Joseph A. Golden

Joseph A. Golden (1897 - 8 de julho de 1942) foi um cineasta, roteirista cinematográfico e dramaturgo estadunidense. Entre 1907 e 1920 dirigiu 75 filmes, escreveu 13 roteiros e produziu um filme. Escreveu 16 peças teatrais, três delas em colaboração com Will M. Cressy.

Joseph A. Golden
Outros nomes Joseph Golden
Nascimento 1897[1]
Richmond, Virginia, EUA[2]
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 8 de julho de 1942
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação cineasta
Produtor cinematográfico
roteirista
dramaturgo
Atividade 1907-1920
Cônjuge Erna Margaret Golden[3]

BiografiaEditar

Em 1907, Joseph A. Golden foi contratado como um dos diretores da Biograph Company, mas eventualmente trabalhou e escreveu roteiros para a Centaur, de David Horsely e para a Nestor Company.[4] Golden experimentou a literatura e, ainda em 1907, apresentou três peças dramáticas para a Biblioteca do Congresso, The Burglar and the Baby, The Lord and the Lady e Wenonah, e em 1908 e 1909, apresentou diversos outros dramas para teatro.[5]

Em 1909, foi formada por Patrick Anthony Powers a Powers Company, com escritório em Wakefield, Nova Iorque e,[6] ainda em 1909, Powers e Irving Cummings abriram um novo estúdio em Mount Vernon, Nova Iorque, perto do Bronx, com Joseph A. Golden como diretor e Ludwig G. B. Erb como cameraman, e foram produzidos alguns filmes.[7]

 
Cena de The Exploits of Elaine, filme de 1915 com Pearl White, atriz que foi atribuidamente descoberta por Golden.

Em 1910 a Powers Company mudou seu nome para Powers Picture Plays, e Golden foi um de seus primeiros diretores.[6] Ainda em 1910, Golden foi o diretor do primeiro filme da Pathé, The Girl from Arizon.

 
Cena do filme The Senator, de 1913, dirigido por Golden.

Em novembro de 1911, foi formada a Crystal Film Company por Ludwig Erb como presidente e Golden como diretor.[8][9] Ainda em novembro de 1911, a Sales Company se filiou à Crystal.[8]

Em 1912, Edwin S. Porter estava filmando The Count of Monte Cristo, e contratou Golden como co-diretor devido à sua experiência.[10]

Em 11 de setembro de 1912, o drama Nadine, de autoria de Golden, foi teatralizado sob o título The Countess Nadine,[11] no Proctor’s Fifth Avenue Theatre. Dois anos depois, em 3 de fevereiro de 1914, a peça foi relançada no Palace Theatre, em Nova Iorque.[12]

Foi atribuída a Golden, também, a descoberta da atriz Pearl White. White procurava um emprego de secretária na Powers Picture Plays, quando foi notada por Golden,[13] que procurava com afinco uma atriz para o papel feminino do western The Life of Buffalo Bill (1912).[14][15]

Em 1918 a Western Photoplays Inc., sob responsabilidade de Golden e A. Alperstein, aliou-se à Pathé para produzir dois seriados. Golden escreveu, produziu e dirigiu o seriado Wolves of Kultur. Ainda em 1918, a Western saiu do ramo cinematográfico, e deixou o outro seriado, The Great Gamble, inacabado, tendo sido completado, então, pela Astra Film Corporation.[6][16]

Além de roteirizar e dirigir vários filmes, Golden produziu um único filme, Divorced,[17] em 1915, pela Triumph Films.

Golden faleceu em Los Angeles, em 8 de julho de 1942, aos 45 anos.[18]

Vida familiarEditar

O Ellensburg Daily Record, datado de 27 de julho de 1979, noticiou a morte, aos 90 anos de idade, de Erna Margaret Golden (1888-1979),[19] esposa de Joseph A. Golden, em Ellensburg, no Kittitas Valley Community Hospital.[3] Erna foi uma educadora em artes e línguas. Quando estudava na Europa, em Paris foi professora das filhas do defensor de Dreyfuss, Ferdinand Labori, no famoso Caso Dreyfus. Retornou aos Estados Unidos devido à Primeira Guerra Mundial, e casou com Joseph A. Golden. Joseph e Erna tiveram uma filha, Odette,[20] que foi professora de francês e literatura na Universidade de Washington. Odette nasceu em 19 de novembro de 1922, em Nova Iorque, e faleceu em 9 de maio de 2005.[2]

Filmografia parcialEditar

Peças teatraisEditar

Fonte: [16]

  • The Burglar and the Baby (1907)
  • The Lord and the Lady (1907)
  • Wenonah (1907)
  • His Affinity (1908)
  • His Mexican Bride (1908)
  • How Matilda Got a Husband (1908)
  • Husbands Made to Order (1908)
  • I Must Marry (1908)
  • The Octopus (1908)
  • Christmas Chimes (1909)
  • Dan Briggs, Sheriff (1909) (com Will M. Cressy)
  • Love by Wireless (1909)
  • Madame Nadine (1909)
  • O.K. Girl (1909) (com W. M. Cressy) [22]
  • Red Parrot (1909) (com W. M. Cressy)
  • Aunt Emmeline (1915)

Referências bibliográficasEditar

  • SLIDE, Anthony. The American Film Industry. New York: Greenwood Press, 1986.
  • JAMIESON, Grace E. Filmography of Joseph A. Golden. Canadá: 1994.
  • BOWSER, Eileen. The History of the American Cinema: The Transformation of Cinema 1907-1915, volume 2. New York: Charles Scribner’s Sons, 1990.
  • New York Times Company. The New York Times theater reviews, 1870-1919, 6 volumes. New York: Arno Press, 1975.
  • ANBINDER, Paul. Before Hollywood – Turn of the Century American Film. New York: Hudson Hills Press, 1987.
  • FERNETT, Gene. American Film Studios: Na Historical Encyclopedia. Jefferson: McFarland & Company, 1988.
  • LAHUE, Kalton C. World of Laughter – The Motion Pictures Comedy Short, 1910-1930. Norman: University of Oklahoma Press, 1966.
  • PUTNAN, Herbert & SOLBERG, Thorvald. Dramatic Compositions Copyrighted in the United States 1870-1916; 2 volumes. Washington: United States Printing Office, 1918.
  • MUSSER, Charles. Before the Nickleodeon: Edwin S. Porter and the Edison Manufacturing Company. Berkeley: University of Califórnia Press, 1991.

Notas e referênciasEditar

  1. Joseph A. Golden no OVGuide
  2. a b Ellensburg Daily Record, 26 de maio de 2005
  3. a b Ellensburg Daily Record, Obituaries, 27 de julho de 1979
  4. ANBINDER, Paul. Before Hollywood – Turn of the Century American Film. New York: Hudson Hills Press, 1987. p. 129
  5. PUTNAN, Herbert & SOLBERG, Thorvald. Dramatic Compositions Copyrighted in the United States 1870-1916; 2 volumes. Washington: United States Printing Office, 1918. pp. 258, 1305, 2528.
  6. a b c SLIDE, Anthony. The American Film Industry. New York: Greenwood Press, 1986. p. 267.
  7. FERNETT, Gene. American Film Studios: Na Historical Encyclopedia. Jefferson: McFarland & Company, 1988. pp. 171-173.
  8. a b BOWSER, Eileen. The History of the American Cinema: The Transformation of Cinema 1907-1915, volume 2. New York: Charles Scribner’s Sons, 1990. p. 221.
  9. LAHUE, Kalton C. World of Laughter – The Motion Pictures Comedy Short, 1910-1930. Norman: University of Oklahoma Press, 1966. p. 52
  10. MUSSER, Charles. Before the Nickleodeon: Edwin S. Porter and the Edison Manufacturing Company. Berkeley: University of Califórnia Press, 1991. p 465.
  11. New York Times Company. The New York Times theater reviews, 1870-1919, 6 volumes. New York: Arno Press, 1975. 11 de setembro de 1912.
  12. New York Times Company. The New York Times theater reviews, 1870-1919, 6 volumes. New York: Arno Press, 1975. 3 de fevereiro de 1914.
  13. Pearl White no Find a Grave
  14. Pearl White no NYTimes
  15. Abitofhistory
  16. a b c d e f JAMIESON, Grace E. Filmography of Joseph A. Golden. Canadá: 1994.
  17. Divorced no IMDB
  18. Joseph A. Golden no IMDB
  19. Social Security Death Master File
  20. The North Adams Evening Transcript, Massachusetts, 24 de julho de 1933
  21. The Count of Monte Cristo no Silent era
  22. Archive.org

Ligações externasEditar