Abrir menu principal
Joel Ferreira
Replace this image male.png
Joel Ferreira
Deputado estadual  Amazonas
Período 1955-1967
Deputado federal  Amazonas
Período 1967-1983
Dados pessoais
Nascimento 3 de junho de 1925
Manaus Manaus, AM
Morte 18 de fevereiro de 2015 (89 anos)
Manaus Manaus, AM
Alma mater Universidade Federal do Amazonas
Cônjuge Maria Alves da Silva
Partido PTB, PSB, MDB, PDS, PMDB
Profissão advogado, funcionário público

Joel Ferreira da Silva (Manaus, AM, 3 de junho de 1925Manaus, AM, 18 de fevereiro de 2015) é um advogado, funcionário público e político brasileiro que exerceu quatro mandatos de deputado federal pelo Amazonas.[1][2]

Dados biográficosEditar

Filho de João Ferreira da Silva e Nazaré Ferreira da Silva. Advogado pela Universidade Federal do Amazonas, fez especialização em Direito Trabalhista, Direito Penal e Direito Civil e foi inspetor do Trabalho. Eleito deputado estadual pelo PTB em 1954, teve o mandato renovado pelo PSB em 1958 e 1962. Eleito presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, foi o substituto legal do governador Gilberto Mestrinho ante a inexistência do cargo de vice-governador.[1][nota 1]

Com a imposição do bipartidarismo pelo Regime Militar de 1964 foi eleito deputado federal via MDB em 1966, 1970, 1974 e 1978. Com a volta do pluripartidarismo no governo do presidente João Figueiredo, atendeu a um convite do ministro da Justiça, Ibrahim Abi-Ackel, e ingressou no PDS em 1980.[3] Não reeleito em 1982, foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal pelo governador José Ornelas de Sousa Filho em agosto de 1983, presidiu o órgão entre 1987 e 1988 e aposentou-se em 1995.[nota 2]

Sua derradeira atividade política ocorreu em 1998 quando perdeu a eleição para deputado distrital pelo PMDB sendo nomeado assessor especial do governador Joaquim Roriz.

Notas

  1. O cargo de vice-governador foi criado por ocasião do pleito indireto de 1966 quando Danilo Areosa foi eleito governador tendo Rui Araújo como seu companheiro de chapa.
  2. Para assumir sua cadeira no TCE/DF renunciou à suplência de deputado federal que lhe cabia e assim a eleição de José Lins para o Tribunal de Contas do Amazonas em 1984 levou à efetivação de Ubaldino Meireles.

Referências