Abrir menu principal
Martins Júnior Academia Brasileira de Letras
Dr. Martins Júnior
Nome completo José Isidoro Martins Júnior
Nascimento 24 de novembro de 1860
Recife,  Pernambuco
Morte 22 de agosto de 1904 (43 anos)
Rio de Janeiro, Bandeira do Distrito Federal (Brasil) (1891–1960).gif Distrito Federal
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista, advogado, jurista, político, professor e poeta

José Isidoro Martins Júnior (Recife, 24 de novembro de 1860Rio de Janeiro, 22 de agosto de 1904) foi um jornalista, advogado, jurista, político, professor e poeta brasileiro.

Bacharel pela Faculdade de Direito do Recife, lá participou ativamente da chamada Escola do Recife, juntamente com Tobias Barreto, Sílvio Romero, Clóvis Beviláqua e outros. Deputado federal por Pernambuco nas legislaturas de 1894-1897 e 1897-1900. Professor de História do Direito na faculdade de sua terra e, transferido para a capital federal, passara a ser professor da Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro. Foi fundador da Academia Pernambucana de Letras, em 1901, ocupando a cadeira 13, tendo sido, também patrono da cadeira 25 desta Academia, quando de sua primeira ampliação.

O seu nome consta da lista de colaboradores da Revista de Estudos Livres [1] (1883-1886) dirigida por Teófilo Braga.

Índice

Olivenkranz.png Academia Brasileira de LetrasEditar

Terceiro ocupante da cadeira 13, foi eleito em 15 de maio de 1902, na sucessão de Francisco de Castro, e tomou posse por carta. Estava designado para recebê-lo o acadêmico Silvio Romero.

ObrasEditar

  • Vigília Literária, poesia, em colaboração com Clóvis Beviláqua (1879)
  • O Crime da Vitória, poesia (1880)
  • Vizões de hoje (1881)
  • A Poesia Científica, ensaio (1883)
  • História do Direito Nacional (1895)
  • Compêndio de História Geral do Direito (1898)

Referências

  1. Pedro Mesquita (22 de outubro de 2013). «Ficha histórica: Revista de estudos livres (1883-1886)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 17 de abril de 2015 

Ligações externasEditar