Fernando Baiano

futebolista brasileiro
(Redirecionado de João Fernando Nelo)
 Nota: Este artigo é sobre um jogador de futebol. Para o operador financeiro, veja Fernando Soares.

João Fernando Nelo[1], mais conhecido como Fernando Baiano (São Paulo, 18 de março de 1979[2]), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.[3]

Fernando Baiano
Fernando Baiano
Informações pessoais
Nome completo João Fernando Nelo
Data de nascimento 18 de março de 1979 (45 anos)
Local de nascimento São Paulo, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,85 m
destro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição Ex-atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2001
2002
2003
2003–2004
2004
2005
2005–2007
2007–2009
2008–2009
2009–2012
2013
2013
2014–2015
Corinthians
Internacional
Flamengo
Wolfsburg
São Caetano
Málaga
Celta de Vigo
Real Murcia
Al-Jazira (emp.)
Al-Wahda
São Bernardo
Al-Ittihad
Mogi Mirim
0106 00(38)
0027 00(14)
0041 00(16)
0022 00(11)
0014 000(6)
0017 000(9)
0068 00(28)
0027 000(5)
0025 00(28)
0066 00(42)
0022 00(11)
0005 000(1)
0007 000(1)
Seleção nacional
1999 Brasil Sub-20 0005 000(3)

Fernando Baiano foi assim chamado por Mirandinha, ex-jogador corinthiano, quando o treinava nas categorias de base do Timão.[3][4]

Carreira

editar

Corinthians

editar

A trajetória do atacante no time profissional do Timão começou em 1998[4], mas foram poucos jogos.[5] Estreou em 7 de junho de 1998, no empate com a União Barbarense em 1 a 1, em partida amistosa. Foi campeão do Brasileirão de 1998, pelo qual realizou dez partidas.[4]

De volta à base no começo de 1999, se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde foi campeão[4], e foi promovido definitivamente pelo técnico Evaristo de Macedo.[5]

Pela fase de grupos da Copa Libertadores da América de 1999, o jovem Fernando Baiano, então com 20 anos, fez cinco gols na histórica goleada de 8 a 2 sobre o Cerro Porteño.[3][5][4][6][7] A atuação contra o Cerro é considerada por Fernando Baiano a melhor de sua carreira.[5] Foi a primeira e única vez que o atacante marcou cinco em uma partida.[5] Baiano voltou ao banco de reservas no segundo semestre, quando a equipe alvinegra contratou Luizão como centroavante.[4]

Foi bicampeão nacional em 1999, e também venceu o Mundial de Clubes da Fifa em 2000, inclusive cobrando um dos pênaltis na disputa contra o Vasco na final.[4] Fernando sofreu uma lesão no início daquela temporada, e depois não conseguiu repetir as boas atuações que teve nos anos anteriores.[4]

Em sua última partida disputada pelo Timão, em 2 de dezembro de 2001, o Corinthians foi derrotado pelo Fluminense por 2 a 1, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2001.

Nas 3 temporadas que jogou no Corinthians, ele foi artilheiro da Copa Libertadores da América de 1999 e conquistou também o Campeonato Paulista de 1999 e 2001.[3][7]

Internacional

editar

No Internacional, Fernando Baiano conquistou o Gauchão de 2002, onde marcou 3 gols nos dois jogos da final, além de ter tido uma importante participação na última partida do Campeonato Brasileiro de 2002, em que deu um passe para o gol de Mahicon Librelato e fez um gol de falta na vitória por 2x0 em cima do Paysandu, livrando o Inter do rebaixamento.[3]

Flamengo

editar

Em 2003, foi para o Flamengo onde fez 41 jogos e marcou 16 gols.[7]

Al Wahda

editar

Pelo clube, disputou o Mundial de Clubes em 2010[8][9], quando marcou 2 gols[10][11] e terminou na sexta colocação[12].

Em 2011, sagrou-se campeão da Supercopa dos Campeões dos Emirados Árabes pelo Al Wahda, batendo o maior rival, o Al Jazira, por 5 a 4 nos pênaltis, após empate em 2 a 2 no tempo normal.[13] Fernando atuou junto dos brasileiros o meia Hugo, autor dos dois gols do empate e o volante Magrão.[13]

São Bernardo

editar

Após 5 meses parado, em 2013, perdeu 10 kg e se destacou atuando pelo São Bernardo no Campeonato Paulista.[14]

Seleção Brasileira Sub-20

editar

Ele participou da Seleção Brasileira que disputou o Campeonato Mundial Sub-20 de 1999, onde o Brasil foi eliminado pelo Uruguai nas quartas-de-final.[3] Ele fez 3 gols em 5 jogos.

Fora de campo

editar

No dia 17 de maio de 2016, foi anunciado como dirigente da Portuguesa.[3][15]

Títulos

editar
Corinthians
Internacional
Flamengo
Málaga
Celta de Vigo
Al-Jazira
Al-Wahda

Artilharias

editar
Corinthians

Referências

  1. ogol.com.br: Dados pessoais de Fernando Baiano
  2. br.sambafoot.com: Detalhes do atleta
  3. a b c d e f g «Fernando Baiano - Que fim levou?». Terceiro Tempo. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  4. a b c d e f g h «Atleta com cinco gols em um único jogo, Fernando Baiano completa 42 anos». Sport Club Corinthians Paulista. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  5. a b c d e Paulo, Por Lucas Strabko*São (7 de março de 2016). «Carrasco do Cerro em 99, Fernando Baiano aposta em Romero como herói». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  6. «Você sabia? Atacante do Corinthians já marcou 5 gols pela Libertadores no mesmo jogo - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  7. a b c «Onde Anda: Fernando Baiano, ex-atacante de Corinthians e Inter». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  8. Dhabi, Por GLOBOESPORTE COM Abu; Árabes, Emirados (8 de novembro de 2010). «Time dos Emirados que vai disputar Mundial de Clubes fecha patrocínio inédito». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  9. Janeiro, Por Victor Canedo Rio de (7 de dezembro de 2010). «Brasileiros do Al Wahda aguardam o Inter de braços abertos. Quase todos...». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  10. Dhabi, Por Agência de notícias Abu (9 de dezembro de 2010). «Após estreia, Fernando Baiano vê Inter como favorito. O brasileiro...». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  11. Dhabi, Por GLOBOESPORTE COM Abu; Árabes, Emirados (11 de dezembro de 2010). «Ex-santista é decisivo, Seongnam bate o Al Wahda e enfrenta o Inter de Milão». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  12. Dhabi, Por GLOBOESPORTE COM Abu; Árabes, Emirados (15 de dezembro de 2010). «Pachuca bate Al Wahda nos pênaltis e fica com o quinto lugar no Mundial». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  13. a b «Hugo, Magrão e Fernando Baiano são campeões nos Emirados Árabes». globoesporte.com. 12 de setembro de 2011. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  14. Campo, Por Leo Bianchi São Bernardo do; SP (20 de março de 2013). «Fernando Baiano perde 10 kg e vira artilheiro do Paulista no time de Lula». globoesporte.com. Consultado em 17 de novembro de 2023 
  15. «Ex-jogador Fernando Baiano é o novo superintendente de futebol da Portuguesa». R7.com. 17 de maio de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2023 

Ligações externas

editar
   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.