Johann Ludwig Burckhardt

explorador suíço

Johann Ludwig Burckhardt (Lausana, 24 de novembro de 1784Cairo, 15 de outubro de 1817) foi um explorador suíço e profundo conhecedor da língua árabe e da religião muçulmana de sua época.[1] Fazendo-se passar por mercador árabe, viajou pela Arábia, centro e leste do Saara, além da Núbia.[2]

Johann Ludwig Burckhardt
Nascimento 24 de novembro de 1784
Lausana
Morte 15 de outubro de 1817 (32 anos)
Cairo
Cidadania Suíça
Progenitores
  • Johann Rudolf Burckhardt
Alma mater
Ocupação explorador, escritor, historiador de arte, arqueólogo, geólogo, oficial de inteligência
Religião Islão
Causa da morte disenteria

Foi o primeiro europeu a visitar as ruínas de Petra, em 1812, a antiga capital dos Nabateus, sendo também um dos primeiros europeus que conheceram Meca e Medina.[2] Além do mais, descobriu os templos do faraó Ramessés II e de Nefertari em Abul-Simbel, Núbia.[2]

Converteu-se à religião islâmica, tomando o nome de Ibrahim ibn Abdullah e veio a óbito aos 32 anos.[2]

PublicaçõesEditar

Publicou em Londres: Viagem à Núbia, Viagem à Síria e Viagem à Arábia.

Referências

  1. Jane Taylor (2001). Petra and the Lost Kingdom of the Nabataeans. [S.l.]: I.B.Tauris. 224 páginas. ISBN 9781860645082 
  2. a b c d David Down (2010). The Archaeology Book. [S.l.]: New Leaf Publishing Group. 96 páginas. ISBN 9781614581574