Jornal Minas é um telejornal brasileiro produzido pela Rede Minas. É exibido desde 1988, e atualmente é apresentado por Lorena Amaral na sua 1ª edição e por Aline Scarponi na sua 2ª edição.

Jornal Minas
Informação geral
Formato telejornal
Duração 30 minutos (1ª edição)
30 minutos (2ª edição)
País de origem  Brasil
Idioma original (em português brasileiro)
Produção
Editor(es) Sandra Gomes
Apresentador(es) 1ª edição:
Lorena Amaral
2ª edição:
Aline Scarponi
Tema de abertura Instrumental
Tema de encerramento Instrumental
Exibição
Emissora original Brasil Rede Minas
Transmissão original 1 de janeiro de 1988 - presente

História

editar

O Jornal Minas foi criado em 1988, Desde então teve a participação de vários jornalistas famosos, como Roberta Zampetti, Lair Rennó, Luís Seabra (que foi apresentador do Manchete Rural, na extinta Rede Manchete), etc. A trilha sonora que durou mais tempo no jornal foi a de 2001, feita por Nino Antunes, com tambores e pratos.

Em 2010, a Rede Minas mudou completamente o cenário do jornal, com uma nova trilha de ação, e o cenário mais moderno. Desde então o jornal é apresentado por Renata Marques na primeira edição, e Raquel Capanema na segunda edição.

Houve também a incrementação do Jornal de Sábado, que tinha duração de 20 minutos, com o jornalista Luciano Corrêa, que posteriormente, com a extinção do telejornal, passou a fazer dupla com Raquel Capanema na segunda edição do Jornal Minas.

Em 2017 o telejornal ganhou nova vinheta, cenário novo, mais tempo de duração e novas apresentadoras: Ruth Soares na primeira edição e Lorena Amaral na segunda.

Em 1988, foi um dos programas pioneiros na utilização de linguagem gestual. Além do apresentador, um intérprete possibilitava a comunicação com surdos.[1]

Informativos

editar

Durante a programação da Rede Minas, é exibido o informativo Repórter da Hora, que mostra a situação do trânsito, os aeroportos, vagas de emprego ou uma notícia urgente.

Referências

  1. jornal Lar Católico (7–13 de agosto de 1988). «Jornal da TV Minas atinge também surdos-mudos» (PDF). Consultado em 26 de agosto de 2010. Arquivado do original (PDF) em 8 de outubro de 2010 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.