John Herschel

John Frederick William Herschel (Slough, 7 de março de 1792 — Hawkhurst, 11 de maio de 1871[2]) foi um Inglês polímata,[2] matemático, astrônomo, químico, inventor, fotógrafo experimental que inventou o blueprint, e fez trabalhos botânicos.[3][4]

John Herschel
John Herschel, em 1867, fotografado por Julia Margaret Cameron
Nascimento John Frederick William Herschel
7 de março de 1792
Slough
Morte 11 de maio de 1871 (79 anos)
Hawkhurst
Sepultamento Abadia de Westminster
Nacionalidade Inglês
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Progenitores
Cônjuge Lady Margaret Brodie Stewart
Filho(s) John Herschel, Alexander Stewart Herschel, Caroline Emilia Mary Herschel, Isabella Herschel, William James Herschel, Margaret Louisa Marshall, Maria Sophie Herschel, Amelia Herschel, Julia Mary Herschel, Matilda Rose Herschel, Francisca Herschel, Constance Anne Herschel
Alma mater
Ocupação astrônomo, fotógrafo, matemático, químico, físico
Prêmios Medalha Copley (1821) e (1847), Prêmio Lalande (1825), Medalha de Ouro da RAS (1826), (1836)[1], Medalha Real (1833), (1836), (1840)
Empregador Academia Russa de Ciências
Campo(s) Matemática, astronomia
Obras destacadas expedição, medição, Catálogo Geral
Título baronete, Herschel baronets

Herschel originou o uso do sistema julianos na astronomia. Ele nomeou sete luas de Saturno e quatro luas de Urano - o sétimo planeta, descoberto por seu pai, Sir William Herschel. Ele fez muitas contribuições para a ciência da fotografia e investigou o daltonismo e o poder químico dos raios ultravioleta. Seu Discurso Preliminar (1831), que defendia uma abordagem indutiva ao experimento científico e à construção de teorias, foi uma contribuição importante para a filosofia da ciência.

TrabalhosEditar

A preliminary discourse on the study of natural philosophy publicado no início de 1831 como parte do Cabinet cyclopædia de Dionysius Lardner, estabeleceu métodos de investigação científica com uma relação ordenada entre observação e teorização. Ele descreveu a natureza como sendo governada por leis que eram difíceis de discernir ou enunciar matematicamente, e o objetivo mais elevado da filosofia natural era compreender essas leis por meio do raciocínio indutivo, encontrando uma única explicação unificadora para um fenômeno. Esta se tornou uma declaração oficial com ampla influência na ciência, particularmente na Universidade de Cambridge, onde inspirou o estudante Charles Darwin com "um zelo ardente" para contribuir para esta obra.[5][6][7]

Herschel publicou um catálogo de suas observações astronômicas em 1864, como o General Catalogue of Nebulae and Clusters, uma compilação de seu próprio trabalho e o de seu pai, expandindo o Catalogue of Nebulae de seu pai Herschel. Um outro volume complementar foi publicado postumamente, como o General Catalogue of 10 300 Multiple and Double Stars.

Herschel corretamente considerou o astigmatismo devido à irregularidade da córnea e teorizou que a visão poderia ser melhorada pela aplicação de alguma geléia animal contida em uma cápsula de vidro contra a córnea. Suas opiniões foram publicadas em um artigo intitulado Light em 1828 e na Encyclopædia Metropolitana em 1845.[8]

As descobertas de Herschel incluem as galáxias NGC 7, NGC 10, NGC 25 e NGC 28.

FotografiaEditar

 
A primeira fotografia de placa de vidro de Herschel, datada de 9 de setembro de 1839, mostrando o telescópio de 12 metros [9]

Herschel fez inúmeras contribuições importantes para a fotografia. Ele fez melhorias nos processos fotográficos, principalmente na invenção do processo de cianótipo, que ficou conhecido como blueprint, e variações, como o crisótipo.[10] Em 1839, ele fez uma fotografia em vidro, que ainda existe, e experimentou algumas reproduções de cores, observando que os raios de diferentes partes do espectro tendiam a conferir sua própria cor a um papel fotográfico.[11][12][13] Herschel fez experimentos usando emulsões fotossensíveis de sucos vegetais, chamadas fitótipos, também conhecidos como antótipos, e publicou suas descobertas nas Transações Filosóficas da Royal Society em Londres em 1842. Ele colaborou no início da década de 1840 com Henry Collen, pintor de retratos da Rainha Vitória. Herschel descobriu originalmente o processo da platina com base na sensibilidade à luz dos sais de platina, mais tarde desenvolvida por William Willis.[14]

Herschel cunhou o termo fotografia em 1839.[15][16] Herschel também foi o primeiro a aplicar os termos negativo e positivo à fotografia.[17]

Herschel descobriu que o tiossulfato de sódio era um solvente dos haletos de prata em 1819,[18] e informou Talbot e Daguerre de sua descoberta de que este "hipossulfito de soda" ("hipossulfito") poderia ser usado como um fixador fotográfico , para "consertar" fotos e torná-los permanentes, após aplicá-lo experimentalmente no início de 1839.

A pesquisa inovadora de Herschel sobre o assunto foi lida na Royal Society em Londres em março de 1839 e janeiro de 1840.

Obras publicadasEditar

 
Description of a machine for resolving by inspection certain important forms of transcendental equations, 1832

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Gold Medal Winners» (pdf) (em inglês). Royal Astronomical Society. Consultado em 17 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 15 de setembro de 2017 
  2. a b «John Frederick William Herschel» (em inglês). Gap-System. Consultado em 5 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 23 de setembro de 2011 
  3. HERSCHEL, John William Frederich (1842). On the Action of the Rays of the Solar Spectrum on Vegetable Colours, and on some new Photographic Processes, p.182-214. Londres: Philosophical Transactions of the Royal Society of London 
  4. «John Frederick William Herschel, Sir». DEC.ufcg. Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015  .
  5. Darwin, Charles (1958). Barlow, Nora (ed.). The Autobiography of Charles Darwin 1809–1882. With the original omissions restored. Edited and with appendix and notes by his granddaughter Nora Barlow. London: Collins, pp. 67–68.
  6. Browne, E. Janet (1995), Charles Darwin: vol. 1 Voyaging, London: Jonathan Cape, ISBN 1-84413-314-1, pp. 128, 133.
  7. Darwin, Charles (1985a). Burkhardt, Frederick; Smith, Sydney (eds.). The Correspondence of Charles Darwin: 1821–1836. Correspondence of Charles Darwin. Vol 1. Cambridge University Press. ISBN 0-521-25587-2, Letter No. 94.
  8. www.busybee.net, Lee Berkowitz, Busy Bee Associates,. «Contact Lens Timeline». www.antiquespectacles.com. Consultado em 8 de julho de 2021 
  9. Evans 1970, p. 84.
  10. «General View of Niagara Falls from Bridge». www.wdl.org. 1901. Consultado em 8 de julho de 2021 
  11. Go, FE (1970). "Blueprint". Encyclopædia Britannica . 3 (Expo'70 ed.). Chicago: William Benton. p. 816
  12. Bridgwater, William; Sherwood, Elizabeth J., eds. (1950). "blueprint". The Columbia Encyclopedia in One Volume (2ª ed.). Cidade de Nova York: Columbia University Press. p. 214
  13. «The Cyanotype». web.archive.org. 30 de março de 2013. Consultado em 8 de julho de 2021 
  14. «Timeline - Krone-Sammlung». web.archive.org. Consultado em 8 de julho de 2021 
  15. Schaaf, Larry (1979). "Sir John Herschel's 1839 Royal Society Paper on Photography". History of Photography. 3 (1): 47–60. doi:10.1080/03087298.1979.10441071. ISSN 0308-7298
  16. Peres, Michael R. (2008). The Concise Focal Encyclopedia of Photography: From the First Photo on Paper to the Digital Revolution. Elsevier. ISBN 978-0-240-80998-4
  17. «Herschel | Sir | John Frederick William | 1792-1871 | astronomer». web.archive.org. 10 de maio de 2007. Consultado em 8 de julho de 2021 
  18. Royal Society of Edinburgh (1819). The Edinburgh Philosophical Journal (em English). New York Public Library. [S.l.]: Printed for Archibald Constable 
  19. a b Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome HersNAH


Precedido por
Hans Christian Ørsted
Medalha Copley
1821
com Edward Sabine
Sucedido por
William Buckland
Precedido por
Charles Babbage e Johann Franz Encke
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1826
com James South e Wilhelm Struve
Sucedido por
Francis Baily
Precedido por
Antoine Jérôme Balard e David Brewster
Medalha Real
1833
com Augustin Pyrame de Candolle
Sucedido por
Charles Lyell e John William Lubbock
Precedido por
Manuel John Johnson
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1836
Sucedido por
Otto August Rosenberger
Precedido por
Michael Faraday e William Rowan Hamilton
Medalha Real
1836
com George Newport
Sucedido por
William Whewell
Precedido por
James Ivory e Martin Barry
Medalha Real
1840
com Charles Wheatstone
Sucedido por
Eaton Hodgkinson e Robert Kane
Precedido por
Urbain Le Verrier
Medalha Copley
1847
Sucedido por
John Couch Adams


  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.