Abrir menu principal
João Clifford
O assassinato de Rutland pelo Lorde Clifford por Charles Robert Leslie, 1815
Nascimento 8 de abril de 1435
Morte 28 de março de 1461 (25 anos)
Progenitores Pai:Tomás Clifford, 8º Barão de Clifford
Filho(s) Henrique Clifford, 10º Barão de Clifford
Ocupação militar
Título barão
Arms of Clifford.svg
Causa da morte morto em combate

João Clifford, 9.º barão de Clifford (ou barão Clifford) (8 de abril de 143528 de março de 1461) foi um chefe militar inglês da casa de Lencastre durante a guerra das Rosas.

BiografiaEditar

Foi filho de Tomás Clifford (1414-1455), 8.º barão de Clifford, e de Jeanne Dacre (antes de 1424 – antes de 1455). Herdou o título da família após a morte de seu pai, morto em 1455 durante a Primeira Batalha de St. Albans. É desde então um dos mais fervorosos partidários da causa Lencastre e chefia a ala direita do seu exército durante a batalha de Wakefield, a 30 de dezembro de 1460. A batalha é ganha e Clifford manda decapitar um ferido e capturado Edmundo de Iorque, o segundo filho de Ricardo Plantegeneta. Esse ato é visto como um assassinato pela casa de Iorque, enfurecendo Eduardo de Iorque que jura vingar-se. O ato é igualmente desaprovado por outros chefes dos Lencastre. Clifford é morto três meses mais tarde durante a batalha de Ferrybridge, com uma seta na garganta. De seu casamento com Margarida Bromflete (1436-1493) teve quatro filhos: Henrique (que tomará o título de barão de Clifford em 1485), Ricardo, Tomás e Elisabete.

Clifford é uma das principais personagens da terceira parte da peça Henrique VI de William Shakespeare, na qual ele é descrito como sedento de vingança pela morte de seu pai e pessoalmente responsável pela decapitação de Edmundo de Iorque.

FontesEditar

  • Anthony Goodman (1990). The Wars of the Roses: Military Activity and English Society, 1452–97. [S.l.]: Taylor and Francis. ISBN 0-415-05264-5 
  • Charles Ross (1997). Edward IV. [S.l.]: Yale University Press. ISBN 0-300-07372-0 
  • Bertram Wolffe (2001). Henry VI. [S.l.]: Yale University Press. ISBN 0-300-08926-0