b c d e f g h Gilvey, John Anthony (2011). Jerry Orbach: Prince of the City - His Way From The Fantastiks to Law & Order. Milwaukee, Wisc.: Applause Theatre & Cinema Books. ISBN 978-1-42348-845-3 
  2. a b c d Ben Brantley (ed.). «Jerry Orbach, Star of 'Law & Order', Dies at 69». The New York Times. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  3. a b Adam Bernstein (ed.). «'Law & Order' Star Jerry Orbach Dies at 69». The Washington Post. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  4. Kenneth Jones (ed.). «Tony-Winner Jerry Orbach Is Dead at 69». Playbill. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  5. «'Law & Order' Star Jerry Orbach Dies». Today - Pop Culture newsletter. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  6. a b c d e f g h «Jerry Orbach – Biography». filmreference.com. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  7. James Brady (ed.). «In Step With...Jerry Orbach». Parade Magazine. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  8. Simi Horwitz (ed.). «Jerry Orbach; His 'Law & Order' Role Fits Him Like a Glove». The Washington Post 
  9. David Hiltbrand (ed.). «Jerry Orbach Gets His Due on the Sidewalks of New York». The Boston Globe. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  10. Lorraine Thompson (ed.). «Local Woman Went to School With Actor». St. Augustine. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  11. a b «Jerry Orbach». biography.com. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  12. Stephen M. Silverman (ed.). «Jerry Orbach Battling Prostate Cancer». Revista People. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  13. «Obituary for Emily Orbach». The New York Times. Consultado em 16 de janeiro de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jerry Orbach