Abrir menu principal

Johnny Manziel

jogador de futebol americano dos Estados Unidos

Jonathan Paul Manziel (Tyler, Texas, 6 de dezembro de 1992), conhecido também por seu apelido "Johnny Football", é um jogador profissional de futebol americano que atuou como quarterback na National Football League (NFL), jogando também na CFL (a liga canadense) e na Alliance of American Football.

Johnny Manziel

Johnny Manziel em 2012.
No. 2     Memphis Express
Quarterback
Informações pessoais
Data de nascimento: 6 de dezembro de 1992 (26 anos)
Local de nascimento: Tyler, Texas
 Estados Unidos
Colegial : Tivy High School
Altura: 6 ft 0 in (1 83 m) Peso: 210 lb (95 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Texas A&M
Draft da NFL: 2014 / Rodada: 1 / Escolha: 22
Estreou em 2014 pelo Cleveland Browns
História da carreira
 Como jogador:
NFL

CFL

AAF

Pontos altos na carreira e prêmios
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2015
Passes tentados     258
Passes completados     147
Percentual de acerto     57%
TDINT     7–7
Jardas aéreas     1 675
QB Rating     74,4

Após uma brilhante carreira na escola, Manziel passou a ser disputado por várias universidades.[1] Em 2012, ele estreou pela Texas A&M.[2] Ele quebrou vários recordes da sua conferência e divisão na NCAA, se tornando o primeiro novato na história da liga universitária a passar das 3 000 jardas aéreas e correr para outras 1 000 em uma única temporada.[3] Naquele ano ele se tornou o primeiro calouro a ganhar o Troféu Heisman de melhor jogador universitário, entre outras honrarias.[4] Johnny acabaria levando seu time a faturar o Cotton Bowl Classic de 2013.[5]

Manziel recebeu seu apelido, "Johnny Football", por fãs na Universidade A&M do Texas, pouco antes da temporada de 2012.[6][7] Agora este apelido é uma marca registrada.[8]

Em 2014, Manziel havia anunciado que ele não retornaria para uma terceira temporada no futebol americano universitário. Ao invés disso, ele se inscreveria no draft da NFL.[9] Após boas performances nos campos de treinamento, o jogador acabou polarizando os debates pré draft.[10] O glamour dos holofotes e as festas acabaram atraindo críticas de alguns especialistas.[11] Mesmo assim, as expectativas eram altas. Contudo, o jogador acabou sendo selecionado apenas no fim da primeira rodada do draft (22ª escolha) pelo Cleveland Browns, a 8 de maio de 2014.[12]

Após dois anos com o Cleveland Browns, o comportamento extra-campo do jogador (especialmente abuso de bebidas alcoólicas) começaram a pesar contra sua posição no time. Junto com sua fraca performance em campo e falta de interesse e vontade, de acordo com seus técnicos, em março de 2016, Manziel foi oficialmente dispensado pelos Browns.[13]

Johnny também era um bom jogador de beisebol, sendo até selecionado (na 28ª rodada) no Draft de 2014 da MLB pelo San Diego Padres, listado na posição de shortstop.[14]

Para tentar reabilitar sua imagem, Manziel entrou num programa de alcoólicos anônimos e tentou se limpar dos seus vícios. Em 2018, ganhou mais uma oportunidade de jogar futebol americano, sendo contratado pelo Hamilton Tiger-Cats e depois trocado para o Montreal Alouettes, ambos da CFL. Sua performance não foi muito boa e ele logo foi dispensado.[15] No ano seguinte, recebeu mais uma chance, na AAF. Sua carreira lá duraria apenas dois jogos, quando foi retirado do campo com uma concussão, trazendo um novo fim a sua carreira.[16]

Referências

  1. «Johnny Manziel». Rivals.com. Yahoo! Sports. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  2. Sam Khan Jr. (16 de agosto de 2012). «Redshirt freshman QB Johnny Manziel to start for A&M - ESPN». ESPN.com. ESPN Internet Ventures. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  3. Jim Henry. «Charlie Ward's advice to Johnny Manziel: Prepare for 'barrage'». USA Today. Gannett Company. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  4. «'Johnny Heisman': Manziel first freshman to win trophy». KHOU. Consultado em 8 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 26 de junho de 2013 
  5. Hawkins, Stephen. «Manziel, Texas A&M beat Oklahoma 41-13 in Cotton». Associated Press. Consultado em 5 de janeiro de 2013 
  6. KBTX Sports. «Johnny Football: A nickname coined in Aggieland, a legend crafted in the Hill Country». Consultado em 23 de setembro de 2012 
  7. John Taylor. «'Johnny Football' one of two Camp honorees». College Football Talk. NBC Sports. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  8. Duffy, Ty (25 de fevereiro de 2013). «Johnny Manziel Trademarked "Johnny Football," Can Profit From T-Shirt Lawsuit». The Big Lead. Gannett Company. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  9. "Johnny Manziel to enter NFL Draft". Página acessada em 10 de agosto de 2014.
  10. "NFL draft: Johnny Manziel puts glitz in outstanding pro day effort". Página acessada em 10 de agosto de 2014.
  11. "Former Oklahoma coach Barry Switzer says he would 'never recruit a white quarterback'". Página acessada em 10 de agosto de 2014.
  12. Johnny Manziel selected by Cleveland Browns No. 22 overall in NFL Draft 2014. Página acessada em 10 de agosto de 2014.
  13. «Browns waive Johnny Manziel after two rocky years». USA Today. Consultado em 11 de março de 2016 
  14. "Manziel drafted by Padres" ESPN.com. Página acessada em 10 de agosto de 2014.
  15. «Report: Johnny Manziel traded to Montreal Alouettes». 22 de julho de 2018 
  16. Hookstead, David (30 de março de 2019). «JOHNNY MANZIEL SUFFERS SCARY HEAD INJURY AGAINST THE ORLANDO APOLLOS». The Daily Caller. Consultado em 3 de abril de 2019