Abrir menu principal

José Maria Rita de Castelo Branco

José Maria Rita de Castelo Branco
Nome nativo José Maria Rita de Castelo Branco
Nascimento 5 de fevereiro de 1788
Salvaterra de Magos
Morte 16 de março de 1872 (84 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal
Ocupação político
Prêmios Grã-Cruz da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, Comendador da Ordem da Torre e Espada

José Maria Rita de Castelo Branco Correia da Cunha Vasconcelos e Sousa, o 1º conde da Figueira (Salvaterra de Magos, 5 de fevereiro de 1788Lisboa, 16 de março de 1872) foi um nobre, militar e político português.

BiografiaEditar

A carta régia de 30 de Abril de 1826 o elegeu par do reino, de que prestou juramento e tomou posse na sessão da respectiva câmara de 31 de Outubro do mesmo ano.

Era igualmente grande de Espanha de 1.ª classe, sendo marquês de Olias e Zursial, na Catalunha, e marquês de Mortara, no ducado de Milão.

Fez parte da expedição portuguesa a Pernambuco em 1817.

Foi governador da capitania de São Pedro do Rio Grande do Sul, de 19 de outubro de 1818 a 22 de setembro de 1820.[1]

Serviu de ajudante de campo do infante D. Miguel e comandante em chefe, em 1833.

Foi um fidalgo sempre dedicado ao Partido Legitimista,[2] dito "miguelista".

Obteve a grã-cruz da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa (6.2.1818) e a grã-cruz da Ordem da Torre e Espada (1820)

Dados GenealógicosEditar

Filho de: José Luís de Vasconcelos e Sousa e de Maria Rita de Castelo Branco Correia da Cunha, marquesa de Belas.

Casado duas vezes.

  • 1.º Casamento com: Maria José de Melo Menezes e Silva. Sem descendência.
  • 2.º Casamento com: Maria Amália Machado Eça Castro e Vasconcelos Magalhães Orosco e Ribera, filha de Luís Machado de Mendonça Eça Castro e Vasconcelos e de Maria Ana de Saldanha de Oliveira e Daun.

Pais de:

Referências

Ligações externasEditar