Abrir menu principal
Johannes Rebmann
Nascimento 16 de janeiro de 1820
Gerlingen
Morte 4 de outubro de 1876 (56 anos)
Korntal-Münchingen
Cidadania Alemanha, Império Alemão
Ocupação explorador
Religião Igreja Anglicana
Causa da morte pneumonia

Johannes Rebmann (16 de janeiro de 1820 - 4 de outubro de 1876) foi um missionário e explorador alemão. Foi o primeiro europeu, juntamente com o seu colega Johann Ludwig Krapf, a entrar na África a partir da costa do Oceano Índico. Além disso, foi o primeiro europeu a ver o monte Kilimanjaro.[1] A notícia da descoberta de Rebmann foi publicada no Church Missionary Intelligencer em maio de 1849, mas desconsiderada como mera fantasia durante doze anos. A Royal Geographical Society considerou que a neve não poderia ocorrer, muito menos persistir, em tais latitudes e considerou o relatório como a alucinação de um missionário atingido pela malária.[2] Foi somente em 1861 que os investigadores iniciaram a tarefa de medir a altitude do Kilimanjaro. As expedições à Tanzânia entre 1861 e 1865, lideradas pelo barão alemão Karl Klaus von der Decken, confirmaram o relatório de Rebmann. Juntamente com o seu colega Johann Ludwig Krapf, ele também descobriu o Monte Quénia[3] Acredita-se também que o trabalho deles tenha tido efeitos nas futuras expedições africanas feitas pelos europeus, incluindo as façanhas de Sir Richard Burton, John Hanning Speke e David Livingstone.[4] Depois de perder a maior parte de sua visão e de um breve casamento, morreu de pneumonia.

Referências

  1. Rebmann, J., 1858, “Bericht einer Reise zum Kilimandscharo”, in J. L. Krapf, Reisen in Ost-Afrika ausgeführt in den Jahren 1837-55. Stuttgard, Kornthal.
  2. APG and TANAPA, 2000, Kilimanjaro: Africa’s Beacon. Harare, African Publishing Group (International) and Tanzania National Parks (Tanapa), 2nd edition.
  3. Fitzpatrick, Mary Tanzania (2005)
  4. «Johannes Rebmann». Encyclopædia Britannica. Consultado em 2 de junho de 2009 

BibliografiaEditar

  • Goodson, Andrew (2011, rev. 2015). Salimini's Chichewa in Paas, Steven (2011). Johannes Rebmann: A Servant of God in Africa before the Rise of Western Colonialism, pp. 239–50. (An examination of the Chichewa in Rebmann's Dictionary of the Kiniassa Language)
  • Gütl, Clemens (2001). Do' Missionar vo' Deradenga. [S.l.: s.n.] 
  • Gütl, Clemens (2002). Memoir on the East African Slave trade. [S.l.: s.n.]  - publication of an unpublished document from 1853.
  • Krapf, Johann Ludwig & Johannes Rebmann (ed. Thomas Henry Sparshott) (1887). A Nika-English Dictionary
  • Rebman, John (= Johannes Rebmann) (1877). A Dictionary of the Kiniassa Language. Church Missionary Society (reprinted Gregg, 1968).
  • Paas, Steven (2011). Johannes Rebmann: A Servant of God in Africa Before the Rise of Western Colonialism, 276 pages, Nűrnberg: Verlag fűr Theologie und Wissenschaft.

Ligações externasEditar