Jubiabá (romance)

Jubiabá é um romance de autoria do escritor brasileiro Jorge Amado, membro da Academia Brasileira de Letras, publicado em 1935.[1]

Jubiabá
Capa da 1a. edição
Autor(es) Jorge Amado
Idioma português
País  Brasil
Assunto Divertimento
Gênero Romance
Lançamento 1935 (1a. edição)
Páginas 372 (1a. edição)
Cronologia
Suor
Mar Morto

SinopseEditar

Retrata o cotidiano das classes populares na cidade de Salvador, na Bahia, sob a ótica de Antônio Balduíno, menino criado no morro em Salvador, que se converteria em líder grevista.

A partir de Jubiabá, Jorge Amado trouxe para seus romances a tese comunista do "etapismo", que defendia uma aliança política da esquerda popular com a burguesia.

AdaptaçõesEditar

Em 2009, o selo Quadrinhos na Cia publicou o romance gráfico Jubiabá de Jorge Amado, ilustrado por Spacca. O livro ganhou o Troféu HQ Mix em 2010 de "melhor adaptação para os quadrinhos".[2][3][4][5][6][7]

Referências

  Este artigo sobre um livro é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.