Abrir menu principal
José Carlos Fagundes
Replace this image male.png
José Carlos Fagundes
Deputado federal  Minas Gerais
Período 1979-1987
Dados pessoais
Nascimento 28 de abril de 1945 (74 anos)
Juiz de Fora Juiz de Fora, MG
Cônjuge Maria Isabel Fagundes
Partido ARENA (1978-1979)
PDS (1980-1985)
PFL (1985-1987)
Profissão bancário, servidor público

José Carlos Raposo Fagundes Netto (Juiz de Fora, 28 de abril de 1945) é um bancário, servidor público e político brasileiro que foi deputado federal por Minas Gerais.[1][2]

Dados biográficosEditar

Filho de Francisco Fagundes Netto e Elza Raposo Fagundes Netto. Em 1970 foi nomeado assessor parlamentar da Câmara dos Deputados e cinco anos depois foi assessor da Secretaria de Indústria e Comércio de Minas Gerais na gestão Fagundes Netto e em 1976 assumiu o cargo de diretor de Relações Públicas da prefeitura de Juiz de Fora.[1] Eleito suplente de deputado federal pela ARENA em 1978, foi convocado após a nomeação de parlamentares para o secretariado do governador Francelino Pereira, sendo efetivado posteriormente com a escolha de Nogueira de Rezende para o Tribunal de Contas da União em 1981.[3][4][nota 1]

Reeleito pelo PDS em 1982, votou pela Emenda Dante de Oliveira em 1984 e em Tancredo Neves no Colégio Eleitoral em 1985.[2][5][6] Em virtude desses fatos ingressou no PFL não sendo, porém, reeleito em 1986. Nomeado supervisor da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais em junho de 1991 pelo governador Hélio Garcia, permaneceu no cargo até fevereiro de 1999.

Frequentou dois cursos superiores, mas sem concluí-los.

Notas

  1. Aparentemente a expressão genealógica "Neto" foi agregada ao sobrenome de sua mãe.

Referências

  1. a b «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado José Carlos Fagundes». Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  2. a b «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  3. Sete suplentes vão assumir o mandato (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 21/02/1979. Política e Governo, p. 04. Página visitada em 11 de fevereiro de 2017.
  4. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Nogueira de Rezende». Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  5. A nação frustrada! Apesar da maioria de 298 votos, faltaram 22 para aprovar diretas (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 26/04/1984. Capa. Página visitada em 11 de fevereiro de 2017.
  6. Sai de São Paulo o voto para a vitória da Aliança (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 16/01/1985. Primeiro caderno, p. 06. Página visitada em 11 de fevereiro de 2017.