José Campas

pintor português

José Campas de Sousa Ferreira, mais conhecido por José Campas (Lisboa, 14 de Julho de 1888 - Lisboa, 14 de Janeiro de 1971) foi um pintor e professor português.

José Campas
Retrato de José Campas, da autoria de Ricardo Ruivo (Museu do Chiado)
Nome completo José Campas de Sousa Ferreira
Nascimento 14 de Julho de 1888
Lisboa
Morte 14 de Janeiro de 1971 (82 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal
Ocupação Pintor e professor
Principais interesses Arte, Bibliofilia, Arqueologia

BiografiaEditar

Completou os cursos de Pintura na Escola de Belas-Artes de Lisboa, École Nationale et Spéciale des Beaux-Arts e Academia Julian, em Paris. Foi discípulo de Carlos Reis, Jean-Paul Laurens, Léon Bonnat, Raphaël Collin e J. J. Duval.

Expôs as suas obras nos Salons, entre 1918 e 1922, estando as suas obras expostas em vários museus e galerias de arte nacionais e internacionais, como o Museu Nacional de Arte Contemporânea, Palácio Nacional de Sintra, Câmaras Municipais de Lisboa e Porto, Museu Municipal do Porto, Palácio Galveias, Museu Grão Vasco, Museu de José Malhoa, Museu Regional de Évora, Embaixada de Portugal em Londres, Galeria de Arte do Diário de Notícias, entre outras.

Foi crítico de arte na imprensa portuguesa, delegado do Governo Português na Exposição Internacional de Paris de 1937, restaurador de arte, bibliófilo, coleccionador de obras de arte, professor em várias escolas e Director das Escolas Técnicas de Lagos e Abrantes.

Pertenceu, igualmente, ao Instituto Português de Arqueologia, tendo sido correspondente das publicações Annuaire de la Curiosité des Beaux-Artes e Bibliophilie.

 
Placa toponímica da Rua Pintor José Campas, em Lagos.

Prémios recebidosEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre José Campas

HomenagensEditar

O nome de Pintor José Campas foi colocado numa rua da cidade de Lagos.[2]

Referências

  1. «Documentos relativos à concessão de prémio / Representação digital». Arquivo Nacional / Torre do Tombo. 1879 - 1964. Consultado em 18 de Julho de 2012. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Freguesia de Santa Maria» (PDF). Câmara Municipal de Lagos. Consultado em 17 de Dezembro de 2018. Arquivado do original (PDF) em 22 de Fevereiro de 2014 

BibliografiaEditar

  • FERRO, Silvestre Marchão (2002). Vultos na Toponímia de Lagos. Lagos: Câmara Municipal de Lagos. 358 páginas. ISBN 972-8773-00-5 


  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.