Jesualdo Ferreira

futebolista português

Manuel Jesualdo Ferreira (Mirandela, 24 de maio de 1946) é um treinador português. Atualmente comanda o Santos.

Jesualdo Ferreira
Jesualdo Ferreira, Esteghlal Al-Sadd ACL play-off.jpg
Informações pessoais
Nome completo Manuel Jesualdo Ferreira
Data de nasc. 24 de maio de 1946 (73 anos)
Local de nasc. Mirandela, Mirandela, Portugal
Informações profissionais
Equipa atual Santos
Função Treinador
Times/Equipas que treinou
1981–1982
1982–1984
1984–1985
1985–1986
1986–1990
1990–1992
1995–1996
1996–2000
2000–2001
2001–2002
2003–2006
2006–2010
2010
2010–2012
2013
2013
2015
2015–2019
2020–
Rio Maior
Torreense
Académica
Atlético
Torreense
Estrela
FAR Rabat
Portugal Sub-21
Alverca
Benfica
Braga
Porto
Málaga
Panathinaikos
Sporting
Braga
Zamalek
Al-Sadd
Santos
Última atualização: 23 de janeiro de 2020

CarreiraEditar

PortoEditar

Após ter treinado vários clubes, com especial destaque para os resultados obtidos ao serviço do Sporting de Braga (de 2002–03 a 2005–06), começou a temporada 2006–07 no Boavista mas com a rescisão de Co Adriaanse no Futebol Clube do Porto, rescindiu contrato com o clube para assinar por duas épocas pelos Dragões.

Jesualdo ainda criança parte com seus pais para Angola, onde reside até início da adolescência e de onde regressa com seus tios para estudar. Começou a estudar em Chaves, passou por Aveiro, sem nunca esquecer a família nem os amigos que encontrava nos finais de semana. Tirava férias na aldeia de Carvalhais, freguesia do conselho de Mirandela.

Formou-se em Desporto em Lisboa e, com o diploma na mão, iniciou um percurso desportivo. De clubes de menor visibilidade a equipas mundialmente reconhecidas, Jesualdo Ferreira sempre respeitou as suas convicções nas decisões pessoais e profissionais, segundo o próprio "abdiquei da minha família, dos meus amigos mas nunca dos meus princípios". De entre muitas medalhas recebidas, Jesualdo elege a da sua cidade como a que mais o tocou, Mirandela homenageou com a medalha de ouro da Autarquia, no dia 23 de março de 2007, o "Homem que vingou a pulso na vida".

Jesualdo Ferreira ganhou três títulos de campeão nacional pelo Porto (em 2006–07, em 2007–08 e em 2008–09), tornando-se assim o primeiro treinador português a conquistar três títulos consecutivos.

É atualmente um dos treinadores com mais nomeações para prêmios a nível nacional. Destacam-se os prêmios desportivos e a categoria de melhor treinador nos globos de ouro para as quais tem sido consecutivamente nomeado. Não venceu ainda o galardão dos Globos, mas foi recentemente eleito por um estudo/sondagem como o melhor treinador da atual liga portuguesa de futebol.

Pelos Dragões tem 192 jogos cumpridos, com 82 vitórias, 47 empates, 63 derrotas, 259 golos marcados, 214 golos sofridos e 288 pontos somados.

Em junho de 2009, depois de ter conquistado o terceiro campeonato consecutivo e ter vencido a Taça de Portugal, o Porto anunciou a renovação do seu contrato por mais duas épocas. Acabou por rescindir com o Futebol Clube do Porto após uma época menos conseguida, com o terceiro lugar na Liga Portuguesa, a pesada derrota por 5 a 0 contra o Arsenal[1] (que iria ditar a eliminação da Liga dos Campeões) e a derrota contra o Benfica na final da Taça da Liga. Conquistou apenas a Taça de Portugal. Foi substituído por André Villas-Boas em 2010, cargo que ocupou até ao início de novembro do mesmo ano, num momento em que a equipa ocupava um modesto 18º lugar da classificação geral.

SportingEditar

No dia 19 de dezembro de 2012 foi apresentado como comandante do Sporting, tendo acumulado as funções de treinador da equipa principal do clube a 7 de janeiro de 2013, sucedendo a Franky Vercauteren. No dia 20 de maio de 2013, Leonardo Jardim foi apontado como novo treinador do Sporting, com Jesualdo Ferreira sendo dispensado no dia 30 de junho.[2]

BragaEditar

Na temporada 2013–14 voltou a ser treinador do Braga, abandonando o cargo em fevereiro de 2014 depois de uma má temporada dos minhotos.[3]

ZamalekEditar

Em julho de 2015, sob o comando de Jesualdo, o Zamalek sagrou-se campeão egípcio, conquistando a 12.ª Liga (a primeira desde 2003–04).

Al-SaddEditar

Em novembro de 2015 foi trabalhar no Qatar, assumindo a equipe do Al-Sadd.

SantosEditar

Já no dia 23 de dezembro de 2019, assinou com o Santos.[4][5][6] Estreou no dia 23 de janeiro de 2020, na Vila Belmiro, num empate em 0 a 0 com o Bragantino pelo Campeonato Paulista.[7]

TítulosEditar

Porto
Zamalek
Al-Sadd

Referências

  1. «Arsenal goleia Porto por 5 x 0 e avança na Liga dos Campeões». Estadão. 9 de março de 2010. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  2. «Jesualdo Ferreira já não vai ao Brasil com o Sporting». SIC Notícias. SIC Notícias. 20 de maio de 2013. Consultado em 24 de dezembro de 2019. Arquivado do original em 21 de setembro de 2013 
  3. «Sporting de Braga anuncia saída de Jesualdo Ferreira» 
  4. «Jesualdo Ferreira é o novo treinador do Santos FC». Site oficial do Santos. 23 de dezembro de 2019. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  5. «Santos anuncia Jesualdo Ferreira como novo técnico do time». GloboEsporte.com. 23 de dezembro de 2019. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  6. Gabriela Brino (23 de dezembro de 2019). «Santos anuncia Jesualdo Ferreira como novo técnico». LANCE!. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  7. «Santos e Bragantino ficam no empate na estreia de Jesualdo». GloboEsporte.com. 23 de janeiro de 2020. Consultado em 24 de janeiro de 2020 
Precedido por
Toni
Treinador do Benfica
2001–2002
Sucedido por
Fernando Chalana (interino)
Precedido por
Rui Barros (interino)
Treinador do Porto
2006–2010
Sucedido por
André Villas-Boas
Precedido por
Franky Vercauteren
Treinador do Sporting
2013
Sucedido por
Leonardo Jardim
Precedido por
Jorge Sampaoli
Treinador do Santos
2020–
Sucedido por