João de Matos Leão

João de Matos Leão (Mallet, PR, 13 de maio de 1931Curitiba, PR, 23 de outubro de 2008) foi um advogado, economista, empresário e político brasileiro filiado ao Partido da Frente Liberal (PFL). Foi senador da República pelo Paraná.[1][2]

Matos Leão
Matos Leão
Vereador Guarapuava
Período 1955-1959
Deputado estadual do Paraná
Período 1963-1971
Senador pelo Paraná
Período 1971-1978
Dados pessoais
Nascimento 13 de maio de 1931
Mallet, PR
Morte 23 de outubro de 2008 (77 anos)
Curitiba, PR
Alma mater Universidade Federal do Paraná
Partido UDN, PSD, ARENA, PFL
Profissão advogado, economista, empresário

BiografiaEditar

Filho de José de Matos Leão e Maria de Matos Leão. Advogado formado pela Universidade Federal do Paraná e economista pela Faculdade de Ciências Econômicas Plácido e Silva, foi empresário com atuação na indústria madeireira. Sua primeira filiação foi à UDN elegendo-se vereador em 1958 em Guarapuava e após entrar no PSD foi eleito deputado estadual em 1962 e 1966, quando já estava à ARENA. Afastou-se do mandato no governo Paulo Pimentel para ocupar a Secretaria de Justiça.

Eleito senador em 1970, tornou-se membro do conselho de administração do Bamerindus em 1976 e em maio de 1978 renunciou ao mandato em favor de Vilela de Magalhães para assumir a diretoria do Banco do Brasil responsável pelos estados do Paraná e Santa Catarina sendo deslocado mais tarde para o Distrito Federal. Em 1985 filiou-se ao PFL, mas não disputou novas eleições.

Referências

  1. «Senado Federal do Brasil: senador Matos Leão». Consultado em 27 de fevereiro de 2015 
  2. «Matos Leão renuncia ao Senado. Disponível no Jornal do Brasil, ano LXXXVIII, ed. 39». 17 de maio de 1978. Consultado em 1 de março de 2015 
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.