Disambig grey.svg Nota: Para as pessoas com este nome, veja João IV.

João IV é o quarto capítulo do Evangelho de João no Novo Testamento da Bíblia.

Samaritana no poço, um dos episódios narrados em João 4.
Segunda metade de século XVI. Por Annibale Carracci, atualmente na Pinacoteca de Brera, em Milão.

Jesus ultrapassa JoãoEditar

Os fariseus ficam sabendo que Jesus está batizando mais gente que João Batista, embora João afirme que «...Jesus mesmo não batizasse, mas sim seus discípulos.» (João 4:4) Jesus então foge da Judeia e volta para a Galileia.

SamaritanaEditar

 Ver artigo principal: Samaritana no poço

Jesus em seguida segue para a cidade samaritana de Siquém e descansa perto do Poço de Jacó enquanto seus discípulos vão até a cidade para conseguir alimentos. Enquanto espera por eles, uma samaritana chega no poço e Jesus lhe pede um pouco d'água. A mulher se surpreende e diz que samaritanos e judeus não se misturam. Jesus responde que se ela soubesse de verdade quem era ele, seria ela quem estaria pedindo a água" que ele oferecia. «Replicou-lhe Jesus: Todo o que bebe desta água, tornará a ter sede; mas quem beber da água que eu lhe der, nunca mais terá sede; pelo contrário a água que eu lhe der, virá a ser nele uma fonte de água que mana para a vida eterna.» (João 4:13-14) A mulher então pede esta "água" e Jesus pede a ela que vá chamar seu marido e o traga até ele. A mulher afirma que é solteira e Jesus diz que, na verdade, ela teve cinco maridos e que estava, naquele momento, vivendo com um homem com quem não era casada. Só então ela acredita que ele era um profeta e Jesus a ensina a louvar a Deus da forma como se fazia nos tempos antigos, em locais apropriados, e como se deveria fazê-lo no futuro. «Mas a hora vem e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e é necessário que os que o adoram, o adorem em espírito e em verdade.» (João 4:23-24) A mulher então afirma que o Messias virá para explicar tudo, ao que Jesus declara ser o tal Messias.

Seus discípulos retornam da cidade e a mulher volta para casa afirmand que Jesus sabia tudo sobre ela e pergunta-se se ele seria o Messias. O povo decide ir ver para decidir. Os discípulos, enquanto isso, tentam dar a Jesus alguma comida, que ele refusa dizendo que seu alimento «A minha comida é fazer eu a vontade daquele que me enviou, e completar a sua obra.» (João 4:34) O povo da cidade se aproxima e Jesus conversa com os curiosos, convencendo-os a ficar por mais dois dias de ensinamentos. Suas palavras os convence de que ele é o «Salvador do mundo» (João 4:42).

O filho do oficial realEditar

Jesus depois viaja de volta para a Galileia e é recebido pelo povo. Ele segue para Canaã, onde um oficial real pede-lhe que cure seu filho enfermo. Jesus parece se aborrecer ao sentir que o povo só acredita nele depois de ver milagres, mas, assim mesmo, diz que o garoto já estaria curado. O oficial volta para casa e encontra o filho curado. De acordo com João, este é o segundo milagre de Jesus (depois das Bodas de Caná).

Ver tambémEditar


Precedido por:
João 3
Capítulos da Bíblia
Evangelho de João
Sucedido por:
João 5

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar