Abrir menu principal

Joe Flacco

jogador de futebol americano dos Estados Unidos

Joseph Vincent Flacco (Audubon, 16 de janeiro de 1985) é um jogador de futebol americano que atua como quarterback pelo Denver Broncos na NFL. Flacco jogou futebol americano universitário pela Universidade de Delaware e Universidade de Pittsburgh.[1] Em 2008, ele foi selecionado pelo Baltimore Ravens na primeira rodada do Draft, como a 18º escolha. Ele foi eleito o Calouro do Ano da NFL na temporada de 2008.[2]

Joe Flacco

Joe Flacco em 2012.
No. 5     Denver Broncos
Quarterback
Informações pessoais
Data de nascimento: 15 de janeiro de 1985 (34 anos)
Local de nascimento: Audubon, Nova Jersey
Altura: 6 ft 6 in (1 98 m) Peso: 245 lb (111 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Universidade de Delaware
Draft da NFL: 2008 / Rodada: 1 / Escolha: 18
Estreou em 2008 pelo Baltimore Ravens
História da carreira
 Como jogador:
Pontos altos na carreira e prêmios
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2018
TDINT     212–136
Jardas aéreas     38 245
QB Rating     84,1
Estatísticas no NFL.com

Com Flacco como quarterback titular de Baltimore desde sua temporada de estreia, os Ravens venceram a AFC North por duas vezes, apareceram em três AFC Championship Games e derrotaram o San Francisco 49ers para vencer o Super Bowl XLVII após a temporada de 2012.[3] Flacco permaneceu como titular de Baltimore até a metade da temporada de 2018, quando foi substituído pelo novato Lamar Jackson após sofrer uma lesão no quadril.

Na temporada do titulo do Super Bowl, Flacco assinou um contrato de seis anos no valor de US $ 120,6 milhões, um recorde para um quarterback na época.[4]

Flacco provou ter um desempenho melhor na pós-temporada,[5] tendo estabelecido uma campanha de 10–5 nos playoffs na carreira. Flacco também é conhecido por ter um dos braços mais fortes da NFL, o que lhe permite usar um "jogo agressivo de passes de profundidade de alto risco".[6]

Índice

Primeiros anosEditar

Flacco nasceu em Audubon, New Jersey, filho de Karen (née Madden) e Steve Flacco.[7]

Flacco jogou futebol americano, beisebol e basquete na Audubon High School e foi o quarterback titular da equipe.[8] A família Flacco é originária de Haddon Township, New Jersey. Considerado um recruta de três estrelas pelo Rivals.com, Flacco foi listado como 39° melhor quarterback da classe de 2003.[9]

Carreira universitáriaEditar

 
Flacco jogando por Delaware na Final da FCS em 2007

Universidade de PittsburghEditar

Em 2003, ele fez parte do time de futebol americano da Universidade de Pittsburgh mas não jogou em seu temporada de calouro em uma equipe que teve uma campanha de 8-5.[10]

Em 2004, ele foi o quarterback reserva,[11] ele só jogou em alguns lances contra a Universidade de Ohio, a Universidade de Nebraska e a Universidade do Sul da Flórida.[12] Ele terminou a temporada com uma conclusão para 11 jardas.[13]

DelawareEditar

Flacco se mudou para a Universidade de Delaware e foi titular da equipe durante a temporada de 2006. Ele teve 2.783 jardas e 18 touchdowns com 10 interceptações. Delaware teve uma campanha de 5-6 e não conseguiu se classificar para os playoffs da FCS.

Na temporada de 2007, Flacco liderou sua equipe para uma campanha de 8-3 na temporada regular, enquanto compilava 4.263 jardas, 23 touchdowns e 5 interceptações. Indiscutivelmente seu melhor jogo veio contra a Academia Naval dos Estados Unidos, onde ele teve 434 jardas e quatro touchdowns.[14]

Na primeira rodada dos playoffs, Flacco teve 189 jardas e um touchdown em uma vitória por 44-7 contra Delaware State University. Nas quartas de final, Delaware ganhou por 39-27 de Universidade do Norte de Iowa e depois ganhou nas semis-finais por 20-17 sobre Universidade do Sul de Illinois. Flacco teve dois touchdowns em ambos os jogos mas acabou perdendo a final do campeonato para o Universidade Estadual Appalachian por 49-21.[15]

Flacco estabeleceu 20 registros escolares durante sua carreira em Delaware.[16]

No início de setembro de 2009, um pôster de 2,18 metros de Flacco foi adicionado à fachada do Delaware Stadium.[17]

Carreira profissionalEditar

Combine
Altura Peso Corrida de 40 jardas Corrida de 10 jardas Corrida de 20 jardas 20-ss 3-cone Salto vertical Broad Wonderlic
1.99 m 107 kg 4.84 s 1.62 s 2.79 s 4.27 s 6.82 s 0.72 m 2.79 m 27
Todos os valores da NFL Combine[18]

Em Delaware, Flacco era pessimista sobre suas chances de jogar na NFL, e depois de seu primeiro ano pediu ao seu treinador permissão para jogar beisebol. O treinador previu que ele seria selecionado no Draft da NFL, surpreendendo Flacco.[19] Com uma exibição sólida no Senior Bowl e no Combine, Flacco solidificou-se como um dos cinco primeiros quarterback no Draft de 2008.[20] Flacco venceu a competição de arremesso de longa distância no Desafio All-Star do State Farm College da ESPN com um lançamento de 74 jardas, derrotando Matt Ryan, Colt Brennan, Chad Henne e John David Booty, mais tarde vencendo o Taco Bell Quarterback Scramble com um tempo de 15,72 segundos.[21]

Os membros da diretoria do Baltimore Ravens, tendo participado do treino de Flacco no Senior Bowl, ficaram impressionados com sua habilidade de jogar em condições de chuva e vento. Flacco novamente impressionou os Ravens nas más condições climáticas de seu treino em Delaware - Flacco realizou o treino em um campo sem cortes, sem forro, com suas próprias bolas de futebol. O gerente-geral dos Ravens, Eric DeCosta, declarou depois que os treinos o deixaram confiante de que Flacco poderia ter sucesso nas condições de final de temporada em Pittsburgh e Cleveland.[22]

A Flacco foi escolhida pelos Ravens com a 18ª escolha geral no Draft de 2008. A seleção fez de Flacco o jogador mais bem selecionado da Universidade de Delaware. Ele também foi o primeiro quarterback da Divisão I-FCS (ex-I-AA) selecionado na primeira rodada do draft desde que Steve McNair foi selecionado em 3° pelo Houston Oilers no Draft de 1995.

Em 16 de julho de 2008, ele assinou um contrato de cinco anos com um valor máximo de cerca de US $ 30 milhões e US $ 8,75 milhões garantidos.[23]

Baltimore RavensEditar

Temporada de 2008Editar

 
Flacco (à direita) e Boller durante os treinos de 2008

Devido a uma lesão do titular, Kyle Boller, e uma doença do ex-vencedor do Heisman Trophy, Troy Smith, Flacco se tornou o quarterback titular do primeiro jogo da temporada de 2008 contra o Cincinnati Bengals. Ele completou 15 de 29 passes para 129 jardas, seu passe mais longo foi uma jogada de 15 jardas para Derrick Mason, ele acabou não tendo passes para touchdown na estreia mas fez um TD terrestre;[24] a equipe acabou vencendo o jogo por 17-10.[25]

Em sua primeira temporada, Flacco foi eleito o Jogador Ofensivo da Semana da AFC na semana 9, Novato da Semana pela NFL, Rookie da semana pela NFLPA e Novato do Mês de novembro. Flacco terminou sua temporada de novato acertando 257 passes para 2.971 jardas com um total de 16 touchdowns (14 passando, 2 correndo) e 14 turnovers (12 interceptações e 2 fumble perdidos).[26][27]

Na rodada de wild card dos playoffs, Flacco se tornou apenas o terceiro quarterback novato na história da NFL a vencer sua primeira partida de pós-temporada e o primeiro a fazê-lo fora de casa, quando seus Ravens derrotaram os Dolphins por 27–9.[28] Flacco completou 9 passes, acumulando 135 jardas sem lançar um touchdown ou interceptação. Shaun King, Ben Roethlisberger, Russell Wilson e Mark Sanchez são os únicos quarterbacks estreantes a vencer o seu primeiro jogo de playoffs.[29]

 
Flacco (agachado) alinha-se contra o Pittsburgh Steelers em 2008.

Ele então ganhou seu segundo jogo contra o Tennessee Titans por 13-10 com Flacco tendo 11 passes para 148 jardas e um touchdown. Ele é o primeiro quarterback novato a vencer dois jogos nos playoffs.

No AFC Championship Game de 2009 contra os Steelers, os Ravens perderam por 23-14, com Flacco tendo 141 jardas e sendo sacado três vezes.[30]

Flacco foi nomeado o Novato do Ano da NFL Diet Pepsi em janeiro de 2009.[31]

Temporada de 2009Editar

 
Flacco nos treinos de 2008

No jogo de abertura da temporada em Baltimore contra o Kansas City Chiefs, Joe Flacco levou os Ravens à sua primeira vitória da temporada. Ele teve 307 jardas e três touchdowns, ambos melhores números de sua carreira, juntamente com 18 jardas correndo. Ele também teve uma interceptação e um rating de 95,8.[32] Durante este jogo, os Ravens quebraram o recorde de franquia para mais jardas ofensivas em um jogo com um total de 501.

Na semana 15 contra o Chicago Bears, Flacco quebrou seu recorde pessoal para mais touchdowns em um jogo com quatro, os Ravens venceram o jogo por 31-7.[33] Com 3.613 jardas e 21 touchdowns, Flacco se tornou o primeiro quarterback dos Ravens desde Vinny Testaverde a ter mais de 3.000 jardas e mais de 20 touchdowns em uma única temporada.[34]

Uma lesão limitou o desempenho de Flacco no Wild Card contra os Patriots. Os Ravens derrotaram os Patriots por 33-14, apesar de Flacco ter acertado apenas 4 passes para 34 jardas com uma interceptação.[35]

Temporada de 2010Editar

 
Flacco fazendo um passe durante um treino.

Na abertura da temporada, Flacco e os Ravens jogaram na abertura do New Meadowlands Stadium contra o New York Jets. Flacco teve 248 jardas ao completar 52,6% de seus passes, jogando uma interceptação e perdendo um fumble. Em uma disputa defensiva, os Ravens saíram com uma vitória por 10-9.[36]

Na semana 2 contra o Cincinnati Bengals, Flacco teve sem dúvida seu pior jogo de sua carreira na NFL, com 154 jardas, completando apenas 43,6% de seus passes e tendo quatro interceptações, enquanto jogava um touchdown e acumulava um rating de 23,8.[37]

Em 26 de dezembro de 2010, com uma vitória contra o Cleveland Browns, Flacco se tornou um dos quatro únicos quarterbacks da NFL a levar sua equipe aos playoffs em todas as suas três primeiras temporadas. Durante este jogo, Flacco alcançou 10.000 jardas passadas na carreira. Terminando a temporada, Flacco aumentou seus números em jardas passadas (3.622), touchdowns (25), rating (93.6), e diminui em interceptações (10), mas teve quatro fumble perdidos.

Ao derrotar o Kansas City Chiefs (30-7) no wild card, Flacco completou 25 passes para 265 jardas e dois touchdowns, sem interceptações, com um rating de 115,4.[38] Com a vitória, Flacco se tornou o primeiro quarterback da história da NFL a ser titular e vencer um jogo de playoffs em suas primeiras três temporadas, e empatou com Len Dawson, Roger Staubach, Jake Delhomme e Mark Sanchez no recorde de mais vitórias fora de casa nos playoffs por um quarterback.

No Divisional Round, Flacco e os Ravens voltariam a Pittsburgh para jogar contra o seu rival Steelers. Eles perderam por 31–24 com Flacco tendo 16 passes para 125 jardas, um touchdown e uma interceptação.[39] Ele foi classificado em 90º por seus companheiros jogadores no NFL Top 100 Players of 2011.[40]

Temporada de 2011Editar

Flacco teve seu melhor jogo da temporada na semana 3. Ele teve 27 passes com 389 jardas e três touchdowns, ele também teve um rating de 103,6, assim como 27 jardas terrestre e um fumble perdido.[41]

Flacco teve mais três jogos de 300 jardas durante a temporada regular: contra os Texans, Cardinals e Steelers. Ele venceu todos esses três jogos, vencendo o Pittsburgh pela primeira vez em sua carreira, mas também perdeu um fumble em cada um deles. Apesar de perder para os Chargers na Semana 15, os Ravens conquistaram uma vaga para os playoffs pelo quarto ano consecutivo naquela semana.[42][43]

Flacco terminou a temporada sendo titular em todos os 16 jogos com 312 passes (57,6%), 3.610 jardas, 20 touchdowns, 12 interceptações. Ele teve uma média de 225,6 jardas por jogo, foi sacado 31 vezes e teve 6 fumbles perdidos. Ele terminou o ano com um rating de 80,9.[44][45]

No Divisional Round contra o Houston Texans, ele teve 176 jardas e dois touchdowns, sem turnovers.[46] Na AFC Championship Game, Flacco completou 22 passes para 306 jardas com dois touchdowns e uma interceptação mas os Patriots ganharam o jogo e avançaram para o Super Bowl.[47]

Temporada de 2012: MVP do Super BowlEditar

Apesar do sucesso de Flacco - os Ravens estiveram nos playoffs em suas primeiras quatro temporadas - poucos o consideravam entre os melhores quarterbacks da NFL. Antes de janeiro de 2015, ele nunca havia sido selecionado para o Pro Bowl.[48] Em abril de 2012, Flacco foi, como declarou o The New York Times, "quase universalmente ridicularizado" quando afirmou que era o melhor quarterback da NFL, superior a Brady, Peyton Manning ou Aaron Rodgers. "Eu não acho que seria muito bem sucedido no meu trabalho se não me sentisse assim", disse Flacco.[49] Em julho, ele recusou a oferta dos Ravens de um novo contrato, supostamente por US $ 16 milhões por ano, dizendo ao seu agente que ele acreditava que poderia melhorar e ganhar mais.

 
Flacco contra o Pittsburgh Steelers em 2 de dezembro de 2012

Quando os Ravens se classificaram para os playoffs, grande parte da mídia local e nacional descreveu o time como candidatos ao Super Bowl.

Em 6 de janeiro de 2013, na vitória por 24-9 contra o Indianapolis Colts no Wild Card, Flacco terminou o jogo com 12 passes para 282 jardas, dois touchdowns e um rating de 125,6.[50] No Divisional Round, os Ravens venceram os Broncos e Peyton Manning por 38-35,[51] com Flacco tendo 331 jardas e 3 touchdowns

Em 20 de janeiro de 2013, Flacco e os Ravens vingaram a derrota no Campeonato AFC do ano anterior para os Patriots com uma vitória por 28-13, garantindo sua vaga no Super Bowl XLVII. Flacco teve 240 jardas e três touchdowns, marcando seu terceiro jogo seguido com uma rating acima de 100.[52] Com essa vitória, Flacco se tornou o segundo quarterback da NFL a derrotar tanto Peyton Manning (com os Broncos) quanto Tom Brady na mesma pós-temporada (o primeiro a fazê-lo foi Mark Sanchez em 2010).

 
Flacco tentando um passe para Ray Rice no Super Bowl XLVII.

Em uma vitória por 34-31 sobre o favorito San Francisco 49ers no Super Bowl XLVII, jogado em 3 de fevereiro de 2013, Flacco completou 22 passes para 287 jardas e outros três touchdowns. Com um recorde de quarto jogo de playoffs com um rating de +100 em uma única pós-temporada, Flacco foi nomeado o MVP do Super Bowl.[53] Para ganhar o prêmio, ele recebeu um novo Chevrolet Corvette vermelho.

Flacco terminou a pós-temporada tendo completado 73 passes (57,9%) para 1,140 jardas com 11 touchdowns e zero interceptações, empatando com Joe Montana e Kurt Warner para mais touchdowns em uma única pós-temporada e, além disso, empatado com Montana para mais touchdowns sem interceptação em uma única pós-temporada.[54][55]

Essas conquistas deram a Flacco o que o The New York Times afirmou que "poderia ser o melhor free agency de um jogador na história dos esportes profissionais", já que seu contrato expirou após a temporada.[56] Ele foi classificado em 19º por seus companheiros no NFL Top 100 Players of 2013.[57]

Temporada de 2013Editar

Em 4 de março de 2013, Flacco se tornou o quarterback mais bem pago da história da NFL quando assinou um contrato de seis anos no valor de US $ 120,6 milhões. No entanto, em poucos meses, ele foi superado por Aaron Rodgers, dos Packers, e Matt Ryan, dos Falcons.[58]

A temporada de 2013 da Flacco foi estatisticamente a pior de sua carreira. Pela primeira vez, Flacco teve mais interceptações do que touchdowns. Suas 22 interceptações foram 10 a mais do que ele tinha jogado em qualquer outra temporada. Seus 19 touchdowns também foram os mais baixos desde o seu ano de estreia. Seu rating foi de 73,1. Ele também foi sacado mais vezes (48) do que em qualquer outra temporada de sua carreira.[59]

Os Ravens terminaram com uma campanha de 8-8 e Flacco não foi para os playoffs pela primeira vez em sua carreira.[60] Ele ficou em 58º lugar por seus companheiros no NFL Top 100 Players of 2014.[61]

Temporada de 2014Editar

Flacco teve seu melhor jogo da temporada na sexta semana e um dos melhores jogos de sua carreira. Ele completou 21 passes para 306 jardas e cinco touchdowns para quatro receptores diferentes (Smith Sr., Torrey Smith, Kamar Aiken e Michael Campanaro), sem interceptações. Ele teve um rating de 149,7. Flacco se tornou o quarterback mais rápido a lançar cinco passes para touchdown, levando apenas 16 minutos e 3 segundos. Os Ravens golearam o Tampa Bay Buccaneers por 48–17. Ele ganhou o prêmio de Jogador Ofensivo da Semana da AFC pela terceira vez em sua carreira.

Na semana 16, os Ravens enfrentaram os Houston Texans com uma chance de ir para os playoffs. Flacco jogou seu pior jogo da temporada, e sem dúvida o pior de sua carreira. Ele terminou o primeiro tempo com apenas 27 jardas e duas interceptações, enquanto os Ravens perdiam por 16-0 indo para o intervalo. Os Ravens se recuperariam no segundo tempo, quando Flacco deu dois passes para touchdown para Torrey Smith, mas os Ravens nunca tiveram uma vantagem em todo o jogo e acabaram perdendo por 25-13. Flacco terminou completando 21 de 50 passes para 195 jardas, dois touchdowns e três interceptações com um rating de 41,7. Ele também foi sacado duas vezes. Baltimore acabou conquistando o último lugar nos playoffs da AFC na semana 17.

2014 foi a melhor temporada regular de sua carreira. Ele estabeleceu seu melhores números em jardas passes (3.986), touchdowns (27), sacks (19), fumble (5) e fumble perdidos (0). Ele também tentou e completou o segundo maior número de passes de uma única temporada em sua carreira (344 completadas em 554 tentativas) e teve sua segunda menor quantidade de interceptações lançadas em uma temporada regular (12). Em 5 dos últimos 6 jogos da temporada de Flacco, seu rating foi de 99 ou superior, com a única exceção sendo a derrota por 25-13 para o Houston. Ele levou Baltimore a um recorde de 10-6.[62]

Na rodada de Wild Card dos playoffs, contra os Steelers, Flacco completou 18 passes para 259 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação com um rating de 114,0, enquanto os Ravens venceram os Steelers por 30-17. Esta foi a primeira vez que os Ravens venceram os Steelers na pós-temporada. Ele se tornou o primeiro quarterback na história da NFL a ser titular e ganhar um jogo de playoff em seis das suas primeiras sete temporadas.

No Divisional Round, os Ravens viajaram para Foxborough para enfrentar o New England Patriots e perderam por 31-35. Flacco teve bom desempenho, com 28 passes para 292 jardas, 4 touchdowns, quatro interceptações e um rating de 92,1.

Por seus esforços durante a temporada de 2014, Flacco foi convidado para o Pro Bowl de 2015 como um reserva, mas recusou a oportunidade de jogar porque sua esposa, Dana, deveria dar à luz o terceiro filho do casal no mesmo mês.[63]

Nos NFL Top 100 Players of 2015, Flacco ficou em 97º lugar, a mais baixa posição que ele já teve na lista. Ele caiu 39 posições em relação ao ano anterior, onde ficou em 58º lugar.[64]

Temporada de 2015Editar

 
Flacco em 2015

Na semana 11, contra o St. Louis Rams, Flacco sofreu uma lesão no Ligamento cruzado anterior e no Ligamento colateral medial, não jogando mais na temporada de 2015.[65] Ele permaneceu no jogo para completar a corrida e colocar Baltimore em posição de chutar o field goal da vitória, dando aos Ravens uma vitória por 16-13 em casa.

Flacco terminou a temporada com 266 passes completados em 413 tentativas, 2.791 jardas, 14 touchdowns, 12 interceptações, um rating de 83.1, três touchdowns terrestres e cinco fumble, perdendo dois.[66] Ele também não foi eleito para a lista anual dos 100 melhores jogadores da NFL pela primeira vez desde que a série começou.

Temporada de 2016Editar

Em 2 de março de 2016, Flacco concordou com uma prorrogação de três anos para permanecer com a equipe.[67]

Ravens terminaram com um recorde de 8-8 e não foram para os playoffs pela segunda temporada consecutiva. Flacco registrou um recorde de carreira e da franquia de 4.317 jardas passadas, a primeira vez que chegou a pelo menos 4.000 jardas, mas teve apenas 20 touchdowns e 15 interceptações.[68]

Temporada de 2017Editar

Em 26 de julho de 2017, foi revelado que Flacco foi diagnosticado com uma lesão nas costas, descartando-o por 3 a 6 semanas de treinamento.[69] Durante o Thursday Night Football contra o Miami Dolphins na semana 8, Flacco sofreu uma concussão após um golpe de Kiko Alonso.[70]

Os Ravens terminaram a temporada com um recorde de 9-7 e não foram para os playoffs. Flacco terminou a temporada sendo titular em todos os 16 jogos, jogando para 3.141 jardas e 18 touchdowns com 13 interceptações.

Temporada de 2018Editar

Em 9 de setembro de 2018, Flacco lançou para três touchdowns e teve um passer rating de 121,7 no primeiro jogo da temporada contra o Buffalo Bills.[71] Na semana seguinte, no Thursday Night Football, ele lançou para 376 jardas e dois touchdowns, junto com duas interceptações, contra o Cincinnati Bengals.[72]

Após uma contusão sofrida na semana 9 na derrota para o Pittsburgh Steelers,[73] Flacco foi substituído pelo novato Lamar Jackson.[74] Jackson conquistou seis vitórias em sete jogos e quando Flacco melhorou o veterano acabou sendo colocado no banco de reservas.[75] No total, Joe Flacco terminou o ano com 2 465 jardas, 12 touchdowns e seis touchdowns.[76] Na pós-temporada, na rodada de repescagem, os Ravens perderam para o Los Angeles Chargers e mais uma vez terminaram seu ano mais cedo.[77]

Denver BroncosEditar

Em 13 de fevereiro de 2019, os Ravens trocaram Flacco para o Denver Broncos por uma escolha de quarta rodada no Draft da NFL.[78] A troca foi feita oficial em 13 de março de 2019.[79]

EstatísticasEditar

Temporada regular Passando Correndo Fumbles
Ano Time JD Comp Ten Pct Jardas Média Lg TD Int Rating Ten Jardas Média Lg TD Fum Perdido
2008 Baltimore 16 257 428 60% 2 971 6,9 70 14 12 80,3 52 180 3,5 38 2 11 2
2009 Baltimore 16 315 499 63,1% 3 613 7,2 72 21 12 88,9 35 56 1,6 10 0 8 2
2010 Baltimore 16 306 489 62,6% 3 622 7,4 67 25 10 93,6 43 84 2,0 14 1 9 4
2011 Baltimore 16 312 542 57,6% 3 613 6,7 74 20 12 80,9 39 88 2,3 33 1 11 6
2012 Baltimore 16 317 531 59,7% 3 817 7,2 70 22 10 87,7 32 22 0,7 16 3 9 4
2013 Baltimore 16 362 614 59% 3 912 6,4 74 19 22 73,1 27 131 4,9 22 1 8 2
2014 Baltimore 16 344 554 62,1% 3 986 7,2 80 27 12 91,0 39 70 1,8 15 2 6 0
2015 Baltimore 10 266 413 64,4% 2 791 6,8 50 14 12 83,1 13 23 1,8 16 3 5 0
2016 Baltimore 16 436 672 64,9% 4 317 6,4 95 20 15 83,5 21 58 2,8 16 2 5 3
2017 Baltimore 16 352 549 64,1% 3 141 5,7 66 18 13 80,4 25 54 2,2 25 1 6 0
2018 Baltimore 9 232 379 61,2% 2 465 6,5 71 12 6 84,2 19 45 2,4 13 0 3 1
Carreira 163 3 499 5 670 61,7% 38 245 6,8 95 212 136 84,1 345 811 2,3 38 16 81 26
Playoffs Passando Correndo Fumbles
Ano Time Jogos Comp Ten Pct Jardas Média Lg TD Int Rating Ten Jardas Média Lg TD Fum Perdido
2008 Baltimore 3 33 75 44,0% 437 5,8 48 1 3 50,8% 12 5 0,5 1 1 0 0
2009 Baltimore 2 24 45 53,3% 223 5,0 27 0 3 39,4 7 7 1.0 7 0 0 0
2010 Baltimore 2 41 64 64,1% 390 6,1 28 3 1 90,0 9 25 2,8 5 0 3 2
2011 Baltimore 2 36 63 57,1% 482 7,6 42 4 1 96,1 6 26 4,3 14 0 1 0
2012 Baltimore 4 73 126 57,9% 1 140 9.0 70 11 0 117,2 8 16 2,0 14 0 1 1
2014 Baltimore 2 46 74 62,2% 551 7,4 40 6 2 100,7 8 8 1,0 9 0 1 0
Carreira 15 253 447 56,6% 3 233 7,2 70 25 10 88,6 50 87 1,7 14 1 6 3

RecordesEditar

  • Primeiro quarterback novato a ganhar dois jogos nos playoffs[80]
  • Maior número de vitórias de um quarterback nas primeiras sete temporadas: 72 (apenas na temporada regular)[81]
  • Segundo número de vitórias na temporada regular e pós-temporada nos primeiros três anos como quarterback: 36 (empatado com Dan Marino)
  • Primeiro quarterback a começar e ganhar um jogo de playoffs em cada uma das suas primeiras cinco temporadas (Russell Wilson empatou o recorde)
  • Mais touchdowns em uma pós-temporada: 11 (empatado com Joe Montana e Kurt Warner)[82]
  • Mais touchdowns sem interceptação em uma pós-temporada: 11 (empatado com Joe Montana)[83]
  • Primeiro quarterback a ter um rating acima de 100 em todos os quatro jogos de uma única pós-temporada
  • Mais jogos consecutivos de playoff com pelo menos dois touchdowns: 8
  • Mais jogos consecutivos de playoff com pelo menos três touchdowns: 3 (empatados com Bernie Kosar, Kurt Warner e Aaron Rodgers)
  • Mais jogos de playoffs consecutivos com pelo menos um touchdown: 7 (empatados com Donovan McNabb e Brett Favre)
  • Mais jogos de playoffs consecutivos fora de casa com pelo menos dois touchdowns de passe: 5
  • Quarterback mais rápido a ter cinco touchdowns em um jogo: 16:03[84]
  • Mais jogos de playoffs com vitórias fora de casa por um quarterback: 7 (empatado com Eli Manning)[85]

Recordes dos RavensEditar

  • Mais jardas passadas – 32,639[86]
  • Mais passes completos – 2,915[86]
  • Mais passes tentados – 4,742[86]
  • Mais passes para touchdowns – 182[86]
  • Mais vitórias na temporada regular – 84[86]
  • Mais vitórias na pós-temporada – 10[86]
  • Mais passes completos consecutivos: 21 (vs. Jacksonville Jaguars em 25 de Setembro de 2016) [87]
  • Mais jardas passadas em um jogo de playoff (331 contra Denver Broncos em 2013)[86]
  • Mais jogos com 300+ jardas passadas, carreira – 32[86]
  • Mais jogos com 300+ jardas passadas, temporada – 6 (2012)[86]
  • Mais jogos com 300+ jardas passadas, playoffs – 2[86]
  • Maior rating – 84.6[86]
  • Maior rating em uma temporada — 93.6 (2010)[86]
  • Mais vezes sacado – 290[86]
  • Menos interceptação em uma temporada regular — 10 (2012)[86]
  • Mais vitórias em viradas no 4Q – 14[86]
  • Mais jardas passadas em uma temporada – 4,317 (2016)[86]
  • Mais passes completos em uma temporada – 436 (2016)[86]
  • Mais passes tentados em uma temporada – 672 (2016)[86]

PatrocíniosEditar

Flacco assinou um contrato de três anos com a Reebok como um novato em 2008.[88] Em 2009-2010, Flacco foi um porta-voz da Pizza Hut, que vendeu um produto chamado "Flacco's Favourites".

Flacco também endossa a Nike e o 1st Mariner Bank, assim como o Haribo desde janeiro de 2013. Em 2013, Flacco assinou um contrato de patrocínio com o McDonald's para promover seu novo item de menu, o Mighty Wings.[89] Flacco também se uniu à Opendorse para promover um aplicativo para celular da Zynga chamado "NFL Showdown: Football Manager", bem como uma linha de roupas femininas para o Spirit Football Jersey.[90]

Vida pessoalEditar

Joe Flacco se casou com sua esposa Dana em 2011.[91] Juntos, eles têm cinco filhos; seu primeiro filho Stephen Flacco nasceu em junho de 2012, Daniel Flacco nasceu em 15 de setembro de 2013, Francis Flacco nasceu em janeiro de 2015 e Thomas Flacco nasceu em abril de 2018. A filha única dos Flaccos, Evelyn Flacco, nasceu em setembro de 2016.

Ele é o mais velho dos cinco garotos de sua família. Seus irmãos são chamados Mike, John, Brian e Tom. Seu irmão Mike foi selecionado na 31ª rodada do Draft de 2009 da Major League Baseball pelo Baltimore Orioles e foi o primeiro baseman do Frederick Keys, que venceu o campeonato de 2011 da Carolina League. Em 15 de março de 2013, Flacco decidiu se aposentar do beisebol. Ele então se matriculou na Universidade de New Haven para jogar futebol americano como um tight end e se declarou para o Draft de 2014 da NFL.

O irmão mais novo de Joe, Tom Flacco, se matriculou em 2015 na Western Michigan University, onde jogou como quarterback por duas temporadas antes de se transferir para a Universidade Rutgers em 2017 e depois para a Towson University em 2018.

Em uma pesquisa realizada pela Fanatics em janeiro de 2017, Flacco foi eleito o jogador mais atraente da NFL.[92][93]

Referências

  1. Página de Joe Flacco no Pro-Football-Reference. Página acessada em 13 de dezembro de 2012.
  2. «Joe Flacco Named 2008 Diet Pepsi Rookie of the Year». m.baltimoreravens.com (em inglês). Consultado em 2 de setembro de 2017 
  3. «Super Bowl 2013: Ravens withstand 49ers rally and power outage, surge to championship» (em inglês) 
  4. «Joe Flacco's record-setting contract is surprising, but does make sense». ESPN.com (em inglês). 3 de março de 2016. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  5. «Why Joe Flacco Is So Good In The Playoffs». web.archive.org. 11 de maio de 2018. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  6. «Ron Jaworksi: Joe Flacco has strongest arm in NFL». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  7. «SouthJersey.com». www.southjersey.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  8. NJ.com, NJ Advance Media for. «Super Bowl XLVII: Joe Flacco's Jersey roots keep him humble before biggest game of his life». NJ.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  9. «Rivals». n.rivals.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  10. «2003 Pitt Panthers Schedule and Results». College Football at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  11. «2004 Pitt Panthers Stats». College Football at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  12. «Pitt at South Florida Box Score, December 4, 2004». College Football at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  13. «Joe Flacco 2004 Game Log». College Football at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  14. «Delaware vs. Navy - Box Score - October 27, 2007 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  15. «Untitled Document». web.archive.org. 2 de fevereiro de 2012. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  16. «University of Delaware Athletics and Sports Information». web.archive.org. 5 de janeiro de 2009. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  17. «University of Delaware alums galvanized by Joe Flacco's Super Bowl turn». USA TODAY (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  18. «Joe Flacco | Delaware, QB : 2008 NFL Draft Scout Player Profile». draftscout.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  19. Battista, Judy (4 de fevereiro de 2013). «A Top-Tier Quarterback Set to Be Paid Like One». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  20. «Scouts Inc.: Senior Bowl practice buzz (Day 4)». ESPN.com (em inglês). 24 de janeiro de 2008. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  21. jladminis. «News». JL Sports (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  22. «NFL News». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  23. «Agent: Flacco agrees to five-year deal with Ravens». ESPN.com (em inglês). 17 de julho de 2008. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  24. jamison.hensley@baltsun.com, Jamison Hensley |. «Game 1: Flacco off and running in debut». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  25. «Cincinnati Bengals at Baltimore Ravens - September 7th, 2008». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  26. «2008 NFL Week 9 Leaders & Scores». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  27. «Joe Flacco 2008 Game Log». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  28. «Wild Card - Baltimore Ravens at Miami Dolphins - January 4th, 2009». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  29. Hensley, Jamison. «Joe cool». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  30. Bishop, Greg (19 de janeiro de 2009). «Steelers’ Defense Rattles Normally Steady Flacco». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  31. «Joe Flacco Named 2008 Diet Pepsi Rookie of the Year». web.archive.org. 18 de janeiro de 2018. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  32. «Kansas City Chiefs at Baltimore Ravens - September 13th, 2009». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  33. «Chicago Bears at Baltimore Ravens - December 20th, 2009». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  34. «Baltimore Ravens Single-Season Passing Leaders». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  35. «Wild Card - Baltimore Ravens at New England Patriots - January 10th, 2010». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  36. «Baltimore Ravens at New York Jets - September 13th, 2010». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  37. «Baltimore Ravens at Cincinnati Bengals - September 19th, 2010». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  38. «Wild Card - Baltimore Ravens at Kansas City Chiefs - January 9th, 2011». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  39. «Divisional Round - Baltimore Ravens at Pittsburgh Steelers - January 15th, 2011». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  40. «Top 100: Joe Flacco» 
  41. «Pittsburgh Steelers at Baltimore Ravens - September 11th, 2011». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  42. «Baltimore Ravens at Cincinnati Bengals - January 1st, 2012». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  43. «2011 Baltimore Ravens Statistics & Players». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  44. «Joe Flacco 2011 Game Log». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  45. «Joe Flacco». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  46. «Divisional Round - Houston Texans at Baltimore Ravens - January 15th, 2012». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  47. «Ravens vs. Patriots - Box Score - January 22, 2012 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  48. «Partying with Super Bowl MVP Joe Flacco means parents, pop». USA TODAY (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  49. Borden, Sam (4 de fevereiro de 2013). «Flacco’s Precision Typical of Elite Quarterbacks». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  50. «Wild Card - Indianapolis Colts at Baltimore Ravens - January 6th, 2013». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  51. «Divisional Round - Baltimore Ravens at Denver Broncos - January 12th, 2013». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  52. «AFC Championship - Baltimore Ravens at New England Patriots - January 20th, 2013». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  53. Borden, Sam (4 de fevereiro de 2013). «Flacco’s Precision Typical of Elite Quarterbacks». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  54. «Ravens' Flacco fulfills promise with Super Bowl victory». USA TODAY (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  55. Barnwell, Bill (4 de fevereiro de 2013). «Super Bowl Redux». Grantland (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  56. Borden, Sam (4 de fevereiro de 2013). «Flacco’s Precision Typical of Elite Quarterbacks». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  57. «'Top 100 Players of 2013': Joe Flacco». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  58. «Flacco is now NFL's third-highest paid QB». ESPN.com (em inglês). 26 de julho de 2013. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  59. «Joe Flacco: Career Stats at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  60. «2013 Baltimore Ravens Statistics & Players». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  61. «NFLN: 'Top 100 Players of 2014': Joe Flacco». web.archive.org. 28 de março de 2018. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  62. «Joe Flacco 2014 Game Log». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  63. Zrebiec, Jeff. «Joe Flacco declines chance to play in Sunday's Pro Bowl». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  64. «'Top 100 Players of 2015': No. 97 Joe Flacco». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  65. «Ravens' Flacco (torn ACL), Forsett (arm) out for year». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  66. «Joe Flacco 2015 Game Log». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  67. «Flacco gets extension; $44M fully guaranteed». ESPN.com (em inglês). 2 de março de 2016. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  68. «Joe Flacco 2016 Game Log». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  69. «Joe Flacco (back) preparing to sit out 3-6 weeks». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  70. «Joe Flacco suffers concussion on hit from Kiko Alonso». NFL.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  71. Hensley, Jamison (9 de setembro de 2018). «TD party: Joe Flacco, Ravens 'showing the world' their new targets». ESPN 
  72. Hensley, Jamison (14 de setembro de 2018). «Joe Flacco still can't shake his Cincinnati struggles». ESPN 
  73. «Ravens' Harbaugh on quarterback Joe Flacco hip injury». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  74. «Ravens to stay with Jackson over healthy Flacco». ESPN.com (em inglês). 12 de dezembro de 2018. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  75. «Ravens Lamar Jackson Starting At QB, Joe Flacco 'Disappointed'». CBS Baltimore. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  76. «Harbaugh expecting Flacco's practices to be "ramped up"». NBC Sports Washington. 5 de dezembro de 2018. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  77. «In classy exit, Joe Flacco provides smooth handoff to Lamar Jackson». ESPN.com (em inglês). 8 de janeiro de 2019. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  78. Teope, Herbie (13 de fevereiro de 2019). «Broncos agree to trade for Ravens QB Joe Flacco». NFL.com 
  79. DiLalla, Aric (13 de março de 2019). «Broncos trade for quarterback Joe Flacco». NFL.com 
  80. «YouTube». www.youtube.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  81. www.pro-football-reference.com https://www.pro-football-reference.com/play-index/tiny.fcgi?id=320Dt. Consultado em 17 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  82. «Ravens' Flacco fulfills promise with Super Bowl victory». USA TODAY (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  83. Barnwell, Bill (4 de fevereiro de 2013). «Super Bowl Redux». Grantland (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  84. «Joe Flacco threw five TDs faster than any QB in modern NFL history». For The Win (em inglês). 12 de outubro de 2014. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  85. Salfino, Michael (4 de janeiro de 2015). «Joe Flacco Is the King of the NFL Playoffs». Wall Street Journal (em inglês). ISSN 0099-9660 
  86. a b c d e f g h i j k l m n o p q r «Baltimore Ravens Team Encyclopedia». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  87. «Joe Flacco Breaks Ravens Franchise Record With 21 Straight Completions» (em inglês). 25 de setembro de 2016. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  88. «Nike, Reebok Get Busy Signing NFL Draft rookies to Endorsement Deals - Black Voices Blogs». web.archive.org. 1 de maio de 2008. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  89. Says, Bagladyboutique (18 de setembro de 2013). «Joe Flacco's New McDonald's Ad Viewed As Golden Opportunity» (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  90. Heitner, Darren. «Opendorse Raises $1.75 Million With Plans To Make Athlete Endorsements Smarter». Forbes (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  91. Carson, Dan. «Meet Dana Flacco, Wife of Super Bowl MVP Joe Flacco». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  92. «The Caw: Joe Flacco Is The NFL's Most Attractive Player». web.archive.org. 19 de janeiro de 2018. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  93. «Survey: Ravens QB Joe Flacco Voted Most Attractive In NFL» (em inglês). 9 de fevereiro de 2017. Consultado em 17 de janeiro de 2019