Abrir menu principal

Josina Peixoto

2.ª Primeira-dama da República Federativa do Brasil
Josina Peixoto
2.ª Primeira-dama do Brasil
Período 23 de novembro de 1891
até 15 de novembro de 1894
Presidente Floriano Peixoto
Antecessor Mariana da Fonseca
Sucessor Adelaide de Moraes Barros
1.ª Segunda-dama do Brasil
Período 26 de fevereiro de 1891
até 23 de novembro de 1891
Vice-presidente Floriano Peixoto
Sucessor Amélia Pereira
Dados pessoais
Nome completo Josina Vieira de Araújo Peixoto
Nascimento 9 de agosto de 1857
Maceió, Alagoas
Morte 5 de novembro de 1911 (54 anos)
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasileira
Cônjuge Floriano Peixoto (1872–1895)
Assinatura Assinatura de Josina Peixoto

Josina Vieira de Araújo Peixoto (Maceió, 9 de agosto de 1857Rio de Janeiro, 5 de novembro de 1911) foi a esposa de Floriano Peixoto, segundo Presidente do Brasil, e a segunda mulher a desempenhar o papel de primeira-dama do país, entre 1891 e 1894.

BiografiaEditar

Filha do coronel José Vieira de Araújo Peixoto e de sua segunda esposa, Teresa Goufino Rosa, Josina casou-se com seu primo, Floriano Vieira Peixoto, no dia 11 de maio de 1872. Eles cresceram juntos, já que Floriano havia sido adotado como afilhado pelo pai de Josina. A cerimônia ocorreu no engenho de Itamaracá, perto de Murici, Alagoas. O casal Peixoto teve oito filhos[1]:

  1. Ana Peixoto (1874-1931), com descendência;
  2. José Peixoto (1876-1953, com descendência;
  3. Floriano Peixoto Filho (1880-1917), com descendência;
  4. Maria Teresa Peixoto (1881-1915), com descendência;
  5. José Floriano Peixoto (1885-?), com descendência;
  6. Maria Amália Peixoto (1887-1949), com descendência;
  7. Maria Josina Peixoto (1891-?), sem descendência;
  8. Maria Anunciada Peixoto (1893-?), com descendência;

A última filha nasceu no Palácio do Itamaraty, residência oficial do presidente à época. Um ano após o mandato de Floriano, D.ª Josina ficou viúva.

Referências

  1. «Colégio Brasileiro de Genealogia». Consultado em 15 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2010 

Ver tambémEditar