John Castle

John Castle
Nascimento 14 de janeiro de 1940 (81 anos)
Croydon
Cidadania Reino Unido
Alma mater Trinity College, Dublin, Royal Academy of Dramatic Art
Ocupação ator de cinema, ator de teatro, ator de televisão

John Michael Frederick Castle (Croydon, 14 de janeiro de 1940) é um ator inglês, atualmente aposentado. Ele é mais conhecido por interpretar Bill em Blowup (1966) e Geoffrey em The Lion in Winter (1968). Seus outros créditos notáveis incluem Man of La Mancha (1972) e RoboCop 3 (1993).

Vida pregressaEditar

Nascido em Croydon, Castle foi educado no Brighton College e Trinity College, em Dublin, e treinado na Royal Academy of Dramatic Art (RADA).

TrabalhosEditar

A primeira aparição de Castle foi como Westmoreland no palco em Henry V em 5 de junho de 1964, no Open Air Theatre, Regent's Park. Sua primeira aparição no teatro da Broadway foi em fevereiro de 1970, como Jos no musical de curta duração Georgy .

Sua estreia nas telas foi no filme Blowup, de Michelangelo Antonioni, de 1966, no papel do amigo artista de David Hemmings, Bill. Em 1968, como o conspirador Príncipe Geoffrey na adaptação para o cinema de O Leão no Inverno, ele recebeu muitos elogios e isso o colocou em seu caminho como um ator coadjuvante de qualidade em Londres e Hollywood. De acordo com o Rotten Tomatoes, O Leão no Inverno é o filme de "maior audiência" de Castle. [1] Também em 1967, ele apareceu na série de TV britânica The Prisoner as Number 12, um simpático guardião do episódio, intitulado "The General".

Castle desempenhou o papel de Octavius Caesar na versão mal revisada de Antony and Cleopatra (1972) de Charlton Heston.

Castle apareceu como Carruthers, o mais honorável de um trio de planejadores em um episódio da série Sherlock Holmes da Granada Television ("The Solitary Cyclist", 1984). Sua associação com Sherlock Holmes continuou com seu papel como Nigel St Clair na versão cinematográfica de The Crucifer of Blood (1991).

Ele interpretou o Inspetor Craddock em uma adaptação da história de Agatha Christie "A Murder is Annumped" (1985), um papel que ele recriou no mistério de Miss Marple, The Mirror Crack'd from Side to Side (1992). Ele também desempenhou o papel-título na versão de 2000 feita para a TV de Christie, Lord Edgware Dies. Em 1990, Castle estrelou como Superintendente George Thorne nas adaptações para rádio da BBC dos romances de John Penn. Castle apareceu em outras séries de TV, incluindo I Claudius, Ben Hall e Lost Empires.[2]

Entre as atuações de Castle no palco estava seu papel como Oswald no revival da Royal Shakespeare Company de Ibsen's Ghosts em 1967, com Dame Peggy Ashcroft como a mãe de Oswald, Sra. Alving e Gandhi na peça Gandhi no Tricycle theatre Londres.

Vida pessoalEditar

Castle é casado com a escritora Maggie Wadey.[3]

Filmografia selecionadaEditar

  • Blowup (1966) - Bill
  • O Leão no Inverno (1968) - Geoffrey
  • The Promise (1969) - Marat Yestigneyev
  • Antônio e Cleópatra (1972) - Otávio César
  • Made (1972) - Padre Dyson
  • Homem de La Mancha (1972) - Sanson Carrasco / The Duke
  • The Incredible Sarah (1976) - Damala
  • Eliza Fraser (1976) - Capitão Rory McBride
  • Eagle's Wing (1979) - The Priest
  • Never Never Land (1980) - Jim
  • King David (1985) - Abner
  • Dealers (1989) - Frank Mallory
  • RoboCop 3 (1993) - Paul McDaggett
  • Sparrow (1993) - Giuseppe
  • Merisairas (1996) - Engenheiro Chefe Josif Mantz
  • Gods and Generals (2003) - Brig. Gen. William N. Pendleton
  • I Against I (2012) - Tommy Carmichael

TelevisãoEditar

Referências

  1. «John Castle». Rotten Tomatoes. Rotten Tomatoes. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  2. «John Castle». Unofficial John Castle Website. Angel Fire. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  3. «Sandstone Press: Maggie Wadely». www.sandstonepress.com. Consultado em 14 de janeiro de 2020