Abrir menu principal

João Carlos Pires Ferreira Chaves

João Carlos Pires Ferreira Chaves (Tavira, 1882 - Lisboa, 1942) foi um oficial do Exército Português. [1]

Assentou praça em 1901.[1] Foi promovido a Capitão em 1915,[2] ano em que tomou parte na campanha do Sul de Angola como adjunto do quartel-general. [1]

Foi professor do Instituto dos Pupilos do Exército. [1]

Em 1925 seguiu para a Índia onde foi chefe do Estado-Maior. De regresso à Metrópole em 1927 foi promovido a Coronel, e nomeado professor do Curso do Estado-Maior. Foi ainda professor da Escola Central de Oficiais. [1]

Quando faleceu, no posto de General, desempenhava as funções de Director da arma de Infantaria. [1]

Autor de vários livros de temática militar. [1]


Irmão de Maria Alexandrina Pires Ferreira Chaves, de Olímpio Ferreira Chaves e de Raul Pires Ferreira Chaves. Pai de Maria Amélia Chaves e de Fernando de Sousa Ferreira Chaves.

Livros publicadosEditar

  • Temas Táticos. Resolução de problemas sobre a carta. 6 volumes. Lisboa: Tipografia Maurício & Monteiro. 1932-1935;
  • Curso de Táctica. (com prefácio do General Roberto da Cunha Baptista) 6 volumes. Lisboa: Tipografia Maurício & Monteiro. 1929-1931;
  • Processo da viagem de curso do Estado-maior na região do Algarve. 5 volumes. Lisboa: Escola Central de Oficiais. 1936.

Notas

  1. a b c d e f g Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol. XI, (p. 185)
  2. “Notícias várias”. Jornal Algarve, nº 357, ano 7º; Faro: Domingo, 24 de Janeiro de 1915. (p. 2)
  Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.