Abrir menu principal

João Pedro Rodrigues

João Pedro Rodrigues
Nascimento 1966 (53 anos)
Lisboa
Nacionalidade português
Ocupação Cineasta
Outros prêmios
Prémio Autores de 2010

João Pedro Rodrigues (Lisboa, 1966) é um realizador português. Iniciou a sua actividade em 1997.

Começou como assistente de realização e montagem em filmes de realizadores como Alberto Seixas Santos, Teresa Villaverde. A sua primeira longa-metragem foi O Fantasma, uma história sobre os afectos numa relação entre dois homens. Odete (2005) foi a sua segunda, e esteve presente no Festival de Cannes. A maior parte do seu trabalho foi desenvolvido com a produtora Rosa Filmes.

PolémicaEditar

O filme Morrer como um Homem, antes de estrear em Portugal, foi objecto de uma providência cautelar por parte de Carlos Castro, que alegou que se tratava de um plágio do seu livro "Ruth Bryden - Rainha da Noite", sobre a artista trans portuguesa, em cuja história de vida se baseia o livro de Castro. O filme, subsidiado pelo Ministério da Cultura e por um patrocínio do Euroimages de 240 000 €, conta a história de "Tónia", uma pessoa trans em processo de questionamento sobre a sua identidade de género.

FilmografiaEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  A Wikipédia tem os portais: