Abrir menu principal
José María de Areilza
José María de Areilza (1976)
Prefeito de Bilbao
Período 21 de junho de 1937
a 24 de fevereiro de 1938
Antecessor Ernesto Ercoreca Regil
Sucessor José María González de Careaga Urquijo
Ministro de Assuntos Exteriores da Espanha
Período 11 de dezembro de 1975
a 7 de julho de 1976
Antecessor Pedro Cortina Mauri
Sucessor Marcelino Oreja Aguirre
Dados pessoais
Nascimento 3 de agosto de 1909
Portugalete, Espanha
Morte 22 de fevereiro de 1998 (88 anos)
Madri, Espanha
Nacionalidade espanhol
Progenitores Mãe: Eloísa Emilia Martínez Arana
Pai: Enrique Areilza Arregui
Serviço militar
Conflitos Guerra Civil Espanhola

José María de Areilza (Portugalete, 3 de agosto de 1909Madri, 22 de fevereiro de 1998) foi um político e diplomático espanhol.[1] Prefeito de Bilbao entre 1937 e 1938, é considerado um artifício da Transição Espanhola.[2]

Foi nomeado diretor-geral do recém-criado Ministério de Indústria da Espanha em 1940 e, em seguida, embaixador na Argentina (1947-50), Estados Unidos (1954-60) e França (1960-64). Fundou junto com Pío Cabanillas, em 1976, o Partido Popular, integrado depois na União de Centro Democrático. Em 1979, foi eleito deputado pela Coaliança Democrática. Em 1981, foi eleito presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.[3]

Referências

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.