Joaquim Antônio de Almeida

Dom Joaquim Antônio de Almeida[1] ( Monte Alegre no povoado Pajussara , 17 de agosto de 1868 - Macaíba, 30 de março de 1947), foi batizado na capela do povoado Comum também em Monte Alegre aos 3 de outubro de 1868, foi um bispo brasileiro. Foi o primeiro bispo de Natal. Resignou em 1915.

Joaquim Antônio de Almeida
Bispo da Igreja Católica
Bispo-emérito da Natal
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Natal
Nomeação 23 de outubro de 1910
Predecessor Criação diocese
Sucessor Dom Antônio dos Santos Cabral
Mandato 1910 - 1915
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 12 de dezembro de 1894
Fortaleza
Nomeação episcopal 14 de dezembro de 1905
Ordenação episcopal 4 de fevereiro de 1906
por Dom Giulio Tonti
Dados pessoais
Nascimento Monte Alegre
17 de agosto de 1868
Morte Macaíba
30 de março de 1947 (78 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas -Bispo do Piauí (1905-1910)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Fez o curso secundário no Colégio Diocesano, em Olinda, no estado de Pernambuco, e ordenou-se em Fortaleza em 1894. Celebrou sua primeira missa na Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, em Goianinha - RN

Sagrado bispo, foi nomeado para diocese do Piauí, em 1906. Foi transferido para Natal, assumindo a diocese em 23 de outubro de 1910,[2] onde permaneceu até 1915, afastando-se por motivo de doença.

Retornou aos trabalhos na Paraíba e em Pernambuco e, em 1944, voltou a Goianinha e celebrou a missa comemorativa dos seus cinquenta anos de apostolado. Neste mesmo ano passou a residir em Macaíba com sua irmã, Doroteia de Macedo, e onde um sobrinho seu, o criador de gado Antônio Almeida de Macedo, era proprietário da Fazenda Macedo.

Bispo de NatalEditar

O primeiro Bispo de Natal, Dom Joaquim Antônio de Almeida, (1910-1915), veio do Piauí. Instalou o Seminário Diocesano e nomeou o Monsenhor Alfredo Pegado como reitor. Também criou o colégio diocesano e o confiou aos padres da Sagrada Família. Conheceu a situação religiosa do povo através das visitas pastorais às paróquias do interior, enfrentando longas viagens, que duravam meses seguidos, tendo o cavalo como condução. Restaurou a paróquia de São Gonçalo do Amarante e criou a paróquia de Taipu. Ordenou dez padres.

Exerceu o seu múnus até 15 de junho de 1915, quando renunciou ao Bispado, depois de ter sofrido um derrame cerebral, enquanto fazia Visita Pastoral na paróquia de Canguaretama. Depois da renúncia, residiu em Goianinha-RN, em Bom Conselho-RN e em Macaiba-RN, onde faleceu a 30 de março de 1947.[carece de fontes?]

Referências

  1. Arquidiocese de Natal - Bispos e arcebispos Arquivado em 15 de julho de 2009, no Wayback Machine. visitado em 9 de maio de 2009
  2. [1][ligação inativa] visitado em 9 de maio de 2009
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.