Abrir menu principal

Juan Carlos Ferrero

Juan Carlos Ferrero (12 de fevereiro de 1980, Ontinyent) é um ex-tenista profissional espanhol, que conquistou 16 títulos em simples de torneios ATP. Conhecido como "El Mosquito", dada a sua agilidade e grande velocidade na quadra, foi numero 1 do mundo em 08 de setembro de 2003, ficando 8 semanas na liderança do ranking mundial.

Tenista Juan Carlos Ferrero
Ferrero June 2011.jpg
Alcunha(s) Mosquito
País Flag of Spain.svg Espanha
Residência Villena, Espanha
Data de nascimento 12 de fevereiro de 1980 (39 anos)
Local de nasc. Ontinyent, Espanha
Altura 1,82m
Peso 72kg
Profissionalização 1998
Mão Direita
Prize money US$ 13,992,895 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 479–262
Títulos 16
Melhor ranking N° 1 (08 de Setembro de 2003)
Open da Austrália SF (2004)
Roland Garros V (2003)
Wimbledon QF (2007,2009)
US Open F (2003)
Torneios principais
Tour Finals F (2002)
Duplas
Vitórias-Derrotas 6–25
Títulos 0
Melhor ranking N° 198 (03 de Fevereiro de 2003)
Última atualização em: 29 de maio de 2015.

Um dos pontos altos de sua carreira foi a conquista do Torneio de Roland-Garros de 2003, quando ganhou do neerlandês Martin Verkerk na final por 6-1, 6-3 e 6-2. Contudo, esteve em outras duas decisões de torneios do Grand Slam, tendo perdido em 2002 a final de Roland-Garros para o também espanhol Albert Costa, e em 2003 no US Open para o norte-americano Andy Roddick. Além disso, foi campeão da Copa Davis de 2000. Onde, com ajuda de seus compatriotas Albert Costa e Alex Corretja, levou a Espanha à vitória desse prestigiado torneio. Ferrero também foi campeão de 4 Masters Séries: Roma 2001, Monte Carlo 2002 e 2003, e Madrid 2003.

Em 2002, foi vice-campeão da Tennis Masters Cup, atualmente (ATP World Tour Finals), ao perder na final para o australiano Lleyton Hewitt em 5 sets. Ferrero também ficou com o vice-campeonato dos Masters Séries de Hamburgo em 2001 e Cincinnati em 2006.

De 2004 para 2005, Ferrero decaiu, quase saindo do top 100 mundial, mas se recuperou e voltou ao top 30. Em 2009, sofreu outro período de baixa, chegando a virar o nº 115 do mundo em abril e maio deste ano. Porém, se recuperou novamente, e em 2010 voltou ao top 20 mundial.

Retirou-se das quadras em outubro de 2012.

Major finaisEditar

Grand Slam finaisEditar

Simples: 3 (1 título, 2 vice)Editar

Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 2002 Aberto da França Saibro   Albert Costa 1–6, 0–6, 6–4, 3–6
Campeão 2003 Aberto da França Saibro   Martin Verkerk 6–1, 6–3, 6–2
Vice 2003 US Open Duro   Andy Roddick 3–6, 6–7(2–7), 3–6

Masters Series finaisEditar

Simples: 6 (4 títulos, 2 vices)Editar

Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Campeão 2001 Roma Saibro   Gustavo Kuerten 3–6, 6–1, 2–6, 6–4, 6–2
Vice 2001 Hamburgo Saibro   Albert Portas 6–4, 2–6, 6–0, 6–7(5–7), 5–7
Campeão 2002 Monte Carlo Saibro   Carlos Moyá 7–5, 6–3, 6–4
Campeão 2003 Monte Carlo (2) Saibro   Guillermo Coria 6–2, 6–2
Campeão 2003 Madrid Duro (i)   Nicolás Massú 6–3, 6–4, 6–3
Vice 2006 Cincinnati Duro   Andy Roddick 3–6, 4–6

Masters Cup finalEditar

Simples: 1 ( 1 vice)Editar

Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 2002 Shanghai Duro (i)   Lleyton Hewitt 5–7, 5–7, 6–2, 6–2, 4–6
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Juan Carlos Ferrero

Ligações externasEditar