Abrir menu principal

Joana II de Auvérnia

Joana II
Representação em desenho da efígie de Joana por Hans Holbein, o Jovem.
Condessa de Auvérnia e Bolonha
Reinado 13941424
Antecessor(a) João II
Sucessor(a) Maria I
Duquesa consorte de Berry
Condessa consorte de Étampes
Reinado 5 de junho de 139015 de junho de 1416
Condessa consorte de Montpensier
Reinado 140115 de junho de 1416
 
Cônjuge João de Berry
Jorge de la Trémoille
Casa Auvérnia
Valois-Borgonha (por casamento)
de la Trémoille (por casamento)
Nascimento 1378
Morte antes de 6 de fevereiro de 1423 (45 anos)
Enterro Santa Capela de Bourges, Cher, França
Pai João II de Auvérnia
Mãe Leonor de Comminges

Joana II de Auvérnia (em francês: Jeanne; 1378 — antes de 6 de fevereiro de 1423)[1] foi suo jure condessa de Auvérnia e de Bolonha, além de duquesa consorte de Berry, condessa de Étampes e Montpensier pelo seu casamento com João de Berry.

FamíliaEditar

Joana era a única filha do conde João II de Auvérnia e de Leonor de Comminges. Seus avós paternos eram o conde João I de Auvérnia e Joana de Clermont. Seus avós maternos eram Pedro Raimundo II, conde de Comminges e Joana de Comminges.

BiografiaEditar

Primeiro casamentoEditar

O contrato de casamento de Joana e João foi assinado em 9 de março de 1389. Eles se casaram no ano seguinte, em 5 de junho de 1390, em Riom, na Auvérnia. A noiva tinha aproximadamente doze anos de idade, e o noivo tinha cinquenta anos.

João era filho do rei João II de França e de Bona de Luxemburgo. Sua primeira esposa foi Joana de Armagnac, com quem teve cinco filhos. Ela morreu em 1387.

Alguns anos depois, em 28 de janeiro de 1393, quando Joana tinha quinze anos, ela participou do episódio conhecido como o Baile dos Ardentes marcado por um incêndio. Para proteger o seu sobrinho, o rei Carlos VI de França, das chamas, ela jogou a sua saia volumosa sobre ele. [2]Fontes discordam a respeito se a duquesa se moveu-se para a dança e chamou o rei ao lado para falar com ele, ou se ele se afastou em direção à platéia. Froissart escreveu que "O Rei, que passou à frente [dos dançarinos], afastou de seus companheiros [...] e foi até as senhoras para mostrar-se a eles [...] e assim passou pela rainha e chegou perto da duquesa de Berry".[3][4]

Ela sucedeu a seu pai como condessa em 1394.

O duque João morreu em 15 de junho de 1416, com 75 anos de idade. Eles não tiveram filhos.

Segundo casamentoEditar

Apenas alguns meses após tornar-se viúva, no dia 16 de novembro do mesmo ano, em Aigueperse, a condessa casou-se com Jorge de la Trémoille, conde de Guines, e Grande Mordomo da França para o rei Carlos VII de França. Novamente, a nobre não deixou descendência.

Joana faleceu em data anterior a 6 de fevereiro de 1423, com cerca de 45 anos de idade, e foi enterrada na Santa Capela de Bourges, na França.

Sem herdeiros, o condado passou para sua prima, Maria I de Auvérnia, filha de Godofredo de Auvérnia e de Joana de Ventadour.

AscendênciaEditar


 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Joana II de Auvérnia

Referências

  1. Foundation for Medieval Genealogy
  2. Tuchman, Barbara (1978). A Distant Mirror: The Calamitous 14th Century. [S.l.]: Nova Iorque: Ballantine. pp. 503–505. ISBN 978-0-345-34957-6 
  3. Stock, Lorraine Kochanske (2004). Review of The Performance of Self: Ritual, Clothing, and Identity during the Hundred Years War por Susan Crane. [S.l.]: Speculum. pp. 159–160 
  4. Heckscher, William (1953). Review of Wild Men in the Middle Ages: A Study in Art, Sentiment, and Demonology por Richard Bernheimer. [S.l.]: The Art Bulletin. p. 241