Abrir menu principal

Jogos Olímpicos de Verão de 1900

(Redirecionado de Jogos Olímpicos de 1900)
Jogos da II Olimpíada
Paris 1900
1900 paris poster.jpg
Dados
Países participantes 24
Atletas 997
Eventos 95 em 19 esportes
Cerimônia de abertura 14 de Maio
Cerimônia de encerramento 28 de Outubro
Estádio principal Vélodrome de Vincennes
◄◄ Atenas 1896 {{{evento}}} St. Louis 1904 ►►

Jogos Olímpicos de Verão de 1900 (em francês: Jeux olympiques d'été de 1900), oficialmente conhecidos como II Jogos Olímpicos da Era Moderna realizaram-se em 1900, em Paris, França, terra natal de seu criador, o Barão Pierre de Coubertin. Infelizmente, por questões políticas, os Jogos foram integrados à Exposição Universal de Paris, uma grande feira mundial de comércio realizada pela França na época, e por terem sido diluídos ao longo de mais de quatro meses, entre 14 de Maio e 28 de Outubro, não tiveram qualquer relevância, sendo unanimente considerados um fracasso.

Oficialmente, na França, as olimpíadas do Barão de Coubertin acabaram batizadas de Concurso Internacional de Exercícios Físicos e de Esportes, e os participantes chegaram a imaginar menos que participavam de uma celebração esportiva do que de um grande circo de variedades, tantas eram as atividades paralelas nas artes e no comércio oferecidas pela feira. Além disso, Paris não possuía nenhum complexo desportivo olímpico e as provas de atletismo foram disputadas no meio dos bosques e árvores do Bois de Boulogne e a natação em plena correnteza do rio Sena.

O Comité Olímpico Internacional teve pouca influência na condução destes Jogos, cabendo à organização da Exposição Universal a organização dos eventos. Como a organização considerava o desporto uma atividade secundária, as diferentes modalidades foram dispersas pelos diversos locais da Exposição e muitas vezes com classificações no mínimo curiosas. Nomeadamente, a organização classificou ginástica na secção de "desporto escolar para crianças", esgrima na seção de "cutelaria" e remo na secção de "socorrismo".

Adicionalmente, ao longo da Exposição Universal e concorrentemente com as modalidades olímpicas realizaram-se eventos em muitas outros desportos, tais como motonáutica, corridas em balão, natação sub-aquática, natação com obstáculos e tiro aos pombos, que não foram entretanto reconhecidos como modalidades olímpicas, pelo que esses eventos não são considerados como parte dos Jogos Olímpicos de 1900.

De tanto desgosto e decepção com a falta de organização e desinteresse de seus próprios compatriotas, mais preocupados com a Exposição em si, Coubertin chegou a abandonar a chefia dos organizadores dos Jogos.

Graças à grande confusão que foi a organização dos Jogos da II Olimpíada, o número de participantes (e mesmo de modalidades) varia largamente de acordo com diferentes fontes. De acordo com o Comité Olímpico Internacional participaram 997 atletas, representando 24 nações e competindo em 20 modalidades.

No futebol, cabo de guerra, pólo, remo e tênis, competiram equipes mistas, compostas por atletas de diferentes nações.

Índice

Fatos, destaques e curiosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
 
Alvin Kraenzlein, melhor sprinter de Paris 1900.
  • A inglesa Charlotte Cooper tornou-se a primeira campeã olímpica da história, no tênis, no torneio de simples feminino e em duplas mistas. Charlotte, então vencedora do já prestigiado Torneio de Wimbledon, conquistou suas vitórias jogando de saia longa, camisa de manga comprida e gravata listrada.[1]
  • Dois grandes destaques pontuaram nestes Jogos, por sinal, dois norte americanos : o primeiro foi Ray Ewry, campeão das provas de salto em altura, distância e triplo, sem impulso. Nestas modalidades, que não mais existem, o atleta saltava sem tomar distância e sem poder correr. O segundo foi Alvin Kraenzlein, que, correndo pela primeira vez com pequenos pregos nas solas do sapatos, venceu quatro provas de velocidade no atletismo. Um de seus recordes, o dos 200 m com barreiras (prova que não mais existe), permaneceu imbatível por 25 anos.
 
Michel Théato, Paris 1900.
  • Devido à péssima organização, o vencedor da maratona, Michel Théato, funcionário de uma padaria, teve sua vitória contestada pelos adversários e só foi confirmado como campeão olímpico doze anos depois, quando recebeu sua medalha. Théato, dado como francês, teve anos depois sua nacionalidade reconhecida como sendo luxemburguês.
  • Entretanto, o COI, oficialmente, não reconhece sua medalha de ouro para Luxemburgo, e no quadro oficial dos Jogos de 1900, coloca esta medalha como francesa. Assim, a única medalha olímpica de ouro de Luxemburgo permanece a conquistada pelo meio fundista Josy Barthel, nos 1500m dos Jogos de Londres, em 1948.

Países participantesEditar

 
Países participantes das Olimpíadas de 1900. Países em azul participaram pela primeira vez de uma Olimpíada e os países em verde já haviam participado.

Modalidades disputadasEditar

Quadro de medalhasEditar

 Ordem  País        
1  FRA França 26 41 34 101
2  USA Estados Unidos 19 14 14 47
3  GBR Grã-Bretanha 15 6 9 30
4  ZZX Equipa mista 6 3 3 12
5  SUI Suíça 6 2 1 9

Obs: Equipes mistas, na época permitidas, de diversos países europeus mesclados a norte-americanos e australianos, ganharam 6 medalhas de ouro, 3 de prata e 3 de bronze, no Atletismo, Polo, Iatismo, Remo, Cabo de guerra e Tênis.

Referências

  1. «Estreia feminina». O Globo. Consultado em 13 de julho de 2012 
Precedido por
Atenas
Jogos Olímpicos
Paris

II Olimpíada (1900)
Sucedido por
St. Louis