Abrir menu principal

José Horácio Costa

José Horácio Costa
2.° Governador do Espírito Santo
Período 7 de janeiro de 1890
até 9 de setembro de 1890
Antecessor Afonso Cláudio de Freitas Rosa
Sucessor Constante Gomes Sodré
Deputado Federal do Espírito Santo
Período 1892 até 1894
Dados pessoais
Nascimento 16 de dezembro de 1859
Recife, Província de Pernambuco, Império do Brasil
Morte 6 de junho de 1922 (62 anos)
Rio de Janeiro, Distrito Federal, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Faculdade de Direito do Recife
Cônjuge Maria Alexandrina Rebelo Costa

José Horácio Costa (Recife, 16 de dezembro de 1859Rio de Janeiro, 6 de junho de 1922) foi um político brasileiro.

BiografiaEditar

Formado pela Faculdade de Direito do Recife em 1885 por dois anos. Foi professor de francês do Liceu de Artes e Ofícios e da Escola Normal mantida pela Sociedade Propagadora da Instrução Pública

Foi vice-presidente do estado do Espírito Santo, indicado pelo presidente brasileiro Deodoro da Fonseca. Substituto legal do presidente Afonso Cláudio de Freitas Rosa, também indicado por Deodoro da Fonseca, governou o estado de 7 de janeiro a 9 de setembro de 1890.

Em abril de 1892 instalou-se uma nova Constituinte, eleita sob a junta governativa e, uma vez aprovada a Constituição estadual, foi escolhido presidente do estado José de Melo Carvalho Muniz Freire, empossado em 3 de maio. Pouco depois, em agosto, foram realizadas eleições para ocupar duas vagas de deputado federal criadas pela Constituição de 1891, que aumentou o número mínimo de deputados por estado de dois para quatro, e foi um dos eleitos, exercendo o mandato entre 1892 e 1894.

Morreu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 6 de junho de 1922, aos 62 anos de idade.

Era casado com Maria Alexandrina Rebelo Costa, filha de José Camilo Ferreira Rebelo e Alexandrina Maria do Couto Rebelo; o casal teve sete filhos.[1]

Referências