Abrir menu principal

José Bento Leite Ferreira de Melo

José Bento Ferreira de Melo
Nascimento 6 de janeiro de 1785
São Gonçalo do Sapucaí
Morte 8 de fevereiro de 1844 (59 anos)
Pouso Alegre
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação sacerdote católico, jornalista e político
Assinatura
José Bento Ferreira de Mello signature.png

José Bento Leite Ferreira de Melo (São Gonçalo do Sapucaí[1], 6 de janeiro de 1785Pouso Alegre, 8 de fevereiro de 1844) foi um sacerdote católico, jornalista e político brasileiro, deputado geral e senador do Império do Brasil de 1834 a 1844.

Era filho de José Joaquim Leite Ferreira e Escolástica Bernardida de Melo. Seus avós paternos eram o capitão Manoel Leite Ferreira e Antônia do Espírito Santo Gouveia. Seus avós maternos foram o capitão Bento Correia de Melo, um dos primeiros moradores de São Gonçalo, e Dona Maria da Visitação.

José Bento foi importante figura de seu tempo. Editou, em Pouso Alegre, o primeiro jornal do Sul de Minas, O Pregoeiro Constitucional, que fez campanha pelas reformas liberais durante o primeiro reinado. Como deputado, aliou-se ao Padre Feijó, junto a quem participou do Golpe de 30 de Julho em 1832, sendo em sua tipografia que foi publicada a Constituição de Pouso Alegre. Como senador, tomou parte, ainda, do Golpe da Maioridade, que levou ao trono o Imperador D. Pedro II, ainda impúbere, em 1841.[2]

Referências

  1. «Brasil, Minas Gerais, Registros da Igreja Católica, 1706-1999». FamilySearch. Consultado em 7 de fevereiro de 2016 
  2. Françoise Jean de Oliveira Souza (maio 2007). «Discursos impressos de um padre político: análise da breve trajetória d' O Pregoeiro Constitucional». Almanack Braziliense, n.5, São Paulo - ISSN 1808-8139 versão on-line. Consultado em 13 de outubro de 2010. Arquivado do original em 6 de julho de 2011 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.