Johns Hopkins

Este artigo é sobre o filantropo quaker. Para a universidade homônima, ver Johns Hopkins University.

Johns Hopkins (Condado de Anne Arundel, Maryland, 19 de maio de 1795Baltimore, 24 de dezembro de 1873) foi um rico empreendedor, filantropo e abolicionista estadunidense, lembrado principalmente pela criação das instituições que ostentam seu nome, tais como a Johns Hopkins University (JHU), Johns Hopkins Hospital e Johns Hopkins School of Medicine.

Johns Hopkins
Nascimento 19 de maio de 1795
Condado de Anne Arundel
Morte 24 de dezembro de 1873 (78 anos)
Baltimore
Nacionalidade estadunidense
Ocupação empreendedor, filantropo

Ele tinha 10 irmãos e sua fortuna veio principalmente por investimentos no setor atacadista e em indústrias emergentes, como a Ferrovia Baltimore e Ohio, da qual se tornou diretor em 1847. Quando Hopkins morreu sem deixar descendência em 1873, sua fortuna pessoal chegava a 7 milhões de dólares, principalmente em ações. Em seu testamento, feito em 1867, ele determinou que seu legado fosse utilizado para a criação de uma universidade e de um hospital - a Universidade e o Hospital Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland. Tratava-se, na época, da maior doação privada feita nos Estados Unidos.[1] [2]

"Ele acreditava em melhorar a saúde pública e a educação", escreve a JHU em seu website. [2]

Origem do nomeEditar

Muitas vezes seu nome é, erradamente, grafado "John". O peculiar prenome de Johns Hopkins é, na origem, o sobrenome da sua bisavó, Margaret Johns, que se casou com Gerard Hopkins. O casal batizou seu filho Johns Hopkins. O mesmo nome foi dado ao neto deste - o fundador da universidade.[3]

Referências

  1. (em inglês) Kathryn A. Jacob, « Mr Johns Hopkins » Arquivado em 8 de junho de 2011, no Wayback Machine., The Johns Hopkins Magazine, janeiro de 1974.
  2. a b «History & Mission» (em inglês) 
  3. Registros genealógicos de Maryland

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.