Abrir menu principal
Joseph Darnand
Nascimento 19 de março de 1897
Coligny, Ain, Ródano-Alpes, França
Morte 10 de outubro de 1945 (48 anos)
Fort de Châtillon, Paris
Ocupação Político
Serviço militar
Serviço França Exército francês
Flag of the Schutzstaffel.svg Schutzstaffel (SS)
País França França
França França de Vichy
Alemanha Nazista Alemanha Nazista
Anos de serviço 1916-1918
1919-1921
1939-1945
Conflitos Primeira Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Condecorações Oficial da Legião de Honra
Croix de guerre 1914–1918
Croix de guerre
Medalha Militar
Ordem da Francisca
Relações Antoinette Foucachon (1899-1994; esposa)
Jean-Philippe Darnand (filho)

Joseph Darnand (19 de março de 1897 - 10 de outubro de 1945) foi um soldado francês e mais tarde um líder dos franceses colaboradores de Vichy com a Alemanha nazista. Darnand nasceu em Coligny, Ain, Ródano-Alpes. Ele lutou na Primeira Guerra Mundial e recebeu sete citações por bravura. Após a guerra, trabalhou como marceneiro e mais tarde fundou a sua própria empresa de transporte, em Nice. Politicamente, apoiava organizações de extrema-direita, como o grupo Orleanista Action Française.[1]

Durante o começo da segunda guerra mundial, serviu na Linha Maginot e recebeu uma comenda por bravura. Capturado em junho de 1940, ele conseguiu fugir para a cidade de Nice. Darnand passou então a servir a Légion Francaise des combattants (Legião de Veteranos), leal ao governo fantoche da França de Vichy. Ele recrutava seus combatentes com o pressuposto de lutar contra os bolcheviques, mas eles principalmente participavam de operações contra a resistência francesa a ocupação alemã. Por várias vezes ele foi contactado pela resistência para se juntar a eles, mas Darnand se negou. Ao fim de 1943, resolveu se juntar às Waffen-SS nazista e fez um juramento de lealdade a Hitler. Expandiu a sua milícia de colaboradores franceses para 35 mil homens. Em junho de 1944, os Aliados invadiram a França e em setembro do mesmo ano fugiu para a Alemanham fixando-se em Sigmaringa. Em novembro recebeu a patente de major (Sturmbannführer).[2]

Em abril de 1945, Darnand fugiu para o norte da Itália. Foi capturado pelos britânicos em 25 de junho de 1945 e levado de volta a França. Julgado por traição, foi condenado à morte e executado por pelotão de fuzilamento em 10 de outubro de 1945 no Fort de Châtillon, em Paris.[3]

Referências

  1. «Joseph Darnand». worldatwar.net (em inglês). Consultado em 27 de agosto de 2012 
  2. Dominique Venner, "Un destin français" em (2010) 47 La Nouvelle Revue d'Histoire
  3. «France — The Aftermath of Liberation Timeline». The World at War. Consultado em 7 de fevereiro de 2015 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.