José (irmão de Herodes)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de José, veja José.

José foi um irmão de Herodes, o Grande. Ele foi colocado pelo irmão como regente da Judeia quando Herodes foi se encontrar com Marco Antônio, desobedeu a ordem de Herodes, atacou Jericó e foi morto em combate.

FamíliaEditar

Cipros (mãe de Herodes), uma mulher importante da família dos nabateanos,[Nota 1] se casou com Antípatro, com quem teve quatro filhos, Fasael, Herodes, o Grande, José e Pheroras, e uma filha, Salomé.[1]

Antípatro era de uma família importante de idumeus.[2] Ele tinha um irmão chamado Phalion.[3] O nome do seu pai, de acordo com Flávio Josefo, era Antipas;[4] de acordo com Jerônimo de Estridão, era Herodes de Ascalão.[5]

MorteEditar

Herodes, quando se encontrou com Marco Antônio, que estava cercando Samósata,[6] deixou José como regente, mas com ordens expressas de não correr riscos, nem de entrar em conflito com Macheras.[7]

José, porém, com cinco regimentos de Macheras, atacou Jericó, com o objetivo de capturar a colheita. Os regimentos romanos eram novos, e haviam sido recrutados recentemente na Síria, e foram atacados e derrotados pelo inimigo. José morreu lutando bravamente, junto com seis regimentos. Antígono, ao tomar posse dos corpos dos mortos, cortou a cabeça de José, que foi resgatada por Pheroras, seu irmão, por cinquenta talentos. Após a derrota, os galileus se revoltaram contra Herodes, mataram seus aliados por afogamento no lago, e boa parte da Judeia entrou em estado de revolta.[8]

Filhos e descendentesEditar

José teve um filho, também chamado José, que se casou com sua prima Olímpia, filha de Herodes. Estes dois primos, José e Olímpia, foram os pais de Mariane, que também se casou com um membro da família, Herodes de Cálcis. Herodes de Cálcis e Mariane foram os pais de Aristóbulo.[9]

Notas e referências

Notas

  1. Em Josefo, Cypros é dos Arabisus.

Referências

  1. Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 8, Alexandre, filho de Aristóbulo, que fugiu de Pompeu, faz uma incursão contra Hircano II; mas sendo derrotado por Gabínio, entrega a fortaleza para ele. Depois disto, Aristóbulo II escapa de Roma e reúne um exército; mas sendo derrotado pelos romanos, é trazido de volta a Roma; outros assuntos relacionados a Gabínio, Crasso e Cássio. 9
  2. Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 6, Quando Hircano, herdeiro de Alexandre, desistiu de reivindicar a coroa, e Aristóbulo foi feito rei; depois, o mesmo Hircano, através de Antípatro, é trazido de volta por Abetas. Finalmente, Pompeu é escolhido para arbitrar a disputa entre os irmãos, 1 [em linha]
  3. Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 6, 3
  4. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIV, Capítulo 1, A guerra entre Aristóbulo e Hircano pelo reino, e como eles fizeram um acordo para que Aristóbulo fosse rei e Hircano seguiria uma vida privada, e como Hircano, logo depois, foi convencido por Antípatro a fugir para Aretas, 3 [em linha]
  5. Jerônimo de Estridão, Chronicon [em linha]
  6. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIV, Capítulo 15, 8
  7. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIV, Capítulo 15, 7
  8. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIV, Capítulo 15, 10
  9. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XVIII, Capítulo 5, Herodes, o Tetrarca, guerreia contra Aretas, rei da Arábia, e é derrotado por ele. Sobre a morte de João Batista. Como Vitélio foi a Jerusalém. Um relato de Agripa e os descendentes de Herodes, 4 [em linha]

Árvore genealógica incompleta:

Antipas
ou Herodes de Ascalão
Anípatro
Cipros
Fasael
Herodes, o Grande
José
Pheroras
Salomé
José