Abrir menu principal

Wikipédia β

Jorge Vera-Cruz Barbosa (Cidade da Praia, Cabo Verde, 22 de maio de 1902 - Cova da Piedade/Almada, 6 de janeiro de 1971 foi um escritor cabo–verdiano.
Nasceu na ilha de Santiago e morre em Portugal. Colaborou em várias revistas e jornais portugueses e cabo–verdianos. Com a publicação do seu primeiro livro, Arquipélago em 1935 foi um marco para o nascimento da poesia cabo-verdiana, e por isso é considerado o pioneiro da moderna poesia cabo verdiana, onde os problemas sociais e políticos passaram a constituir uma das grandes temáticas do escritor.

Jorge Barbosa
Nome completo Jorge Vera-Cruz Barbosa
Nascimento 22 de maio de 1902
Ilha de Santiago, Cabo Verde
Morte 6 de janeiro de 1971 (68 anos)
Cova da Piedade, Portugal
Residência Ilha do Sal
Nacionalidade Cabo Verde Cabo-verdiano
Gênero literário Poesia
Movimento literário Cabo-verdianidade

Jorge Barbosa escreveu ainda Ambiente (1941), Caderno de um Ilhéu (1955, Prémio Camilo Pessanha) e, na altura os proibidos, mas editados mais recentemente, Meio Milénio, Júbilo e Panfletário.

Um poema seu, Prelúdio, encontra-se no CD Poesia de Cabo Verde e sete poemas de Sebastião da Gama, de Afonso Dias.

ObrasEditar

  • Arquipélago (1935)
  • Ambiente (1941)
  • Caderno de um Ilhéu (1956)
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.