Johnson & Johnson

empresa americana de 1886
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com S. C. Johnson & Son.

Johnson & Johnson é uma empresa americana fundada em 1886, especializada na produção de farmacêuticos, utensílios médicos e produtos pessoais de higiene. Suas ações fazem parte da lista industrial de Dow Jones. A sede da empresa localiza-se em Nova Brunswick, Nova Jersey, Estados Unidos. A divisão de consumidores situa-se em Skillman, também em Nova Jersey. A empresa tem aproximadamente 200 subsidiárias operando em mais de 90 países, e seus produtos são vendidos em mais de 175 países do mundo.

Johnson & Johnson
Razão social Johnson & Johnson, Inc.
Empresa de capital aberto
Cotação NYSE: JNJ
Atividade Farmacêutica
Equipamento médico
Gênero Incorporation
Fundação 1886 (135 anos)
Fundador(es) Robert Wood Johnson I
James Wood Johnson
Edward Mead Johnson
Sede Nova Brunswick, Nova Jersey
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Alex Gorsky
(Presidente do conselho e CEO)
Empregados 127,100 (2016)[1]
Produtos Produtos farmacêuticos, utensílios médicos
Produtos pessoais de higiene
Subsidiárias McNeil Consumer Healthcare (1886-1890) Vistakon (1890-1899) [2]
Neutrogena (1899-1990)
DePuy (1990-2005)
Lucro Aumento US$16.54 bilhões (2016)[1]
Faturamento Aumento US$71.89 bilhões (2016)[1]
Website oficial Jnj.com

Em fevereiro de 2021, ela foi uma das pioneiras (a 10ª empresa) a ter uma vacina contra a covid-19, desenvolvida por sua farmacêutica Janssen, liberada para uso emergencial nos Estados Unidos. [3]

HistóriaEditar

A empresa foi fundada em 1886 pelo farmacêutico Robert Wood em parceria com seus irmãos mais novos, Edward Mead e James Wood, e atualmente emprega mais de 130.000 funcionários em todo o mundo. [4] [5]

Em 1961, a Janssen Farmacêutica uniu-se à empresa.

Em 8 de outubro de 2009 a empresa anunciou a venda da marca de preservativos Jontex para a Hypermarcas.[6]

Em fevereiro de 2021, foi uma das pioneiras (a 10ª empresa) a ter uma vacina covid-19 (Ad26.COV2.S), desenvolvida por sua farmacêutica Janssen, liberada para uso emergencial. [3]

A empresa no BrasilEditar

No Brasil iniciou suas operações em 1933, no bairro da Mooca, em São Paulo (SP). Atualmente, o complexo localizado em São José dos Campos (SP) é o maior no mundo.[7]

Em 1934, a empresa introduziu no país o primeiro absorvente descartável do mercado, o Modess, que revolucionou a higiene íntima da mulher brasileira. Além disto, algumas das marcas da Johnson & Johnson são muito conhecidas no país, como a Band-Aid (curativo) e a Tylenol (remédio). [7]

PolêmicasEditar

Em 2011, a Johnson & Johnson foi acusada por ativistas de fabricar sua linha de xampus para bebês com quaternium-15 e dioxane, substâncias que podem causar câncer. [8]

Em 2018, uma investigação da Polícia Federal do Brasil revelou que entidades da empresa relacionadas aos produtos médicos participavam, durante o período de 1996 a 2017 no país, de um esquema batizado de "clube do pregão internacional" incluindo outras empresas, com o objetivo de acumular vantagens ilícitas através do pagamento de propinas à classe política fluminense condenada.[9]

ProdutosEditar

A J&J possui diversos produtos de marcas famosas, entre eles: [10]

Suprimentos médicosEditar

Através da Johnson & Johnson Medical Devices Companies, a empresa produz facilidades tecnológicas nas áreas de ortopedia, visão e em soluções intervencionistas de cirurgia. [11]

No Brasil, a linha de produtos exclusiva para médicos e hospitais é comercializada sob a marca Cordis. [12]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Johnson & Johnson 2016 Annual Report Form (10-K)» (XBRL). United States Securities and Exchange Commission. 5 de fevereiro de 2016 
  2. anonymous. «VisionCare Corporate - Our History». jnjvc.com 
  3. a b Commissioner, Office of the (27 de fevereiro de 2021). «FDA Issues Emergency Use Authorization for Third COVID-19 Vaccine». FDA (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  4. «Our Beginning | Johnson & Johnson Our Story». ourstory.jnj.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  5. «About Johnson & Johnson». Content Lab U.S. (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  6. Bianconi, Cesar (7 de outubro de 2009). «Hypermarcas compra Jontex e Olla por US221 milhões». O Globo. Consultado em 9 de outubro de 2009 
  7. a b «institucional_johnson_johnson_brasil | JnJ Brasil». www.jnjbrasil.com.br. Consultado em 6 de abril de 2019 
  8. [http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1001084-ativistas-alertam-para-substancia-toxica-em-xampu-johnson.shtml «Folha.com - Equil�brio e Sa�de - Ativistas alertam para subst�ncia t�xica em xampu Johnson - 03/11/2011»]. Folha online. Consultado em 28 de fevereiro de 2021  replacement character character in |titulo= at position 18 (ajuda)
  9. Quando empresas estrangeiras são pegas patrocinando corrupção no Brasil - EL PAÍS Brasil
  10. «Nossas Marcas - Listerine, Neutrogena, Sundown e mais | JnJ Brasil». www.jnjbrasil.com.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  11. «Products». Content Lab U.S. (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  12. «institucional_johnson_johnson_brasil | JnJ Brasil». www.jnjbrasil.com.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Notícias no Wikinotícias
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.