Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jim Varney
Nome completo James Albert Varney, Jr.
Nascimento 15 de junho de 1949
Lexington, Kentucky,  Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Morte 10 de fevereiro de 2000 (50 anos)
White House, Tennessee,  Estados Unidos
Ocupação Ator, comediante, dublador
Atividade 1976-2000
Cônjuge Jacqueline Drew (1977-1983)
Jane Varney (1988-1991)

James Albert "Jim" Varney, Jr. (Lexington, Kentucky, 15 de junho de 1949White House, Tennessee, 10 de fevereiro de 2000) foi um ator, comediante, roteirista e dublador americano.[1]

Foi conhecido como o atrapalhado personagem Ernest P. Worrell, originalmente criado pela agência publicitária de Nashville Carden and Cherry nos anos 80. O personagem foi usado em diversas campanhas publicitárias, comerciais, programas de televisão e filmes independentes de comédia lançados diretamente em vídeo nos anos seguintes. Varney também ganhou notoriedade ao interpretar Jed Clampett (Zé Buscapé) na versão cinematográfica de The Beverly Hillbillies (1993) e por ter dublado o cachorro-mola Slinky em Toy Story (1995) e Toy Story 2 (1999).

Índice

BiografiaEditar

Varney nasceu em Lexington, Kentucky. Quando criança, mostrou a capacidade de memorizar longos poemas e partes significativas do material de livros, que ele lia para entreter a família e amigos. Quando Varney era criança, sua mãe colocava desenhos para ele assistir. Sua mãe descobriu que Varney rapidamente começou a imitar os personagens de desenho animado, então ela o colocou no teatro infantil quando ele tinha oito anos de idade. Varney começou seu interesse pelo teatro quando adolescente, ganhando títulos estaduais em competições de teatro enquanto estudava na Lafayette High School (turma de 1968) em Lexington.

Aos quinze anos, ele interpretou Ebenezer Scrooge em uma produção de teatro local, e aos 17 anos, ele estava se apresentando profissionalmente em boates e clubes de café. Varney estudou Shakespeare no Barter Theatre em Abingdon, Virginia, e se apresentou em um show folclórico de Opryland em seu primeiro ano de funcionamento, na década de 1970. Ele citou uma ex-professora, Thelma Beeler, como sendo uma mentora que o incentivou a se tornar ator. Quando tinha 24 anos, Varney foi ator na Pioneer Playhouse em Danville, Kentucky. O teatro era adjacente a uma aldeia de velho oeste temático, e antes do show, o público iria percorrer a aldeia onde os aprendizes jogavam townsfolk. Varney e a companhia costumavam tocar no teatro ao ar livre para público. Ele regalava os olhos dos jovens aprendizes jogando facas nas árvores. Varney ainda se apresentou no Blithe Spirit, Boeing 707 e em um musical original, Fire on the Mountain. Certa vez, ele ameaçou de brincadeira um aprendiz de cabelo comprido, John Lino Ponzini, que o levaria para Hazard, Kentucky. Varney disse: "você [Ponzini] não conseguiria descer pela Main Street sem que o povo da cidade lhe desse um serviço". [3]

Doença e morteEditar

Durante as filmagens de Treehouse Hostage em agosto de 1998, Varney começou a desenvolver uma tosse ruim. No início, ele pensou que poderia ter pego um resfriado, devido ao clima da área onde o filme estava sendo filmado. No entanto, quando a tosse piorou, Varney começou a notar sangue no lenço e, depois que as filmagens terminaram, ele foi ao médico. Um fumante inveterado, Varney havia desenvolvido um câncer de pulmão. A doença lentamente piorou, mas Varney continuou a filmar filmes. Ao ser diagnosticado, ele supostamente jogou seus cigarros e parou de fumar.

Varney finalmente retornou ao Tennessee, onde passou por uma quimioterapia na esperança de vencer a doença. No entanto, ele morreu aos 50 anos de idade em 10 de fevereiro de 2000, às 4:45 da manhã, em sua casa em White House, Tennessee, lugar em que o novo filme de Ernest, Ernest, o Pirata, estava sendo filmado, mas acabou sendo cancelado após sua morte. Atlantis: o Reino Perdido, longa metragem de animação da Disney, foi seu último filme e foi dedicado em sua memória. Ele está enterrado em Lexington Cemetery.

Vida pessoalEditar

Varney foi casado duas vezes, com Jacqueline Drew (1977-1983), e Jane Varney (1988-1991). Dois casamentos terminaram em divórcio, ele e Jane permaneceram amigos até a morte dele.

Filmografia parcialEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Jim Varney, 50, Who Turned 'Ernest' Character Into a Career». The New York Times. 11 de fevereiro de 2000. ISSN 0362-4331 
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.