Abrir menu principal

Wikipédia β

José de Assis Aragão

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

José de Assis Aragão (São Paulo, 5 de outubro de 1939) é um ex-árbitro brasileiro de futebol. Ganhou destaque ao marcar um gol, o de empate do Palmeiras em uma partida contra o Santos, no dia 9 de outubro de 1983. Ele desviou involuntariamente um chute do jogador Jorginho, que ia para fora.[1]

José de Assis Aragão
Nome completo José de Assis Aragão
Nascimento 5 de outubro de 1939 (77 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade  Brasil
Árbitro FIFA 1981–1989

Índice

Carreira e polêmicasEditar

Em 24 anos de carreira na arbitragem, Aragão colecionou polêmicas: foi acusado de ofender e perseguir jogadores (em 1986, o lateral Nelsinho, do São Paulo, recusou-se a voltar ao gramado para disputar o segundo tempo de um jogo do Tricolor, alegando que o árbitro ameaçava expulsá-lo, sem motivo), envolveu-se em brigas com a imprensa, com destaque para a tentativa de agressão contra Milton Neves, que trabalhava na Jovem Pan, chamado por Aragão de "mau-caráter" no programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta. Em resposta, o jornalista afirmou: "Era um bom juiz, mas muito arrogante e prepotente".

Encerrou a carreira em 1989. Chegou a ser treinador de clubes paulistas entre 1991 e 1995, com destaque para São José e Nacional. Exerceu, ainda, 2 mandatos como integrante do CNE (Conselho Nacional do Esporte).

Finais do Campeonato Brasileiro apitadas por AragãoEditar

  • 1980 - Flamengo 3 x 2 Atlético-MG - Acusado pela torcida do Atlético de ter interferido diretamente no resultado, após expulsar injustamente 3 jogadores do "Galo", recebeu o apelido "Aramengão";
  • 1986 - Guarani 3 x 3 São Paulo - Foi acusado pela torcida do Guarani de ter interferido diretamente no resultado, quando ignorou um pênalti claro sobre o atacante João Paulo, do "Bugre";
  • 1987 - Flamengo 1 x 0 Internacional - Final do Módulo Verde, visto que a final do Brasileiro, que previa o cruzamento entre os módulos verde e amarelo, foi vencida pelo Sport Recife, que venceu o Guarani e ganhou os pontos dos jogos contra Flamengo e Internacional por W.O.

LinksEditar

Referências

  Este artigo sobre um árbitro de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.