João Ricardo Riedi

futebolista brasileiro

João Ricardo Riedi (Mariano Moro, 6 de setembro de 1988) é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente defende o Fortaleza.

João Ricardo
Informações pessoais
Nome completo João Ricardo Riedi
Data de nascimento 6 de setembro de 1988 (35 anos)
Local de nascimento Mariano Moro, Rio Grande do Sul, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,84 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Fortaleza
Número 1
Posição goleiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008
2008–2010
2010
2011–2012
2012
2012
2012
2013
2013
2014
2014–2015
2016–2018
2019–2020
2021–2022
2023–
Concórdia
Brusque
Goiânia
Brusque
Marcílio Dias
Rio Branco-AC
Paysandu
Veranópolis
Icasa
Paraná
América Mineiro (emp.)
América Mineiro
Chapecoense
Ceará
Fortaleza
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00000 0000(0)
00040 0000(0)
00008 0000(0)
00000 0000(0)
00001 0000(0)
00019 0000(0)
00032 0000(0)
00001 0000(0)
00067 0000(0)
00147 0000(0)
00081 0000(0)
00075 0000(0)
00066 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 30 de março de 2024.

Carreira editar

Primeiros anos editar

Nascido em Mariano Moro, no Rio Grande do Sul, João Ricardo fez sua estreia no Concórdia em 2008. Mudou-se para Brusque pouco depois, sendo usado regularmente durante o período de dois anos.

Em 2010, João Ricardo se juntou ao Goiânia, mas voltou ao seu clube anterior no final do ano. Ele passou a jogar pelo Brusque em 2011, atuando na Série C do Campeonato Brasileiro.

Em 1 de agosto de 2012, João Ricardo assinou com o Paysandu, após um breve período em Marcílio Dias.[1]

Em 12 de dezembro de 2012, mudou-se para o Veranópolis. Depois de mostrar seu talento, o jogador assinou com o Icasa. No dia 4 de janeiro de 2014, foi contratado pelo Paraná.

América-MG editar

No dia 8 de junho de 2014, João Ricardo foi emprestado ao América Mineiro.

Em 2015, o goleiro foi um dos destaques da equipe mineira, que ficou em 4º lugar na Série B do Campeonato Brasileiro, conseguindo o acesso para a Série A do ano seguinte. Com o bom desempenho, renovou seu contrato com o clube até o final de 2018.[2]

No ano de 2016, João conquistou seu primeiro título pelo América, o Campeonato Mineiro. Após se classificar em 4º lugar na primeira fase, a equipe comandada por Givanildo Oliveira eliminou o Cruzeiro nas semifinais,[3] venceu o Atlético Mineiro por 2 a 1 no primeiro jogo da final (jogo em que João Ricardo defendeu um pênalti), no Independência, e com o empate em 1 a 1 no segundo jogo, sagrou-se campeão mineiro.[4] O jogador recebeu o prêmio de melhor goleiro da competição.[5] No mesmo ano, João Ricardo completou a marca de 100 jogos pelo clube.

Jogando pelo Coelho, começou a temporada 2017 na busca pelo bicampeonato estadual; no entanto, o América foi eliminado pelo Cruzeiro nas semifinais e ficou com a 3ª posição.[6] João Ricardo chegou a sua terceira temporada seguida ultrapassando a marca de 50 jogos pelo América, e após uma campanha incrível do Coelho na Série B, sagrou-se campeão da competição.

Chapecoense editar

No dia 2 de janeiro de 2019, João Ricardo acertou a sua ida para a Chapecoense.

Títulos editar

América-MG
Chapecoense
Fortaleza

Prêmios individuais editar

Referências

  1. Michel Anderson (1 de agosto de 2012). «Paysandu confirma chegada do goleiro João Ricardo e quer atacante». ge. Consultado em 25 de março de 2024 
  2. Arruda, Rafael (9 de outubro de 2015). «De contrato renovado, goleiro João Ricardo é elogiado por diretoria do América: 'Um ídolo'». Superesportes 
  3. «América segura empate, elimina Cruzeiro e está na final do Mineiro». GZH. 24 de abril de 2016. Consultado em 25 de março de 2024 
  4. «América-MG arranca empate, surpreende Atlético-MG e fica com título mineiro». ESPN Brasil. 8 de maio de 2016. Consultado em 25 de março de 2024 
  5. Adriano Oliveira (6 de outubro de 2023). «Ídolo do América é peça fundamental em temporada histórica do Fortaleza». No Ataque. Consultado em 25 de março de 2024 
  6. Anderson, Antônio (27 de abril de 2017). «Goleiro João Ricardo agradece ao América por momento na carreira». O Tempo 

Ligações externas editar