Abrir menu principal
João Paulo Tavares Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações pessoais
Nome completo João Paulo de Figueiredo Tavares
Modalidade Voleibol
Nascimento 30 de março de 1983 (36 anos)
Três Pontas,  Minas Gerais
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 96 Kg Altura: 2,05 m
Posição Ponta (voleibol)
Nível profissional
Período em atividade Voleibolista
Medalhas
Campeonato Mundial de Voleibol Masculino
Ouro Itália 2010 Equipe
Liga Mundial de Voleibol
Ouro Belgrado 2009 Equipe
Ouro Córdoba 2010 Equipe
Copa dos Campeões de Voleibol Masculino
Ouro Japão 2009 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino
Ouro Bogotá 2009 Equipe
Campeonato Mundial de Voleibol Masculino Sub-21
Prata Teerã 2003 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino Sub-21
Ouro Poços de Caldas 2002 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino Sub-19
Ouro Neuquén 2000 Equipe

João Paulo de Figueiredo Tavares (Três Pontas, 30 de março de 1983), é voleibolista brasileiro que conquistou títulos e resultados importantes nas três categorias da seleção brasileira: campeão sul-americano infanto-juvenil em 2000, campeão sul-americano juvenil em 2002 e vice-campeão mundial juvenil em 2003, campeão sul-americano adulto , assim como sagrou-se campeão mundial em 2010, além disso, medalha de ouro na Copa dos Campeões em 2009 e o tricampeonato na Liga Mundial.

CarreiraEditar

João Paulo desde as categorias de base já servia a seleção brasileira no ano de 2000, oportunidade na qual foi convocado para disputar o Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil realizado na Argentina e obteve o ouro e dois anos mais tarde no Brasil obteve o ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil e nesta mesma categoria foi vice-campeão mundial no Irã em 2003. Em seu histórico de clubes nacionais defendeu o Vasco/ Três Corações em 2001, transferiu-se para o clube espanhol Son Amar em 2002, no ano seguinte o Banespa/São Bernardo .[1]

Atuou na temporada 2004-05 pela Unisul/Florianópolis e nesta equipe foi Campeão da Supercopa, Campeão da Copa Visa, Campeão Catarinense e obteve o sétimo lugar na Superliga Brasileira 2004-05 série A.[2] Defendeu também a equipe da Cimed na jornada 2006-07, na temporada seguinte atuou pelo Santander/São Bernardo

Pela primeira vez na seleção adulta[1] integrou conquistou Liga Mundial de 2005 e conquistou o bicampeonato nesta competição na edição de 2009 e foi campeão no Campeonato Sul-Americano disputado na Colômbia e conquistou também o ouro na Copa dos Campeões no Japão.[3]

Retornou a defender a equipe da Unisul/Joinville na temporada 2008-09.Transferiu-se para o voleibol japonês na temporada 2009-10, e sagrou-se campeão logo em sua primeira temporada Panasonic Panthers e ainda foi o Maior Pontuador da partida final da liga japonesa registrando 17 pontos, sendo 61% no ataque e eficiência de 65% na recepção. [4] Na temporada 2010 atuou pela seleção brasileira novamente e conquistou o tricampeonato da Liga Mundial[1], além de compor a seleção que sagrou-se campeã mundial em 2010.

Disputou uma boa Superliga pela Cimed/Sky na temporada 2011-12, com eliminação nas quartas de final diante da equipe do Minas, recebeu proposta para reforçar a equipe italiana da BCC-NEP Castellana Grotte, que classificou-se para o playoff da Série A-2 da liga italiana visando o acesso a elite do vôlei italiano, sendo um contrato de curta duração, total de um mês e meio[5] e sagrou-se vice-campeão desta competição .[6]

Na temporada 2012-13 atuou novamente pelo clube japonês Panasonic Panthers e ao fim deste contrato foi disputado por vários clubes[7], optou pelo Vôlei Brasil Kirin/Campinas para atuar na temporada 2013-14, mas em junho de 2013 passou por uma cirurgia no ombro direito.[8]

João Paulo fez sua última participação na Superliga na temporada 2014/2015, pelo extinto Vôlei Brasil Kirin (SP), e decidiu se aposentar na sequência.

Ficou fora das temporadas e 2015/2016, 2016/2017 e aos 34 anos foi convencido a voltar graças ao projeto desenvolvido pelo Vôlei Ribeirão Preto. Capitaneado pelo campeão olímpico Lipe e dirigido pelo técnico Marcos Pacheco, o time do interior de São Paulo foi montado com o único objetivo de garantir a vaga e disputar a edição 2018/2019 da Superliga.

ClubesEditar

Clube País De Até
Vasco/ Três Corações   Brasil 2001 2002
Son Amar   Espanha 2002 2003
Banespa/São Bernardo   Brasil 2003 2004
Unisul/Florianópolis   Brasil 2004 2005
Unisul/São José   Brasil 2005 2006
Cimed Florianópolis   Brasil 2006 2007
Santander/São Bernardo   Brasil 2007 2008
Unisul/Joinville   Brasil 2008 2009
Panasonic Panthers   Japão 2009 2010
Cimed Sky   Brasil 2010 2012
BCC-NEP Castellana Grotte   Brasil 2011 2012
Panasonic Panthers   Japão 2012 2013
Vôlei Brasil Kirin/Campinas   Brasil 2013 2014
Vôlei Ribeirão Preto Brasil 2017 2018

[9][10][11][12][13][14]

Títulos e ResultadosEditar

Referências

  1. a b c «João Paulo Tavares». 24 de maio de 2010. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  2. a b c d e CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (1 de fevereiro de 2006). «Ex-companheiros de clube, Cebola e Zé Roberto se enfrentam na partida entre Bento Vôlei e Unisul/Nexxera pela Superliga masculina 05/06». Consultado em 21 de outubro de 2013. Arquivado do original em 21 de outubro de 2013 
  3. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Liga Mundial 2010-Perfil dos Atletas». Consultado em 21 de outubro de 2013. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  4. Marcelle Sansão. «João Paulo de Figueiredo Tavares». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  5. Daniel Bortoletto (13 de abril de 2012). «Vaivém: João Paulo Tavares na Itália». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  6. a b «BCC-NEP Castellana Grotte -2011-12» (em italiano). Consultado em 21 de outubro de 2013 
  7. Daniel Bortoletto (14 de maio de 2013). «Vaivém: Um atacante disputado por vários times». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  8. Daniel Bortoletto (2 de junho de 2013). «João Paulo Tavares passa por cirurgia no ombro». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  9. «Legavolley –Perfil- João Paulo Tavares» (em italiano). Consultado em 21 de outubro de 2013 
  10. «E' Joao Paulo Tavares l'acquisto della New Mater per questo finale di stagione» (em italiano). 16 de abril de 2012. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  11. «JOÃO PAULO TAVARES». 24 de maio de 2010. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  12. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (1 de março de 2012). «SUPERLIGA MASCULINA 11/12: João Paulo Tavares, da Cimed/SKY, é o melhor jogador da rodada». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  13. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «Profile João Paulo Figueredo Tavares» (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2013 
  14. LANCEPRESS (8 de novembro de 2010). «Cimed estreia com vitória na Superliga masculina». Consultado em 21 de outubro de 2013 
  15. a b c Wikipedia. «Panasonic Panthers» (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2013