José Luiz Guimarães Sanabio Júnior

futebolista brasileiro

José Luiz Guimarães Sanabio Júnior, conhecido como Júnior (Fortaleza, 15 de junho de 1976) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.[1].

Júnior
Jose Junior 2008.jpg
Informações pessoais
Nome completo José Luiz Guimarães Sanabio Júnior
Data de nasc. 15 de junho de 1976 (44 anos)
Local de nasc. Fortaleza, Ceará, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,86 m
canhoto
Apelido Júnior Pipoca, Diabo Loiro, Belo
Anjo Tricolor
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição atacante
Clubes de juventude
Ferroviário
Clubes profissionais
Anos Clubes
1998
1999
1999–2000
2000–2001
2001–2002
2002
2002–2003
2003–2005
2004–2005
2005
2005–2006
2006–2007
2008–2010
2009
2009
2010
2011
2011–2012
2013
2014
2014–2015
2016
Fortaleza
Unión Española
Córdoba
Beveren
AC Ajaccio
Treze
Walsall
Derby County
Rotherham United (emp.)
Watford
Odense Boldklub
Malmö FF
Copenhagen
Nordsjælland (emp.)
Randers (emp.)
Vitória
Ceará
Bahia
ABC
Tiradentes
Juazeirense
Esporte Clube Jacuipense

Júnior já passou por dezoito clubes em mais de dez anos de carreira, tendo jogado em sete países diferentes.

CarreiraEditar

Começo e ida precoce para a EuropaEditar

Começou profissionalmente no Fortaleza, em 1999, e logo foi negociado com o futebol europeu, onde passou por três clubes de países diferentes, Córdoba, da Espanha, Beveren, da Bélgica, e AC Ajaccio, da França, não se adaptando e retornando ao Brasil para defender o Treze, em 2002.

Altos e baixos na InglaterraEditar

No mesmo ano, partiu mais uma vez para a Europa. Contratado pelo inglês Walsall, foi o principal destaque da equipe, marcando 15 gols no certame nacional.[2] Valorizado, foi negociado com o Derby County,[2] onde teve várias lesões, não se firmando e sendo emprestado ao Rotherham United, onde também não fez sucesso.[3]

Chegou a assinar com o Watford, em 2005, mas devido a problemas contratuais não chegou a disputar nenhuma partida.[3]

Dinamarca e SuéciaEditar

Ainda em 2005, chegou à Dinamarca para defender o Odense Boldklub. Destacou-se logo na temporada de estreia, e foi vendido ao sueco Malmö FF ao final da mesma.[4] Na Suécia, fez muito sucesso, marcando 17 gols na temporada em que jogou lá.[5]

Seu retorno à Dinamarca foi conturbado. Foi contratado pelo F.C. Copenhagen e começou bem, em 2008, mas logo foi emprestado ao FC Nordsjælland, no começo de 2009.[6] Após recusar-se a sentar-se no banco de reservas num jogo do clube, foi dispensado pelo treinador Morten Wieghorst em seguida.[7][8] Após uma passagem rápida pelo Randers FC,[9] retornou ao Brasil em 2010.

Retorno ao Brasil no Vitória, Ceará, Bahia, ABC, Tiradentes e JuazeirenseEditar

A pedido do Vitória, fez testes na Toca do Leão em janeiro e assinou contrato no começo de fevereiro. Seus primeiros gols saíram na partida contra o Ipitanga, no estádio Pituaçu, em que o Vitória aplicou 4–0, tendo Júnior marcado dois. Com um bom aproveitamento de gols, tornou-se o principal artilheiro do clube no primeiro semestre, se destacando no Baianão e na Copa do Brasil e sendo apelidado de Diabo Loiro pelos torcedores, devido à coloração de seus cabelos.

Devido ao sucesso e à notoriedade que acabou ganhando nacionalmente, Júnior foi alvo de diversas denúncias quanto à sua documentação, que estaria, supostamente, irregular.[10] Com suas diversas passagens por clubes europeus, o jogador teria falsificado documentos para sair do país.[11] No dia 3 de maio, chegou a ser preso pela Polinter, um dia após a conquista do Campeonato Baiano de 2010.[12]

Com sua situação normalizada, seguiu no clube. No Brasileirão, não teve o mesmo destaque, sendo por vezes escolhido para ficar no banco de reservas. No final do ano, com o rebaixamento do time, acertou com o Ceará para a temporada 2011.

Sem mostrar rendimento no Ceará, em junho Júnior acertou com o Bahia,[13] onde permaneceu até o final do ano de 2012. Em 2013, acertou com o ABC.[14] Júnior se desentendeu com o treinador do ABC, o Givanildo Oliveira, após a derrota para o Potiguar de Mossoró, no domingo.[15]

Acertou, em 2014, com o Tiradentes, do Ceará para a disputa do Campeonato Cearense. Depois disso acertou com a Juazeirense em março do mesmo ano por um contrato de um mês.[16]

EstatísticasEditar

Atualizado até 18 de janeiro de 2012.
Clube Ano Estadual Copa
nacional
Campeonato
nacional
Competições
Sul-Americanas
Outras
competições
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Vitória
2010 15 12 10 7 31 8 2 0 5 3 63 30
Ceará
2011 13 5 3 0 2 0 0 0 0 0 18 5
Bahia
2011 0 0 0 0 27 5 0 0 0 0 27 5
Bahia
2012 15 9 7 3 11 1 2 0 0 0 35 13
Total 43 26 20 10 71 14 4 0 5 3 143 53

TítulosEditar

Unión Española
Vitória
Ceará
Bahia
ABC

Referências

  1. «Confira o bate-papo com Júnior Pipoca, ex-atacante do futebol cearense». Diário do Nordeste. Consultado em 26 de janeiro de 2021 
  2. a b «We profile the Brazilians who have made appearances for the Saddlers over the years.» (em inglês). thefootballnetwork.net. 9 de fevereiro de 2004. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  3. a b «Junior» (em inglês). soccerbase.com. Consultado em 18 de novembro de 2010 
  4. «Junior till MFF» (em sueco). mff.se. 1 de julho de 2006. Consultado em 16 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  5. «8. Junior - Statistik» (em sueco). mff.se. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  6. «JOSÉ JÚNIOR FC NORDSJAELLAND» (em dinamarquês). fck.dk. 2 de fevereiro de 2009. Consultado em 16 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  7. «Junior nægter at sidde på bænken mod FCK» (em dinamarquês). tipsbladet.dk. 8 de maio de 2009. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  8. «Junior færdig i FCN» (em dinamarquês). sporten.dk. 8 de maio de 2009. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  9. «Randers FC lejer José Júnior hos FC København» (em dinamarquês). randersfc.dk. 19 de agosto de 2009. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  10. «Possível escalação irregular de Júnior pode parar Copa do Brasil.». 27 de abril de 2010. Consultado em 3 de maio de 2010. Arquivado do original em 30 de abril de 2010 
  11. «Suposto erro baiano pode parar Copa BR.». 27 de abril de 2010. Consultado em 3 de maio de 2010 [ligação inativa]
  12. «Atacante Júnior, do Vitória, está preso na Polinter.». atarde.com.br. 3 de maio de 2010. Consultado em 3 de maio de 2010 
  13. «Atacante Júnior é o novo reforço do Bahia». 13 de junho de 2011. Consultado em 14 de junho de 2011 [ligação inativa]
  14. «Diretoria acerta contratação do atacante Júnior». 4 de fevereiro de 2013. Consultado em 4 de fevereiro de 2013 [ligação inativa]
  15. «Desentendimento com treinador pode fazer ABC dispensar atacante». Globoesporte.com. 4 de março de 2013. Consultado em 5 de março de 2013 
  16. "Diabo Loiro" deve fazer sua estreia pelo Juazeirense em jogo contra o Vitória

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.