Abrir menu principal
Joanna Jędrzejczyk
Joanna Jędrzejczyk.png
Informações
Nome
completo
Joanna Jedrzejczyk
Nascimento 18 de agosto de 1987 (31 anos)
Olsztyn, Polônia
Nacionalidade Polaca
Altura 1,67 m[1]
Peso 52 kg
Divisão Peso-palha
Envergadura 165 cm
Modalidade Muay Thai, Kickboxing, Submission Wrestling
Luta por Olsztyn, Polônia
Equipe American Top Team
Período em
atividade
2012–presente
Cartel profissional no kickboxing
Total 31
Vitórias 27
Por nocaute 8
Derrotas 3
Empates 1
Cartel nas artes marciais mistas
Total 17
Vitórias 15
Por nocaute 4
Por finalização 1
Por decisão 10
Derrotas 3
Por nocaute 1
Por decisão 2
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 2 de agosto de 2018

Joanna Jędrzejczyk (pronúncia em polonês: jɔˈanna jɛnˈdʐɛjt͡ʂɨk; Olsztyn, 18 de agosto de 1987) é uma lutadora polonesa de artes marciais mistas (MMA), e ex-campeã do peso-palha feminino do UFC. Ela é seis vezes campeã mundial de Muay Thai, e quatro vezes campeã européia.[1] No dia 14 de março de 2015, Joanna se tornou a primeira campeã polonesa do UFC.

Índice

Carreira no MMAEditar

Início no MMAEditar

Jędrzejczyk fez sua estreia no MMA profissional em 19 de maio de 2012 no SFT - MMA Fight Nigth Diva SPA contra Sylwia Juskiewicz, vencendo por decisão unânime.[2] Em dezembro de 2012 no MFC 5 ela derrotou Lily Kazak por finalização (mata-leão). Em junho de 2013 ela derrotou a número 1 da Rússia, Julia Berezikova no Battle of Moscow 12 por decisão unânime.[3]

Em junho de 2014, no Cage Warriors Fighting Championship 69 ela enfrentou a ex-UFC e Bellator, Rosi Sexton. Jędrzejczyk venceu o combate por nocaute no segundo round.[4]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Jędrzejczyk assinou oficialmente com o UFC em Julho de 2014.[5] Ela fez sua estreia na promoção em 26 de Julho de 2014 contra a brasileira Juliana Lima no UFC on Fox: Lawler vs. Brown e venceu por decisão unânime.[4]

Jędrzejczyk enfrentou Claudia Gadelha em 13 de Dezembro de 2014 no UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic.[6] Ela venceu a luta por decisão dividida.

Conquista de cinturão dos pesos-palhasEditar

Jędrzejczyk enfrentou Carla Esparza pelo título da categoria no dia 14 de Março de 2015 no UFC 185. Joanna, que era zebra na casa de apostas[7] acabou surpreendendo, e massacrando a ex-campeã, até a interrupção do juiz por nocaute técnico aos 4:17 do segundo round. Joanna foi a primeira campeã polonesa do UFC, e a primeira campeã européia no MMA feminino. Ela é a primeira lutadora européia campeã do UFC desde Andrei Arlovski em 2005 e é a terceira européia a ser campeã no UFC depois de Arlovski e Bas Rutten em 1999.

 
Jędrzejczyk com o cinturão feminino de peso-palha do UFC

Defesas de CinturãoEditar

A primeira defesa de cinturão de Jędrzejczyk foi contra Jessica Penne, ex Campeã Peso Átomo do Invicta FC e semifinalista do TUF 20, no dia 20 de Junho de 2015 no UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne, em Berlim. A performance de ambas lutadoras lhes rendeu o prêmio de Luta da Noite. Joanna teve uma atuação impecável, onde conectou nada menos que 162 golpes em 3 rounds, 126 deles considerados com certa relevância.[8]

Jędrzejczyk iria enfrentar Claudia Gadelha. No entanto, uma lesão a tirou do evento, e ela foi substituída por Valérie Létourneau. A luta foi movida para 14 de Novembro de 2015 no co-evento principal do UFC 193 que aconteceu em um estádio para 56 mil em Melbourne.[9] Jędrzejczyk venceu a luta por decisão unânime, quebrando dois recordes na organização; o de maior número de golpes significantes conectados em uma luta de cinturão (220) e o de maior número de chutes nas pernas da história do UFC (70).[10]

Joanna enfrentou sua rival Claudia Gadelha numa revanche no dia 8 de julho de 2016, no evento principal do TUF 23 Finale. Joanna dominou o combate a partir do 3º round e venceu novamente, dessa vez por decisão unânime (48-46, 48-45, 48-46). O combate faturou o prêmio de Luta da Noite.[11]

Após declarar que queria fazer parte de um grande evento, Joanna foi escalada para o UFC 205 realizado pela primeira vez em Nova York, no dia 12 de novembro de 2016 em um card repleto de estrelas. Joana acabou enfrentando uma compatriota Polonesa, Karolina Kowalkiewicz, em um duelo de strikers em que Joanna acabou vencendo por decisão unanime em triplo 49-46.

Durante o UFC 211, ocorrido dia 13 de março de 2017, Joanna venceu Jéssica Andrade por decisão unânime, igualando o recorde de Ronda Rousey, com seis vitórias seguidas em duelos válidos pelo cinturão do UFC.[12]

Campeonatos e realizaçõesEditar

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 15-3   Valentina Shevchenko Decisão (unânime) UFC 231: Holloway vs. Ortega 08/12/2018 5 5:00   Toronto, Ontario Estreia nos Moscas; Pelo Cinturão Peso Mosca Feminino Vago do UFC.
Vitória 15-2   Tecia Torres Decisão (unânime) UFC on Fox: Alvarez vs. Poirier II 28/07/2018 3 5:00   Calgary, Alberta
Derrota 14-2   Rose Namajunas Decisão (unânime) UFC 223: Khabib vs. Iaquinta 07/04/2018 5 5:00   Brooklyn, Nova Iorque Pelo Cinturão Peso Palha Feminino do UFC.
Derrota 14-1   Rose Namajunas Nocaute Técnico (socos) UFC 217: Bisping vs. St.Pierre 04/11/2017 1 3:03   Nova Iorque, Nova Iorque Perdeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC.
Vitória 14-0   Jéssica Andrade Decisão (unânime) UFC 211: Miocic vs. Dos Santos II 13/05/2017 5 5:00   Dallas, Texas Defendeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC;
Quebrou pela terceira vez o recorde de golpes significativos conectados em uma defesa de cinturão.
Vitória 13-0   Karolina Kowalkiewicz Decisão (unânime) UFC 205: Alvarez vs. McGregor 12/11/2016 5 5:00   Nova Iorque, Nova Iorque Defendeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC;
Quebrou pela segunda vez o recorde de golpes significativos conectados em uma defesa de cinturão.
Vitória 12-0   Claudia Gadelha Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 23 Finale 08/07/2016 5 5:00   Las Vegas, Nevada Defendeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC; Luta da Noite.
Vitória 11-0   Valérie Létourneau Decisão (unânime) UFC 193: Rousey vs. Holm 14/11/2015 5 5:00   Melbourne Defendeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC;
Quebrou o recorde de golpes significativos conectados em uma defesa de cinturão.
Vitória 10-0   Jessica Penne Nocaute Técnico (socos e joelhada) UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne 20/06/2015 3 4:22   Berlim Defendeu o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC; Luta da Noite.
Vitória 9-0   Carla Esparza Nocaute Técnico (socos) UFC 185: Pettis vs. dos Anjos 14/03/2015 2 4:17   Dallas, Texas Ganhou o Cinturão Peso Palha Feminino do UFC; Performance da Noite.
Vitória 8-0   Claudia Gadelha Decisão (dividida) UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic 13/12/2014 3 5:00   Phoenix, Arizona
Vitória 7-0   Juliana Lima Decisão (unânime) UFC on Fox: Lawler vs. Brown 26/07/2014 3 5:00   San José, Califórnia Estreia no UFC; Luta em peso casado (116,5 lbs); Lima não bateu o peso
Vitória 6-0   Rosi Sexton Nocaute (soco) CWFC 69 - Super Saturday 07/06/2014 2 2:36   Londres
Vitória 5-0   Karla Benitez Decisão (unânime) WAM - Fabinski vs. Herb 09/05/2014 3 5:00   Varsóvia
Vitória 4-0   Julia Berezikova Decisão (unânime) Fight Nights - Battle of Moscow 12 20/06/2013 2 5:00   Moscou
Vitória 3-0   Kate Jackson Nocaute Técnico (desistência) PLMMA 17 Extra - Warmia Heroes 18/05/2013 2 5:00   Olsztyn
Vitória 2-0   Lily Kazak Finalização (mata leão) Makowski Fighting Championship 5 08/12/2012 1 3:22   Nowa Sól
Vitória 1-0   Sylwia Juskiewicz Decisão (unânime) SFT - MMA Diva Fight Night SPA 19/05/2012 3 5:00   Kolobrzeg

Referências

Ligações externasEditar

Precedido por:
  Carla Esparza
campeã do peso-palha feminino do UFC
15 de março de 2015 – 4 de novembro de 2017
Sucedido por:
  Rose Namajunas