Joaquim Inácio de Siqueira Bulcão

político brasileiro

Joaquim Inácio de Siqueira Bulcão, primeiro barão com grandeza de São Francisco, (São Francisco do Conde, 14 de junho de 176825 de maio de 1829) foi um agricultor, militar e político brasileiro.

Joaquim Inácio de Siqueira Bulcão
Nascimento 1768
Cidadania Brasil
Ocupação político

BiografiaEditar

Casou-se com Joaquina Pires de Siqueira Bulcão, filha de José Pires de Carvalho e Albuquerque.

Era proprietário de vários engenhos de açúcar e plantações de tabaco junto com seu sogro. Segundo algumas fontes,[1][2] teria apoiado a Conjuração Baiana.

Foi capitão-mor da Vila de São Francisco, onde foi artífice político da proclamação da Independência do Brasil na Bahia, em 13 de junho de 1822, lançou uma proclamação concitando os baianos a aclamar a regência de D. Pedro I, simultaneamente, em todas as vilas no dia 29 de junho. Durante o movimento acolheu e sustentou os emigrados da capital, arregimentando-os e armando-os para a Independência da Bahia.

Depois foi membro da junta de governo instalada após a saída das tropas portuguesas da Bahia, junto com Francisco Elesbão Pires de Carvalho e Albuquerque e José Joaquim Muniz Barreto de Aragão.[2]

Foi agraciado barão em 1.º de dezembro de 1824.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.